21 julho 2017 DEU NO JORNAL

SAUDADES DA LAVA-JATO

Nelson Motta

Seria maravilhoso se, ao fim da Lava-Jato, nos fosse dado um Brasil livre de políticos corruptos – pelo menos até o surgimento dos novos corruptos – com os condenados presos e falidos, sob o império da lei.

Só que não. Ou alguém acredita que o Senado, com mais da metade de seus membros investigados ou réus em vários processos (alguns têm 13, como Renan Calheiros, ou nove, como Aécio Neves ), não vai votar leis que facilitem o objetivo coletivo de escapar da cadeia e não devolver o roubado?

E a Câmara, que tem um terço dos seus integrantes acusados dos mais diversos crimes, vai votar contra o seu espírito corporativista?

O bom é que os partidos podem acabar, como na Itália depois da Operação Mãos Limpas, quando tiveram que mudar de nome e fazer novas alianças. Aqui o PMDB, PSDB, PT, PP, PR, PTB não farão falta, mas o que virá depois deles? Uma remota chance de novas ideias e práticas?

Na Itália, políticos investigados dos novos partidos de esquerda, direita e centro se juntaram para aprovar leis que anistiavam ou minimizavam seus crimes. Quem conhece o Brasil sabe que aqui não vai ser muito diferente.

A Lava-Jato vai passar, mas o seu espírito vai ficar na memória nacional como um tempo em que o Ministério Público, a Polícia Federal e os juízes de primeira instância deram todo o seu esforço e competência para proteger o Estado e a democracia, perseguindo e punindo os que afrontam a lei e a Justiça, estabelecendo uma nova mentalidade em que a lei é mesmo para todos, sem exceções.

O que mais vou ter saudades é da alegria esfuziante que me invadia, e a milhões de brasileiros, ao receber a notícia, ou melhor, ver ao vivo, gente como Eduardo Cunha, Marcelo Odebrecht, Sérgio Cabral, Zé Dirceu, Palocci, Eike Batista, presos como qualquer ladrão de galinhas. Era como comemorar um gol de placa do Brasil.

Pena que a maioria vai escapar. Unidos, eles enfrentarão a opinião pública e os meios de comunicação para se proteger, pagarão os piores micos, se submeterão aos mais constrangedores vexames, mas no final escaparão e formarão novas alianças “por um país mais justo e solidário”.

21 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM PALESTRANTE DE BANÂNICO NÍVEL

A descoberta de R$ 9,6 milhões em contas correntes e investimentos do ex-presidente Lula deixou intrigada a força-tarefa da Lava Jato, que investiga o mistério de como o ex-metalúrgico, condenado por corrupção, acumulou tanto dinheiro.

Ao ver bloqueados pela Justiça recursos e bens, Lula se queixou de que a “subsistência” de sua família estaria prejudicada.

Pelo visto, para ele, dinheiro nunca foi problema.

Interrogado na polícia, Lula disse cobrar US$ 200 mil por “palestra”, mas ninguém acreditou. Tampouco ele apresentou comprovantes.

Desde 2015 Lula não faz palestras, para as quais disse cobrar o dobro de Bill Clinton. O ex-presidente dos EUA continua a fazê-las.

Emílio Odebrecht revelou que pagava “honorários” a Lula, além de jatinhos, hotéis de luxo etc, para criar “imagem adicional” na África.

* * *

Que coisa chata. Que insistência dessa grande mídia golpista e reacionária.

O fubânico luleiro Ceguinho Teimoso já cansou de explicar a legalidade da fortuna de Lapa de Palestrador.

É só conferir os balanços publicados por Ceguinho aqui no JBF.

A inveja mata!

Lapa de Corrupto é um conferencista talentoso e com muitas histórias pra contar.

Principalmente histórias da Carochinha.

O maior conferencista banânico; suas palestras são cheias de rico conteúdo bostífero

21 julho 2017 DEU NO JORNAL

O “CU” DE CUT É INDISPENSÁVEL NA SIGLA

Os atos de apoio a Lula, convocados pelo PT e por sindicalistas ligados ao partido, reuniu público inexpressivo na noite desta quinta-feira (20), em várias cidades.

Em São Paulo como no Recife, e em várias cidades, as manifestações desapontaram as expectativas dos organizadores.

Usando camisas da CUT, do MST, do PT e de sindicatos controlados por petistas, em São Paulo algumas dezenas de simpatizantes do ex-presidente tomam conta de menos de um quarteirão da Avenida Paulista.

No Recife, a manifestação de apoio ao ex-presidente, condenado à prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, atraiu cerca de trinta pessoas.

Os manifestantes xingaram o juiz Sérgio Moro, que condenou Lula.

* * *

Diz a notícia aí de cima que aqui no Recife a idiotice petralhal reuniu um bando de 30 tabacudos.

Num sei não… Pelas minhas contas foram apenas 13, o número do bando vermêio-istrelado.

Ser xingado por esta canalha indecente que ainda tem a desfaçatez de defender Lula, é uma honra enorme para o Dr. Moro.

O grosso da população brasileira, a banda decente do país – aquela que quer ver corrupto na cadeia -, aplaude e louva o trabalho do magistrado curitibano.

Só mesmo a minoria composta pelos descerebrados zisquerdóides é que ainda se manifesta a favor de larápios.

Vejam no flagrante abaixo, feito ontem aqui no Recife, às margens do Rio Capibaribe no centro da cidade, a “multidão” de antas amestradas que compareceu ao ato bostífero.

A palavra “CU” da maléfica sigla CUT, no lado direito da foto, resume tudo: a manifestação foi uma merda. Saída do cu dos tabacudos.

21 julho 2017 DEU NO JORNAL

LULA, CAUDILHO PENDULAR

Hubert Alquéres

Caudilhos são dados a movimentos pendulares. Deslocam-se à direita ou à esquerda. Menos por ideologia, mais por conveniências. Perón foi mestre nessa arte. Apoiou-se nos Montoneiros e outros agrupamentos da esquerda peronista para voltar ao poder. Mas quando o conseguiu governou mesmo foi com Lopes Regla, El Brujo, um dos oráculos da AAA – Associação Argentina Anticomunista.

Getúlio Vargas também sabia se movimentar ora para um lado ora para outro. O Vargas que namorou o fascismo de Mussolini, entregou Olga Benário aos nazistas e botou comunistas na cadeia, fez um giro de 180 graus quando os ventos sopraram noutra direção. Bandeou-se para o lado dos países aliados, na Segunda Guerra, e postou-se ao lado do seu arqui-inimigo Luiz Carlos Prestes.

O próprio Prestes, um caudilho com ideologia, também fazia suas guinadas. Em nome da “união nacional” e do queremismo getulista, mandou os operários apertarem os cintos – fazer greve, naquele momento, era impatriótico. Dois anos depois levou o PCB a enveredar pelos caminhos do esquerdismo após a cassação do registro do seu partido.

Seria injustiça histórica com Perón, Getúlio e Prestes colocar Lula no mesmo patamar. Até porque os motivos que levam o pêndulo de Lula a se movimentar mais uma vez, agora à “esquerda”, são de natureza diferente.

Nenhum dos três caudilhos foi condenado pela Justiça por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Em comum, apenas o fato de Lula repetir agora a rotação que vem exercitando desde a fundação do Partido dos Trabalhadores.

Na puberdade petista, Lula disputou e perdeu três eleições com uma frente de esquerda e com um programa radical. Viu que por aí jamais se elegeria presidente. Tendo José Dirceu como estrategista, ampliou seu arco de alianças na direção do empresariado e de políticos tradicionais.

As alas mais esquerdistas do PT torceram o nariz, mas engoliram os novos parceiros, na crença de que o “Lulinha, paz e amor” era apenas um movimento tático a ser deixado de lado com a posse do morubixaba petista.

Ledo engano, o pêndulo de caudilho inflexionou mais à direita, rendendo-se a uma política econômica ortodoxa. Apropriadamente, o economista Samuel Pessoa caracteriza o período 2003-2006 como “Malocci”, para definir uma linha de continuidade entre a política de Pedro Malan e a de Antônio Palocci. E de fato foi assim. Como disse o economista, “o governo Lula, nos bons momentos, não se distinguiu do de FHC”.

O movimento pendular iria na direção contrária, por razão de sobrevivência, com o estouro do escândalo do mensalão. De olho na reeleição, abandonou paulatinamente os bons fundamentos econômicos, a quem tinha aderido por questão de conveniência.

A “inflexão à esquerda” na economia não teve correspondência na política. Ao contrário, o modelo de compra de deputados via mensalão foi substituído por um tipo de presidencialismo de coalizão calcado no patrimonialismo e fisiologismo, métodos secularmente utilizados pelas oligarquias brasileiras.

O pêndulo Lula era isso: “populista na economia, “direitista” na política”.

A mais recente inflexão era previsível desde o impeachment de Dilma Rousseff. Deslocado do poder em decorrência de ter patrocinado a maior crise econômica-social e o maior escândalo da História do país, o lulismo volta no tempo para resgatar a política de classe contra classe e de frente de esquerda. É com ela que pretende se reencontrar com suas “bases populares”.

A bola já tinha sido cantada na carta de 44 páginas que José Dirceu, ainda preso, escreveu no início de maio: “Nada será como antes e não voltaremos a repetir os erros. Seguramente, voltaremos com um giro à esquerda para fazer as reformas que não fizemos na renda, riqueza, poder, a tributária, a bancária, a urbana e a política. Não se iludam vocês e os nossos. Não há caminho de volta. Quem rompeu o pacto que assuma as consequências”.

Indiretamente, o petismo confessa que tinha um pacto com as elites e, ingenuamente, atribui à traição das mesmas elites como causa de sua hecatombe. A narrativa do golpe e da condenação política de Lula serve para justificar a recaída jacobina do PT, prestando-se ainda para coesionar as fileiras internas. Face à “ameaça externa”, a autocrítica não pode ser feita para não se fazer o jogo do inimigo, segundo Gleise Hoffman.

Isto explica porque, apesar de toda a lambança que patrocinou, o Partido dos Trabalhadores vive momento de grande coesão interna. A inflexão à esquerda já era o clamor de muitas de suas bases, particularmente dos chamados movimentos sociais. O pêndulo de agora atende a esse pleito.

Há uma razão maior. O lulismo sem Lula não tem futuro. Sem ele, o PT tende a ser uma força residual. Para a sobrevivência de todos, é necessário manter o mito, martirizá-lo, para que, na pior das hipóteses, os petistas, tais quais os seguidores de Antônio Conselheiro, percorram os grotões do sertão preconizando a volta de Dom Sebastião.

21 julho 2017 DEU NO JORNAL

CAIU NA RATOEIRA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve mais R$ 9,038 milhões bloqueados em planos de previdência privada.

O bloqueio foi comunicado ao juiz Sergio Moro nesta quinta-feira pela Brasilprev.

Segundo o documento, R$ 7,190 milhões estão depositados num plano de previdência empresarial em nome da LILS Palestras, Eventos e Publicações, cujos depósitos são feitos apenas pelos participantes e não pela empresa, que não participa do custeio.

A quantia foi aplicada num aporte único, realizado em junho de 2014.

O segundo é um plano individual do ex-presidente, no valor de R$ 1,848 milhão.

* * *

De fato, como costuma dizer o fubânico Ceguinho Teimoso, Lula extinguiu a miséria e acabou com a pobreza em Banânia.

A primeira pobreza a que ele deu fim foi a dele mesmo.

Um rato esperto que acabou na ratoeira da Justiça.

20 julho 2017 DEU NO JORNAL

ISTO É SÓ O COMEÇO

A Justiça Federal bloqueou, nesta quinta-­feira (20), mais R$ 9 milhões em planos de aposentadoria de Lula. A BrasilPrev informou que obstruiu o saldo de duas aplicações em previdência privada, contratadas pelo ex-­presidente em 2014.

A determinação, emitida pelo juiz Sergio Moro, atende a um pedido do MPF, que solicitou a neutralização dos bens do petista para recuperar o produto do crime de corrupção no caso do tríplex do Guarujá, em que o ele foi sentenciado a 9 anos e meio de prisão.

Até ontem, R$ 606 mil em contas bancárias de Lula, além de quatro imóveis e dois carros, haviam sido bloqueados pela Justiça.

* * *

Nove dedos, nove milhões.

Agora, se for somar com os dedos dos pés, a fortuna cresce mais que o dobro.

E se botar um pixuleco pra cada cabela da barba, aí o homem mais honesto do que Jesus Cristo vai ter milhão que dará pra arrombar a tabaca de Xolinha.

Vôte!!!

20 julho 2017 DEU NO JORNAL

OS DEVOTOS DE IGREJA LULAICA TEM TODA RAZÃO DE ODIAR ESTE JUIZ

Moro decide que R$ 16 milhões do caso triplex vão para os cofres da Petrobras

O juiz federal Sérgio Moro afirmou nesta terça-feira, 18, em resposta aos embargos de declaração da Petrobras, no âmbito da ação em que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e 6 meses de prisão, que os R$ 16 milhões da conta corrente da OAS com o PT, que incluem os R$ 2,25 milhões do triplex no Guarujá e suas respectivas reformas, serão revertidos em favor da estatal.

Após a sentença que apenou, pela primeira vez, um ex-presidente, por crime comum, na história do Brasil, os advogados da petrolífera haviam pedido esclarecimentos a respeito da destinação dos valores.

A defesa da Petrobras, alegando que a estatal foi vítima do esquema de cartel e propinas que operou em algumas de suas principais diretorias por uma década, requereu para seus cofres o valor da sanção pecuniária imposta por Moro aos réus do caso triplex.

“Pelo exposto na sentença, restou claro que houve acerto de corrupção envolvendo contratos da Petrobras, sendo ela a vítima. Assim, tanto o produto do confisco criminal como o valor mínimo para a reparação dos danos são devidos à Petrobras. Embora a ver do Juízo isso estava implícito na sentença, não há óbice em deixá-lo explícito”, anotou o magistrado.

Quando os executivos Léo Pinheiro e Agenor Martins, da OAS, decidiram confessar participação no esquema de corrupção na Petrobras, ambos se referiram a uma espécie de departamento de propinas da empreiteira com o nome de “controladoria”

O ex-presidente da construtora, no entanto, assumiu ser o administrador de uma conta somente destinada às vantagens indevidas ao PT.

Ambos os executivos da OAS admitiram o pagamento de propinas de 2% a agentes públicos e políticos de contratos das refinarias Presidente Getúlio Vargas, no Paraná, e Abreu e Lima, em Pernambuco, e que, do total, R$ 16 milhões foram destinados ao PT.

Em decisão na qual condenou Lula e Léo Pinheiro, Moro havia especificado que “é mais apropriado” limitar o valor da vantagem indevida a ser ressarcida aos cofres públicos “ao montante destinado à conta corrente geral de propinas do Grupo OAS com agentes do Partido dos Trabalhadores, ou seja, em dezesseis milhões de reais, a ser corrigido monetariamente e agregado de 0,5% de juros simples ao mês a partir de 10/12/2009”.

“Evidentemente, no cálculo da indenização, deverão ser descontados os valores confiscados relativamente ao apartamento”, concluiu o magistrado, em sentença.

* * *

Se Lula quiser, temos um excelente advogado pra ele aqui no JBF.

Trata-se do Ceguinho Teimoso, Bacharel em Ciências Defensísticas do Indefensável.

Ceguinho tem todos os números, dados, explicações, estatísticas e provas que serão capazes de derrubar esta sentença do Dr. Sérgio Moro.

Os advogados do único ex-presidente brasileiro a ser condenado à prisão, uns dotôres que atuam de graça, patrioticamente, petisticamente, desinteressadamente, podem entrar em contato conosco através do item “Escreva para o JBF“, lá no cabeçalho desta gazeta escrota.

Tenham certeza, senhores advogados de Lula, que Ceguinho Teimoso vai conseguir provar que o maior presidente que Banânia já teve é inocente e puro feito um anjinho das bochechas lisas (além da cara…)

“Eu tenho lerjia a argema, dotô”

20 julho 2017 DEU NO JORNAL

LEGISLAÇÃO PENAL FELA-DA-PUTA É ESTA NOSSA

Por bom comportamento no presídio de Tremembé (SP), onde está desde maio de 2008 condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni, de 5 anos, Anna Carolina Jatobá obteve nesta segunda-feira (17) o direito de ir ao regime semiaberto.

Com a decisão, ela poderá deixar a penitenciária cinco vezes ao ano para saídas temporárias para visitar a família, podendo durar cada saída até sete dias corridos

Anna foi condenada a 26 anos e oito meses de prisão por homicídio triplamente qualificado.

O casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, condenados pela morte de Isabella

* * *

É phoda!!!

Esta monstrenga, ao lado do seu macho, cometeu um crime bárbaro e absurdo contra uma criança e tem este tipo de benefício concedido por nossa legislação.

Esta viadagem de “ressocializar” é coisa mesmo do idiotismo banânico.

Ressocializar um caralho!

Tem é que pagar pelo crime que cometeu. E pagar pesado.

Enquanto isto, nos Zistados Zunidos, Mark David Chapman, assassino de John Lennon, cumpre pena de prisão perpétua há 36 anos, na prisão de Attica, no estado de Nova York.

E já teve diversos pedidos de liberdade condicional negados através dos anos.

Lá naquele país atrasado, este negócio de lei penal é um pouquinho diferente daqui…

E pra fechar a postagem, mais um absurdo da nossa legislação:

Lula ainda continua solto! ! !

20 julho 2017 DEU NO JORNAL

COMPATRIOTAS CORRUPTOS

O ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira é alvo de uma ordem internacional de busca e prisão emitida pela Justiça espanhola. Teixeira é procurado por lavagem de dinheiro em conluio com Sandro Rosell, ex-presidente do Barcelona e anteriormente diretor da Nike, patrocinadora da seleção brasileira.

Apesar de ter uma ordem internacional de captura contra si, Teixeira pode se beneficiar do expediente da Justiça brasileira, que não extradita cidadãos nacionais.

No último dia 18 de junho, Teixeira disse em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo” que não existia lugar mais seguro do que o Brasil para se estar.

“Tem lugar mais seguro que o Brasil? Qual é o lugar? Vou fugir de quê, se aqui não sou acusado de nada? Você sabe que tudo que me acusam no exterior não é crime no Brasil”, afirmou Teixeira à “Folha”.

* * *


Teixeira tá certo. O Brasil é realmente o lugar mais seguro do mundo para um corrupto se homiziar e se livrar das garras da justiça.

Centenas e centenas de casos, sobretudo no baixo clero político, comprovam isto.

Agora, aqui entre nós: e a ordem de prisão de Lula, quando é que a Espanha vai expedir?

Será que não tem filial da Odebrecht em Madri?

E Léo Pinheiro, o corruptor da ativo da OAS, aquela que reformou o triplex, não teria um escritório em Sevila?

O fato de terem os ladrões Lula e Teixeira nascido no mesmo país, não firmaria jurisprudência transnacional que permitisse engaiolar os dois?

Sei lá… Num entendo porra alguma de Direito Ladroístico Internacional.

Estou apenas externando um palpite que não passa de um desejo.

Com a palavra os doutores peruadores fubânicos.

“Cumpanhero Ricardo, depois di tu, será que vão vim atrais d’eu”

19 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM DOCUMENTO HISTÓRICO

A sentença assinada pelo juiz Sérgio Fernando Moro, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, além de uma pena acessória de sete anos de inabilitação para o exercício de cargos públicos, constitui um importante documento do processo de consolidação da democracia no País.

O ineditismo da peça condenatória – a primeira proferida contra um ex-presidente da República pela prática de crimes comuns – já seria, por si só, razão suficiente para atribuir-lhe a devida adjetivação histórica. Trata-se de um marco incontrastável do primado da igualdade de todos os cidadãos perante a lei, um dos pilares democráticos consagrados pela nossa Constituição.

Sabedor da repercussão que sua sentença tem no presente e terá no futuro, Sérgio Moro cercou-se de cuidados que dizem muito sobre o seu senso de responsabilidade. Todos os pontos da sentença, do relatório do longo processo até a fixação de penas, foram minuciosamente descritos e motivados, para eliminar dúvidas de quem quer que leia a peça.

Ao longo das 238 páginas da sentença, não foram poucas as atitudes do réu – e não apenas dele, mas também de seus representantes legais e de seus partidários – que foram classificadas por Moro como graves o bastante para ensejar a decretação de sua prisão preventiva no curso da ação penal. Houve ali orientação para a destruição de provas, ameaça ou coação de testemunhas e mobilização da militância do Partido dos Trabalhadores (PT) e dos assim chamados “movimentos sociais” para a prática de atos públicos com o único objetivo de tumultuar o bom andamento do processo. Entretanto, Sérgio Moro, acertadamente, decidiu com prudência e, a certa altura, optou pela condução coercitiva de Lula da Silva, uma medida severa, sem dúvida restritiva da liberdade, mas longe de privar o réu dessa mesma liberdade.

O mesmo cuidado pautou o comportamento do magistrado ao permitir que o condenado recorra da sentença em liberdade. “Considerando que a prisão cautelar de um ex-presidente da República não deixa de envolver certos traumas, a prudência recomenda que se aguarde o julgamento pela Corte de Apelação antes de se extrair as consequências próprias da condenação”, decidiu Sérgio Moro.

Já o Partido dos Trabalhadores, em nota oficial, abusa da imprudência ao classificar a condenação do chefão do partido como uma “medida equivocada, arbitrária e absolutamente ilegal”. Sérgio Moro é acusado de ser “um juiz parcial”, que age a serviço dos “meios de comunicação” e do “consórcio golpista”, os inimigos imaginários do PT que não seriam capazes de aceitar a “trajetória de sucesso de Lula na Presidência”. Este é pintado como vítima de “um caso típico de lawfare”, vale dizer, uma implacável perseguição política por meio do uso indevido de recursos jurídicos.

Evidentemente, trata-se da rançosa cantilena da vitimização que ressoa como música nos ouvidos da militância petista, mas que não resiste a uma leitura sóbria da sentença proferida por Sérgio Moro.

Antes de condenar Lula a quase dez anos de cadeia, o magistrado detalha, didática e minuciosamente, os episódios de todas as fases do processo e enumera todos os elementos fáticos, testemunhais e indiciários que formaram a sua convicção para a imputação da pena. A tão propalada “ausência de provas” fica reduzida a mero discurso político, um subterfúgio ante a fragilidade da defesa jurídica do ex-presidente.

Na sentença, fica cabalmente demonstrado que a cobertura triplex no Guarujá, bem como a milionária reforma do imóvel para atender às necessidades de Lula e de sua família, constituíram “vantagens indevidas em um acerto de corrupção” entre o ex-presidente e a empreiteira OAS. Sérgio Moro reserva dezenas de páginas para esmiuçar as artimanhas usadas para ocultar a transferência da propriedade do imóvel, incluindo a análise de fartas provas documentais e periciais apresentadas pelo MPF.

No futuro, quando arrefecerem as paixões, a sentença do juiz Sérgio Moro haverá de ser lida como um registro da vitalidade do Estado Democrático de Direito em um período particularmente conturbado da história do Brasil.

Editorial do jornal O Estado de S.Paulo

18 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA GRAVE OFENSA

* * *

O Juiz Moro desta vez foi longe demais.

Muitíssimo longe!!!

Ele cometeu um grande equívoco e perpetrou uma grave ofensa.

Ofendeu profundamente o ex-deputado e prisioneiro Eduardo Cunhão, ao compará-lo com Lula.

Cunhão ficou prostituto da existência quando tomou conhecimento desta comparação.

“Esta foi demais. Ofendeu a minha honra. Vou processar este juiz”

17 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM ROMBO PLANETÁRIO

Os escândalos de corrupção na Petrobras e sua política de preços levaram a estatal brasileira a ser a empresa de petróleo mais endividada do mundo.

A constatação faz parte do informe produzido pela OMC, que avalia a situação da política comercial do Brasil.

* * *

A OMC, vocês já sabem, é a Organização Mundial do Comércio.

Que de mundial não tem nada, pois deve ser dirigida por coxinhas reacionários aqui de Banânia.

Perguntem pra Ceguinho Teimoso que ele dará detalhes sobre este covil golpista.

Agora, aqui entre nós: é bilhão pra caralho.

E de dólares!!!

A notícia fala que a empresa está “no vermelho“.

O mais correto seria dizer que a Petrobras está “no preto“.

Preto da tonalidade nove dedos.

17 julho 2017 DEU NO JORNAL

FESTIVO ENCONTRO ILEGAL DE MELIANTES DE GROSSO CALIBRE

Ao menos sete parlamentares do PT abandonaram o serviço em Brasília para ir a São Paulo participar do “lançamento da candidatura” a presidente de Lula, após o petista ser condenado a 9 anos e meio de cadeia por corrupção.

Passagens custam em média R$ 1 mil. Cada parlamentar ganha R$ 34 mil de salário, mas ainda assim repassam o custo das passagens aéreas para visitar Lula ao contribuinte.

A cota parlamentar já foi usada para bajular Lula após denúncia do Ministério Público.

As deputadas Benedita da Silva (PT) e Jandira Feghali (PCdoB) se deram folga na quinta-feira (13) e foram visitar Lula, o condenado.

Além de deputados, os senadores Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias, Paulo Rocha e José Pimentel também foram aparecer na foto.

* * *

Esta foto tá arretada.

O grupo que cerca Lapa de Mentiroso constitui um time de altíssimo calibre corrupcional-mentirístico-bostoso.

Coisa de 13ª qualidade!!!

Vou emoldurar o flagrante e colocá-lo na minha parede de recordações surrealísticas banânicas.

Saber que fomos governados por esta cambada por mais de uma década enche meu peito de orgulho cívico-lacrimal.

E vamos celebrar o encontro ilegal da rataria petêlha, para “lançamento de candidatura” antes da data prevista em lei – de um réu já condenado à prisão pela justiça -, com uma linda música:

17 julho 2017 DEU NO JORNAL

NÃO FOI 100% PORQUE TEM IDIOTA EM TODO CANTO NESTE MUNDO

* * *

Puta merda!

É impressionante!

Quer dizer que na Venezuela ainda existe 2% de “petistas” que apoiam Maduro???!!!

É pra lascar: 2% da população venezuelana ainda apoia este nazistinha de merda.

Num tem jeito mesmo: gente idiota existe em todo canto deste mundo.

Maduro, como vocês sabem é aquele tiranete amigo de Lula, adorado pelas zisquerdas banânicas e candidato ao Prêmio Nobel de “Deseconomia”.

Ontem, durante a votação, ele matou mais duas pessoas nas ruas de Caracas, ultrapassando uma centena de assassinados.

“Alô cumpanhera Dirma: enchi aí um avião cum os besta qui votaro nim nóis e manda aqui pra Venezuela: o cumpanhero Maduro tá fudido”

16 julho 2017 DEU NO JORNAL

INDECÊNCIA CASUÍSTICA BANÂNICA

Vicente Cândido (PT-SP), relator da reforma política, incluiu em parecer dispositivo que aumenta de 15 dias para 8 meses período em que candidato não pode ser preso, exceto em flagrante.

* * *

Tinha que ser mesmo um diputado petralha.

Só podia ser mesmo uma canalha da quadrilha vermêio-istrelada pra apresentar um tolôte deste porte.

Quer livrar o furico de Lula da pajaraca da justiça e da lei.

Vamos dedicar uma linda música pra este cabra safado.

16 julho 2017 DEU NO JORNAL

NORMALIDADE PÓS-PETRALHA

Em apenas dois dias próximos à votação da denúncia contra Michel Temer, o presidente liberou quase um sexto do valor total de emendas liberadas de janeiro a junho deste ano.

Mesmo assim, os aliados do governo, claro, veem com naturalidade a operação.

“O governo está investindo nos municípios, não está dando dinheiro na mão dos deputados. O parlamentar que leva investimento para sua cidade está cumprindo o papel dele. Feio era o que o PT fazia no mensalão, que trocava dinheiro por voto”, disse o líder do DEM, deputado Efraim Filho (PB).

O PT rebaixou de tal forma os parâmetros morais com seus escândalos de corrupção que qualquer ato menos pior que o dos petistas se passa por normal.

* * *

É phoda!!!!

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!!

Puta que pariu.

Esta República Federativa de Banânia é  mesmo um caso único no Planeta Terra.

Xolinha de tabaca arromba pelas escândalos banânicos

16 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA CHAPA PERFEITA

O senador cassado Demóstenes Torres reassumiu, em junho, seu posto de procurador de Justiça, no Ministério Público de Goiás, mas ensaia um retorno a Brasília com um discurso em defesa dos políticos e contra “criminalização” dos agentes públicos.

Em entrevista ao Estado, ele afirmou que “Judiciário está legislando”, em um cenário no qual um ex-presidente da República (Lula) foi condenado em primeira instância pelo juiz federal Sérgio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e que o atual presidente (Michel Temer) aguarda a Câmara autorizar ou não prosseguimento da denúncia de corrupção passiva feita pela Procuradoria-Geral da República.

“A política foi criminalizada. A não ser em longo prazo, nada poderá ser feito para reverter o desânimo do eleitor. O pior é: Não há saída, fora da política. Muitos que a golpearam podem estar querendo ocupar espaço na vida pública. Talvez, na próxima eleição, haja um terreno muito grande para cachorros loucos, apedeutas (sem instrução), radicais de toda a espécie, adeptos de mantras e afins. Já que o judiciário está legislando e o congresso não toma providência”, disse ao Estado.

* * *

Minino, que notícia boa!

Tomara que Demóstenes volte mesmo à política.

Este cabra, um corrupto de altíssimo nível, um guabiru que honra a tradição bandalhística de Banânia e, sobretudo, um mentiroso simulador da mais alta qualificação, daria um excelente vice na chapa do PT ano que vem.

Com o eleitorado que temos em Banânia, Lula e Demóstenes seriam imbatíveis.

Os dois foram os mais votados na disputa do Troféu Algemas de Ouro no ano de 2013. Clique aqui para ler .

Lula/Demóstenes, Presidente e Vice: a chapa ideal para o PT em 2018

15 julho 2017 DEU NO JORNAL

FORÇA, ZECA!

O cantor Zeca Pagodinho sofreu um acidente na noite desta sexta-feira (14).

Segundo informações da Polícia Militar, o 15º BPM (Caxias) foi acionado para uma ocorrência de trânsito em Xerém, onde vive Zeca. Os policiais relataram que o cantor estava num quadriciclo quando tentou realizar retorno numa via, perdeu o controle e o veículo tombou.

Zeca teria desmaiado na hora do acidente e o Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer o artista, que foi levado para o Hospital Caxias D’Or.

A assessoria do cantor informou que, segundo a equipe médica da unidade de saúde, Zeca está bem e lúcido.

* * *

Força, Zeca Pagodinho!

A comunidade fubânica está torcendo pelo seu completo restabelecimento.

Resista e continue nos dando alegria.

15 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM BORDEL PARTIDÁRIO

O PT é um partido que não honra nem mesmo o próprio estatuto. O artigo 231 do Estatuto do Partido dos Trabalhadores prevê a expulsão de filiados condenados “por crime infamante ou práticas administrativas ilícitas.”

Lula foi condenado a 9,5 anos por corrupção, mas pode recorrer, por isso teria ainda algum tempo no partido. Mas condenados no mensalão, como Delúbio Soares e José Dirceu, continuam filiados.

Condenados por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, como Lula, só seriam expulsos após uma decisão da Executiva Nacional.

O Estatuto do PT também prevê comunicação à Justiça Eleitoral dos condenados desfiliados, o que implicaria em perda de mandatos.

Entre os filiados ao PT condenados estão José Genoino, ex-presidente do partido, e Antonio Palocci, ex-ministro de Lula e Dilma.

Corruptos transitado em julgado do mensalão permanecem filiados, diz a assessoria do partido, porque “o PT não concorda com o julgamento”.

Se o PT não respeita as instituições democráticas, por que respeitaria o próprio estatuto?

* * *

Proprietário do partido, o penta réu Lula, transformou a sigla PT num movimentado bordel.

Uma atitude que ofendeu profundamente as putas de todo o país, que ganham a vida honestamente, dando duro e levando duro. Uma concorrência desleal.

Enfim, Lula criou um império que se transformou em puteiro e ele mesmo se proclamou rei.

O Rei do Puteiro!

14 julho 2017 DEU NO JORNAL

CHICANA LULAICA

A defesa de Lula pode abrir um novo caminho para tentar livrar o petista da condenação na segunda instância: o pedido de prescrição dos crimes.

Para isso, seria preciso circunscrever os crimes atribuídos a Lula ao período inicial da acusação, que é o ano de 2009.

“Como o ex-presidente tem mais de 70 anos, o prazo de prescrição dos seis crimes, que é de 12 anos, caiu pela metade”, diz Renato de Mello Jorge Silveira, professor de direito penal da USP e diretor do Instituto dos Advogados de São Paulo.

* * *

É uma saída honrosa.

Para o tipo de honra que vive no peito de Lula, claro.

“Tenha pena d’eu: tô fudido du premêro ao décimo tercêro”

14 julho 2017 DEU NO JORNAL

A FILA TÁ ANDANDO…

O ex-presidente Ollanta Humala e sua mulher, Nadine Heredia, chegaram na noite desta quinta-feira (13) ao Tribunal Penal Nacional, em Lima, para se entregar, após um juiz decretar 18 meses de prisão preventiva para o casal por lavagem de dinheiro relacionada a doações irregulares de campanha da Odebrecht.

* * *

A fila tá andando.

Lá no Peru e também aqui em Banânia.

Ollanta foi preso junto com a mulher.

Lula, como é viúvo, vai ver o sol nascer quadrado sozinho.

Ollanta (nada a ver com “anta”) e Lula: dois grandes mamadores do império multinacional Odebrecht

13 julho 2017 DEU NO JORNAL

LADROAGEM LATRINO AMERICANA

Vai ter consequências no Brasil o pedido de prisão do ex-presidente do Peru Ollanta Humala e de sua mulher, Nadine Heredia, apresentado esta semana em Lima.

O caso peruano é consequência direta da Lava-Jato.

O casal recebeu US$ 3 milhões da Odebrecht.

O dinheiro foi usado na campanha presidencial de 2011, executada por publicitários escolhidos e vinculados ao PT.

* * *

Assim como a turma da foice-e-martelo tem a “internacional socialista“, a turma da istrêla-vermêia tem a “internacional roubalhista“.

A ladroagem lulo-petralha ultrapassou as fronteiras de Banânia.

Vôte!!!

“Cumpanhero Ollanta, essa tua mulé Nadine é uma ladrona di premêra; ocês dois cum cara di índio e eu cum cara di rato, vamo inchê os cu de dinhêro”

13 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA PARELHA NA MEDIDA

Renan Calheiros gravou um vídeo de apoio ao ex-presidente Lula.

Renan afirma que a condenação imposta pelo juiz Sergio Moro é inadmissível, e que a sentença é um “erro que será reparado”.

* * *

Lula não podia ter arranjado um advogado melhor.

Renan e Lula formam uma bela parelha de corruptos de altíssimo calibre. Os dois tem muitas afinidades.

Fiquem tranquilos, caros leitores, não vou botar aqui o vídeo gravado por Renan.

Jamais eu estragaria a nossa linda quinta-feira.

“Vê só, Lula, que coisa linda aqui no meu celular: a foto de nós dois no Jornal da Besta Fubana”

12 julho 2017 DEU NO JORNAL

UFA!!! ATÉ QUE ENFIM!!!

* * * 

Eu não entendi qual a razão de um meliante deste porte ter pego uma pena tão pequena.

Nove anos e meio???

Isto é muito pouco.

Devia ter arrochado mais, Dr. Moro!

Mas, pelo que sei, acho que esta cacetada se refere a um único processo. Outras devem estar a caminho.

Leia a íntegra da sentença clicando aqui.

Sobre esta condenação, o grande Hélio Bicudo acaba de declarar o seguinte:

“Notícia para soltar foguetes! Saber que Lula foi condenado por corrupção mostra que é possível confiar na Justiça. Primeira condenação de outras que certamente estão a caminho.”

Pois vamos atender ao apelo do Dr. Bicudo e encher os ares de alegria.

Uma salva de fogos pela prisão do maior delinquente que Banânia já teve!!!

11 julho 2017 DEU NO JORNAL

MASSACRE NA CASA DO VIZINHO

Um jovem de 16 anos morreu, nesta segunda-feira (10), no Estado de Carabobo, no sudoeste da Venezuela, durante uma manifestação da oposição, subindo para 92 o número de mortos no país desde o início da onda de protestos há três meses.

GNB nos capacetes dos policiais: abreviatura de Guardia Nacional Bolivariana, o regime político que é o sonho dos panacas zisquerdistas banânicos

* * *

Quase uma centena de execuções.

Um massacre impressionante, um extermínio em massa horroroso.

E nada de manifestação das zisquerdas de Banânia

MST, Lula, Boulos, CUT, Dilma, PT, Stédille, Instituto Lula, PCdoB, Jandirão, Gleisi, Zé Dirceu…

Tudo caladinho e de cu trancado…

Bando de felas-da-puta!!! (sem qualquer ofensa às putas, claro…)

Cumpanhero Nicolas Podre, podi matá coxinha reacionaro a vontadi e conti cum meu cilençu”

11 julho 2017 DEU NO JORNAL

LADROAGEM CACETÍFERA

Lula prestou depoimento como testemunha de defesa de Gleisi Hoffman num processo em que a senadora e seu marido, o ex-ministro petista Paulo Bernardo, são acusados de receber verbas sujas provenientes da Petrobras.

O ex-soberano foi crivado de perguntas sobre o apadrinhamento político de diretores de estatais.

A certa altura, declarou: ”Vou tentar explicar, porque o Ministério Público acha criminoso os partidos tentarem indicar pessoas. Numa outra encarnação nós vamos indicar só gente do Ministério Público.

Não precisa tanto. Basta não enviar ao Diário Oficial a nomeação de larápios.

Convém, de resto, não confundir coisa pública com cosa nostra.

* * *

Estas respostas que Lapa de Cabra-Safado costuma dar quando é arrochado nos interrogatórios são de uma criatividade digna de um corrupto banânico de alto nível.

E tem gente que leva este canalha a sério…

Putz…

E por falar na indiciada Glesi Hoffman, que na lista da Odebrecht consta com o condinome Amante, aquela linda galeguinha petêlha que bota chifres no corno manso petêlho Paulo Bernardo, me lembrei do restante da combativa, barulhenta e peidona bancada bucetífera federal, composta pelas bovinas das zisquerdas nacionais.

Tudo bovina guerreira de grelo-duro, do tipo de Jandirão pra cima.

Segundo meu querido amigo palmarense Malamanhado, especialista em difamação e falatório da vida alheia, elas estão desesperadas com a ladroagem e o roubo.

Não com a ladroagem e o roubo do dinheiro público, mas com o sumiço dos vibradores portáteis que são de grande utilidade pras nossas lindas parlamentares vermêias, tão carentes de pajaracas operativas.

Este fato preocupante foi motivo de protestos em reunião da Comissão de Bucetações Jurídicas, conforme se pode verificar no flagrante abaixo:

11 julho 2017 DEU NO JORNAL

LIMPOU A FICHA

A UTC Engenharia, uma das empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção que agia na Petrobras, assinou na manhã desta segunda-feira (10) um acordo de leniência (espécie de delação premiada das empresas) com o governo federal, informou a Controladoria-Geral da União (CGU).

No acordo, a empresa reconhece os danos causados à administração federal por meio de práticas de corrupção e se compromete a reparar os danos causados.

No caso da UTC, foi acertada a devolução de mais de R$ 574 milhões aos cofres públicos por danos causados à Petrobras, Eletrobras e Valec.

Em troca, a construtora se habilita novamente a ser contratada pela administração pública nas esferas estadual e municipal.

* * *

Uma devolução modesta se comparada à magnitude da ladroagem: apenas 500 milhões.

Ou, melhor dizendo, uma devolução de apenas meio bilhão.

Pronto: pagou, quitou, limpou a ficha.

Dinheiro roubado durante o negro período em que o PT administrava a Petrobras, não custa nada lembrar.

Agora, a UTC já pode voltar a trabalhar pros estados e municípios e mamar nos cofres públicos com toda tranquilidade.

Se roubar novamente e for condenada no futuro, o dinheiro superfaturado dos cofres públicos pagará as novas multas outra vez.

10 julho 2017 DEU NO JORNAL

COITADA DE XOLINHA…

O estado de atordoamento mental dos brasileiros pode ser explicado por uma manchete de O Globo:

“Deputado preso anuncia apoio a Temer para ‘evitar turbulências’”.

Diz a reportagem:

“Preso em regime semiaberto, o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ) anunciou apoio ao presidente Michel Temer dizendo que votará contra a denúncia apresentada pela PGR para evitar que o Brasil viva mais ‘turbulências’.

Jacob atua durante o dia como deputado e vai para a prisão no fim do expediente e nos finais de semana”.

* * *

A gente só acredita neste tipo de notícia porque, enfim, é fato acontecido em Banânia.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!

“Este país é foda: arrombam minha tabaca todo os dias!!!”

10 julho 2017 DEU NO JORNAL

NUM TEM JEITO ALGUM DESTA MERDA DAR CERTO

O Ministro Luiz Fux, do STF, em entrevista à revista Veja, se disse perplexo com o que foi descoberto no Rio de Janeiro:

“Até porque Sérgio Cabral foi o melhor governador do Estado do Rio.”, declarou Fux.

* * *

Um ministro do Supremo Tribunal Federal, órgão maior do Poder Judiciário, opinando sobre um prisioneiro condenado por uma série enorme de acusações de roubalheira, corrupção e grossa bandidagem.

Todas estas acusações baseadas em fatos acontecidos ao tempo em que Sérgio Cabral “era o melhor governador do Rio“, segundo o “ilustre” magistrado.

E um tabacudo deste porte, um “magistrado isento” desta envergadura, é ministro do Supremo Tribunal Federal!!!

Nomeado por Dilma.

Agora, me arrespondam-me:

Tem algum jeito desta merda de país dar certo, enquanto existir gente que vota em quem nomeia um tolôte feito Fux para nossa suprema corte de justiça?

Hein???

Tem jeito de dar certo????

A corda e a caçamba: o melhor ministro que o STF já teve (depois de Gilmar, claro…) ao lado do melhor governador que o Rio já teve

9 julho 2017 DEU NO JORNAL

POLODORO HOMENAGEIA SEUS IRMÃOS

* * *

Segundo apurou o Departamento de Fuxicos do JBF, o diretório nacional do PT enviou ofício ao governo do Ceará pedindo autorização para preencher a ficha de filiação de todos os jegues apreendidos nas estradas daquela linda terra.

Fontes do governo do estado já confirmaram que a autorização será concedida.

O PT vai engrossar suas fileiras com 4 mil novos filiados.

O único jegue nordestino que não se filiará ao bando é o fubânico Polodoro.

Polodoro vai rinchar em homenagem aos seus irmãos que irão formar fileiras no partido de Lula.

Rincha, Polodoro!

9 julho 2017 DEU NO JORNAL

OS DOIS ESTÃO FALANDO A MAIS PURA VERDADE

* * *

Dois ex-ministros da fazenda de governos petistas.

Uma ocupação que dignifica o prontuário ou a folha corrida de qualquer meliante.

Palocci administrou a fazenda banânica por ordem de Lula e Mantega cuidou da mesma fazenda no esculhambado reinado de Dilma. Também por ordem de Lula, claro.

Ambos são petralhas históricos e de primeira hora, com ficha de filiação ao bando numerada com apenas 1 dígito (abaixo de 13…)

Nos tempos atuais, depois do ruidoso desastre que disseminou a quadrilha vermêio-istrelada, um chama o outro de corrupto e de ladrão.

Eu acredito nos dois.

Acho que ambos estão falando a mais pura verdade.

O petista fubânico Ceguinho Teimoso sempre garantiu que autoridade petista só abre a boca pra expelir a verdade mais cristalina.

Os dois ratos fazendários petralhas, que hoje em dia estão se dedurando mutuamente, ladeando o Rato-Mor, proprietário da quadrilha que usa a sigla partidária PT

8 julho 2017 DEU NO JORNAL

ENCONTRO DE POTÊNCIAS

O presidente da República, Michel Temer, se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a cúpula do G20, que reúne as 20 maiores potências mundiais, em Hamburgo, na Alemanha.

Fotos de um aperto de mão entre os dois foram publicadas neste sábado (8) em rede social de Temer, que afirmou que sugeriu a Trump “aproximar empresários brasileiros e americanos para gerar novos negócios”.

O norte-americano gostou da ideia, segundo Temer.

Temer disse ainda que Trump “elogiou o desempenho da economia brasileira e reforçou que o Brasil está indo muito bem”

* * *

Meu patriótico coração bateu forte de emoção vendo o aperto de mão entre estes dois líderes mundiais. Dois líderes que são levados a sério em todo o planeta Terra.

E eu acreditei em tudo que os dois disseram um para o outro, conforme está na notícia aí de cima. Detalhes divulgados pelo orgulhoso Temer em seu Twitter.

Este Editor dedica uma linda música a esta parelha de líderes das duas maiores potência do globo.

Canta, Lindomar Castilho!

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

MEIO POR CENTO JÁ TÁ BOM DEMAIS…

* * *

Deve ser doloroso pra um guabiru ter que devolver um dinheiro ganho com tanta facilidade nos áureos tempos do reinado petista…

Lula tem toda razão quando luta com unhas e patas pela extinção da Lava Jato. Corruptos de todos os partidos e tendências são gratos pela liderança que ele exerce nesta batalha titânica, vermelhânica e azulânica.

Agora, já que o STF tem que decidir pra onde o dinheiro vai ser encaminhado, sugiro aos nobres ministros – ministros que tanto louvo, prezo, amo e dos quais só falo bem (vocês são testemunhas…) -, que mandem apenas 1% deste 1 bilhão de reais aqui pro caixa do JBF.

Aliás, 1% é muito.

Basta 0,5%.

Estou no aguardo das bondosas providências de Vossas Insolências.

Ministro Gilmar Mendes, cuja beleza bucal é o ponto que recebe mais elogios por parte do Editor do JBF

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

ENFIM, UMA BOA NOTÍCIA

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial no país, foi negativo em 0,23% em junho, a taxa mensal mais baixa em 19 anos, desde agosto de 1998 (-0,51%).

Considerando apenas os meses de junho, nunca houve uma taxa tão baixa desde o início do Plano Real, em 1994.

Com o resultado, o país registra a primeira deflação (queda dos preços) mensal em 11 anos, desde junho de 2006 (-0,21%).

* * *

O Instituto Lula acabou de soltar uma nota dizendo que se não tivessem derrubado Dilma e tirado o PT do poder, esta deflação teria sido maior ainda.

Afirmação que é confirmada pelo fubânico petista Citador de Números.

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM ROUBO COM MUITOS ZEROS

O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato de Souza Duque autorizou a repatriação de mais de 20,5 milhões de euros, cerca de R$ 77,5 milhões, depositados no Banco Julius Baer, no Principado de Mônaco.

O montante, que está em nome das off-shores Milzart Overseas e Pamore Assets, pertencentes ao ex-diretor, foi recebido em pagamento de propina de contratos superfaturados da Petrobras.

Em petição protocolada quarta-feira (5) na Justiça Federal em Curitiba, a defesa de Duque informou também que o ex-diretor, preso há mais de dois anos no Complexo Médico-Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, renuncia a todos os valores depositados nas contas bancárias do Banco Cramer, na Suíça.

A medida tem como base a tentativa de Duque de fechar acordo com a Justiça para deixar a prisão. “O requerente manifesta seu interesse de continuar colaborando com todas as investigações das quais tenha conhecimento de fatos relevantes sobre a Petrobras”, diz trecho do documento.

Na semana passada, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos inquéritos decorrentes da Operação Lava Jato na primeira instância, ao proferir sentença que condenou o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e outros réus na Lava Jato, disse que a renúncia do saldo de contas já bloqueadas pela Justiça permitiria a Renato Duque a progressão de regime depois do cumprimento de cinco anos de prisão em regime fechado, independentemente do total de pena somada.

* * *

Vamos escrever por extenso esta linda quantia que foi roubada por Duque e que agora será devolvida a nós outros, os contribuintes.

Uma quantia com sete zeros, sabendo que sete é a conta do mentiroso.

Vejam que lindo este monte de milhões escrito em incarnado, a cor da quadrilha petralha:

R$ 77.500.000,00

Procurado pelo Departamento de Fuxicos do JBF, o Instituto Lula informou que “desconfia” que esta modesta quantia tenha sido roubada no tempo em que a Petrobras era administrada pelo governo tucano de FHC.

Duque e Lapa de Corrupto: uma linda parelha de ratos petrolíferos

7 julho 2017 DEU NO JORNAL

POBRES “SUSPEITOS”…

Dois jovens foram presos em flagrante ao tentaram roubar a carga de um caminhão em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na noite desta quinta-feira (6).

O veículo era descarregado quando a dupla, identificada como Erick Thadeu Pariz de Oliveira, de 23 anos, e Gregory Perciliano de Jesus, de 20, abordou um dos empregados da firma. Com um revólver, eles anunciaram o assalto.

Outros funcionários da empresa notaram o ocorrido e reagiram à ação criminosa.

Vítimas e suspeitos lutaram, até que os dois fossem imobilizados e desarmados. A Polícia Militar foi acionada e uma equipe conseguiu prender os dois rapazes em flagrante no local.

Na delegacia, a mãe de um dos suspeitos quis registrar um boletim de ocorrência em favor do filho, por conta da agressão.

O delegado se recusou.

* * *

A deputada petista Maria da Novena, líder do movimento em favor dos Direitos dos Manos, já entrou na justiça com uma ação contra este delegado crudelíssimo.

Vejam só que audácia: o delegado, reacionário e direitista, ficou contra os bandidos e não registrou a queixa de “agressão” que a mamãe de um deles queria prestar.

A Associação dos Zisquerdista Zidiotas de Praia Grande anunciou um grande protesto no dia de hoje.

Um protesto contra as vítimas que reagiram ao assalto, que conseguiram sair vivas do incidente e que amassaram de porradas os fucinhos dos dois assaltantes. 

Chega faz pena o estado em que os pobres bandidos ficaram.

Vejam:

A grande mídia banânica, humanitária e engajada, deformou a foto com as já deformadas caras dos meliantes Erick Thadeu e Gregory Perciliano. (Erick com “k” e Gregory com “y”. Que chic!!!!!!)

Aliás, não são “meliantes“, como eu escrevi: vejam que na notícia aí de cima que eles são chamados de “suspeitos“.

Confesso a vocês que fiquei morrendo de pena dos coitadinhos, vítimas da brutalidade de cidadãos sem qualquer sensibilidade. E meus olhos se encheram de lágrimas.

Chorei abundantemente.

Xiuf, xiuf, xiuf, snif, snif, snif…

6 julho 2017 DEU NO JORNAL

FORÇA TAREFA DA LAVA JATO EM CURITIBA – NOTA OFICIAL

Os procuradores da República da Força Tarefa da Lava Jato em Curitiba vêm manifestar sua discordância em relação à dissolução do Grupo da Lava Jato no âmbito Polícia Federal.

1. A operação Lava Jato investiga corrupção bilionária praticada por centenas de pessoas, incluindo ocupantes atuais e pretéritos de altos postos do Governo Federal. Foram realizadas 844 buscas e apreensões em 41 fases que ensejaram a apreensão de um imenso volume de materiais – apenas na primeira fase, foram mais de 80 mil documentos. São rastreadas hoje mais de 21 milhões de transações que envolvem mais de R$ 1,3 trilhão. Já foram acusadas por crimes graves como corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa mais de 280 pessoas, e centenas de outras permanecem sob investigação. Embora já tenham sido recuperados, de modo inédito, mais de R$ 10 bilhões, há um potencial de recuperação de muitos outros bilhões, se os esforços de investigação prosseguirem.

2. A anunciada integração, na Polícia Federal, do Grupo de Trabalho da Lava Jato à Delegacia de Combate à Corrupção e Desvio de Verbas Públicas, após a redução do número de delegados a menos de metade, prejudica as investigações da Lava Jato e dificulta que prossigam com a eficiência com que se desenvolveram até recentemente.

3. O efetivo da Polícia Federal na Lava Jato, reduzido drasticamente no governo atual, não é adequado à demanda. Hoje, o número de inquéritos e investigações é restringido pela quantidade de investigadores disponível. Há uma grande lista de materiais pendentes de análise e os delegados de polícia do caso não têm tido condições de desenvolver novas linhas de investigação por serem absorvidos por demandas ordinárias do trabalho acumulado.

4. A redução e dissolução do Grupo de Trabalho da Polícia Federal não contribui para priorizar ainda mais as investigações ou facilitar o intercâmbio de informações. Pelo contrário, a distribuição das investigações para um número maior de delegados e a ausência de exclusividade na Lava Jato prejudicam a especialização do conhecimento e da atividade, o desenvolvimento de uma visão do todo, a descoberta de interconexões entre as centenas de investigados e os resultados.

5. A necessidade evidente de serviço, decorrente inclusive do acordo feito com a Odebrecht, determinou que a equipe do Ministério Público Federal na Lava Jato em Curitiba tenha aumentado, o que ocorreu em paralelo ao aumento das equipes da Lava Jato no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, no mesmo período em que a Polícia Federal reduziu a equipe e dissolveu o Grupo de Trabalho da Lava Jato em Curitiba.

6. A Polícia Federal, assim como a Receita Federal, são parceiras indispensáveis nos trabalhos da Lava Jato. Reconhece-se ainda a dedicação do superintendente da Polícia Federal no Paraná, Rosalvo Franco, e do Delegado de Polícia Federal Igor de Paula, às investigações. Contudo, a medida tornada pública hoje é um evidente retrocesso. Por isso, o Ministério Público Federal espera que a decisão possa ser revista, com a consequente reversão da diminuição de quadros e da dissolução do Grupo de Trabalho da Polícia Federal na Lava Jato, a fim de que possam prosseguir regularmente e com eficiência as investigações contra centenas de pessoas e de que os bilhões desviados possam continuar a ser recuperados.

6 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM CHORO DOLORIDO

Ao final do depoimento de 1h23 minutos que deu ao juiz Vallisney de Souza Oliveira, titular da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, Geddel Vieira Lima caiu no choro ao ouvir que vai permanecer na prisão por tempo indeterminado.

Conhecido pela postura rígida, o juiz negou a aplicação de medidas alternativas pedidas pela defesa de Geddel.

Entre os apelos, os advogados solicitaram a prisão domiciliar e o uso de tornozeleira eletrônica.

* * *

O juiz Vallisney de Souza Oliveira é outro perseguidor de inocentes, assim como o Juiz Sérgio Moro.

Francamente, esta notícia abalou tremendamente o meu sensível coração.

A imagem de Geddel com a cabeça raspada e com lágrimas rolando pelo fucinho me tocou fundo.

Confesso que não segurei a emoção e também chorei em solidariedade ao ex-ministro de Lula e de Temer.

Lágrimas caíram em abundância dos meus olhos.

Xiuf, xiuf, xiuf, snif, snif, snif…

6 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA LINHA SUCESSÓRIA DE LASCAR

O presidente Michel Temer viajou na tarde desta quinta-feira (6) para Hamburgo, na Alemanha, para participar da Cúpula do G20, grupo que reúne as 20 principais economias do mundo.

Com a viagem de Temer para a Europa, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, assumirá interinamente a Presidência da República, isso porque o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, primeiro na linha sucessória, também está no exterior, em viagem à Argentina.

* * *

Temer – Rodrigio Maia – Eunício Oliveira.

Esta é a linha de sucessão na Presidência da República Federativa de Banânia.

No ano passado a linha era Dilma – Temer.

E antes de Dilma…

Bom…. deixa pra lá.

Melhor esquecer.

Este país tem linhas sucessórias capazes de arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Xolinha de tabaca arrombada com a linha sucessória da presidência de Banânia

6 julho 2017 DEU NO JORNAL

ÉTICA BANÂNICA

* * *

E isto é porque se trata de um Conselho de Ética.

Imaginem se fosse um Conselho de Putérica.

A Editoria do JBF dedica uma linda canção para os 11 cabras safados que votaram a favor de Aécio.

Uma dedicatória que é extensiva àquele ministro idiota do STF que declarou ter Aécio uma “carreira política elogiável“.


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa