20 julho 2017 DEU NO JORNAL

COMPATRIOTAS CORRUPTOS

O ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira é alvo de uma ordem internacional de busca e prisão emitida pela Justiça espanhola. Teixeira é procurado por lavagem de dinheiro em conluio com Sandro Rosell, ex-presidente do Barcelona e anteriormente diretor da Nike, patrocinadora da seleção brasileira.

Apesar de ter uma ordem internacional de captura contra si, Teixeira pode se beneficiar do expediente da Justiça brasileira, que não extradita cidadãos nacionais.

No último dia 18 de junho, Teixeira disse em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo” que não existia lugar mais seguro do que o Brasil para se estar.

“Tem lugar mais seguro que o Brasil? Qual é o lugar? Vou fugir de quê, se aqui não sou acusado de nada? Você sabe que tudo que me acusam no exterior não é crime no Brasil”, afirmou Teixeira à “Folha”.

* * *


Teixeira tá certo. O Brasil é realmente o lugar mais seguro do mundo para um corrupto se homiziar e se livrar das garras da justiça.

Centenas e centenas de casos, sobretudo no baixo clero político, comprovam isto.

Agora, aqui entre nós: e a ordem de prisão de Lula, quando é que a Espanha vai expedir?

Será que não tem filial da Odebrecht em Madri?

E Léo Pinheiro, o corruptor da ativo da OAS, aquela que reformou o triplex, não teria um escritório em Sevila?

O fato de terem os ladrões Lula e Teixeira nascido no mesmo país, não firmaria jurisprudência transnacional que permitisse engaiolar os dois?

Sei lá… Num entendo porra alguma de Direito Ladroístico Internacional.

Estou apenas externando um palpite que não passa de um desejo.

Com a palavra os doutores peruadores fubânicos.

“Cumpanhero Ricardo, depois di tu, será que vão vim atrais d’eu”

19 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM DOCUMENTO HISTÓRICO

A sentença assinada pelo juiz Sérgio Fernando Moro, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, além de uma pena acessória de sete anos de inabilitação para o exercício de cargos públicos, constitui um importante documento do processo de consolidação da democracia no País.

O ineditismo da peça condenatória – a primeira proferida contra um ex-presidente da República pela prática de crimes comuns – já seria, por si só, razão suficiente para atribuir-lhe a devida adjetivação histórica. Trata-se de um marco incontrastável do primado da igualdade de todos os cidadãos perante a lei, um dos pilares democráticos consagrados pela nossa Constituição.

Sabedor da repercussão que sua sentença tem no presente e terá no futuro, Sérgio Moro cercou-se de cuidados que dizem muito sobre o seu senso de responsabilidade. Todos os pontos da sentença, do relatório do longo processo até a fixação de penas, foram minuciosamente descritos e motivados, para eliminar dúvidas de quem quer que leia a peça.

Ao longo das 238 páginas da sentença, não foram poucas as atitudes do réu – e não apenas dele, mas também de seus representantes legais e de seus partidários – que foram classificadas por Moro como graves o bastante para ensejar a decretação de sua prisão preventiva no curso da ação penal. Houve ali orientação para a destruição de provas, ameaça ou coação de testemunhas e mobilização da militância do Partido dos Trabalhadores (PT) e dos assim chamados “movimentos sociais” para a prática de atos públicos com o único objetivo de tumultuar o bom andamento do processo. Entretanto, Sérgio Moro, acertadamente, decidiu com prudência e, a certa altura, optou pela condução coercitiva de Lula da Silva, uma medida severa, sem dúvida restritiva da liberdade, mas longe de privar o réu dessa mesma liberdade.

O mesmo cuidado pautou o comportamento do magistrado ao permitir que o condenado recorra da sentença em liberdade. “Considerando que a prisão cautelar de um ex-presidente da República não deixa de envolver certos traumas, a prudência recomenda que se aguarde o julgamento pela Corte de Apelação antes de se extrair as consequências próprias da condenação”, decidiu Sérgio Moro.

Já o Partido dos Trabalhadores, em nota oficial, abusa da imprudência ao classificar a condenação do chefão do partido como uma “medida equivocada, arbitrária e absolutamente ilegal”. Sérgio Moro é acusado de ser “um juiz parcial”, que age a serviço dos “meios de comunicação” e do “consórcio golpista”, os inimigos imaginários do PT que não seriam capazes de aceitar a “trajetória de sucesso de Lula na Presidência”. Este é pintado como vítima de “um caso típico de lawfare”, vale dizer, uma implacável perseguição política por meio do uso indevido de recursos jurídicos.

Evidentemente, trata-se da rançosa cantilena da vitimização que ressoa como música nos ouvidos da militância petista, mas que não resiste a uma leitura sóbria da sentença proferida por Sérgio Moro.

Antes de condenar Lula a quase dez anos de cadeia, o magistrado detalha, didática e minuciosamente, os episódios de todas as fases do processo e enumera todos os elementos fáticos, testemunhais e indiciários que formaram a sua convicção para a imputação da pena. A tão propalada “ausência de provas” fica reduzida a mero discurso político, um subterfúgio ante a fragilidade da defesa jurídica do ex-presidente.

Na sentença, fica cabalmente demonstrado que a cobertura triplex no Guarujá, bem como a milionária reforma do imóvel para atender às necessidades de Lula e de sua família, constituíram “vantagens indevidas em um acerto de corrupção” entre o ex-presidente e a empreiteira OAS. Sérgio Moro reserva dezenas de páginas para esmiuçar as artimanhas usadas para ocultar a transferência da propriedade do imóvel, incluindo a análise de fartas provas documentais e periciais apresentadas pelo MPF.

No futuro, quando arrefecerem as paixões, a sentença do juiz Sérgio Moro haverá de ser lida como um registro da vitalidade do Estado Democrático de Direito em um período particularmente conturbado da história do Brasil.

Editorial do jornal O Estado de S.Paulo

18 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA GRAVE OFENSA

* * *

O Juiz Moro desta vez foi longe demais.

Muitíssimo longe!!!

Ele cometeu um grande equívoco e perpetrou uma grave ofensa.

Ofendeu profundamente o ex-deputado e prisioneiro Eduardo Cunhão, ao compará-lo com Lula.

Cunhão ficou prostituto da existência quando tomou conhecimento desta comparação.

“Esta foi demais. Ofendeu a minha honra. Vou processar este juiz”

17 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM ROMBO PLANETÁRIO

Os escândalos de corrupção na Petrobras e sua política de preços levaram a estatal brasileira a ser a empresa de petróleo mais endividada do mundo.

A constatação faz parte do informe produzido pela OMC, que avalia a situação da política comercial do Brasil.

* * *

A OMC, vocês já sabem, é a Organização Mundial do Comércio.

Que de mundial não tem nada, pois deve ser dirigida por coxinhas reacionários aqui de Banânia.

Perguntem pra Ceguinho Teimoso que ele dará detalhes sobre este covil golpista.

Agora, aqui entre nós: é bilhão pra caralho.

E de dólares!!!

A notícia fala que a empresa está “no vermelho“.

O mais correto seria dizer que a Petrobras está “no preto“.

Preto da tonalidade nove dedos.

17 julho 2017 DEU NO JORNAL

FESTIVO ENCONTRO ILEGAL DE MELIANTES DE GROSSO CALIBRE

Ao menos sete parlamentares do PT abandonaram o serviço em Brasília para ir a São Paulo participar do “lançamento da candidatura” a presidente de Lula, após o petista ser condenado a 9 anos e meio de cadeia por corrupção.

Passagens custam em média R$ 1 mil. Cada parlamentar ganha R$ 34 mil de salário, mas ainda assim repassam o custo das passagens aéreas para visitar Lula ao contribuinte.

A cota parlamentar já foi usada para bajular Lula após denúncia do Ministério Público.

As deputadas Benedita da Silva (PT) e Jandira Feghali (PCdoB) se deram folga na quinta-feira (13) e foram visitar Lula, o condenado.

Além de deputados, os senadores Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias, Paulo Rocha e José Pimentel também foram aparecer na foto.

* * *

Esta foto tá arretada.

O grupo que cerca Lapa de Mentiroso constitui um time de altíssimo calibre corrupcional-mentirístico-bostoso.

Coisa de 13ª qualidade!!!

Vou emoldurar o flagrante e colocá-lo na minha parede de recordações surrealísticas banânicas.

Saber que fomos governados por esta cambada por mais de uma década enche meu peito de orgulho cívico-lacrimal.

E vamos celebrar o encontro ilegal da rataria petêlha, para “lançamento de candidatura” antes da data prevista em lei – de um réu já condenado à prisão pela justiça -, com uma linda música:

17 julho 2017 DEU NO JORNAL

NÃO FOI 100% PORQUE TEM IDIOTA EM TODO CANTO NESTE MUNDO

* * *

Puta merda!

É impressionante!

Quer dizer que na Venezuela ainda existe 2% de “petistas” que apoiam Maduro???!!!

É pra lascar: 2% da população venezuelana ainda apoia este nazistinha de merda.

Num tem jeito mesmo: gente idiota existe em todo canto deste mundo.

Maduro, como vocês sabem é aquele tiranete amigo de Lula, adorado pelas zisquerdas banânicas e candidato ao Prêmio Nobel de “Deseconomia”.

Ontem, durante a votação, ele matou mais duas pessoas nas ruas de Caracas, ultrapassando uma centena de assassinados.

“Alô cumpanhera Dirma: enchi aí um avião cum os besta qui votaro nim nóis e manda aqui pra Venezuela: o cumpanhero Maduro tá fudido”

16 julho 2017 DEU NO JORNAL

INDECÊNCIA CASUÍSTICA BANÂNICA

Vicente Cândido (PT-SP), relator da reforma política, incluiu em parecer dispositivo que aumenta de 15 dias para 8 meses período em que candidato não pode ser preso, exceto em flagrante.

* * *

Tinha que ser mesmo um diputado petralha.

Só podia ser mesmo uma canalha da quadrilha vermêio-istrelada pra apresentar um tolôte deste porte.

Quer livrar o furico de Lula da pajaraca da justiça e da lei.

Vamos dedicar uma linda música pra este cabra safado.

16 julho 2017 DEU NO JORNAL

NORMALIDADE PÓS-PETRALHA

Em apenas dois dias próximos à votação da denúncia contra Michel Temer, o presidente liberou quase um sexto do valor total de emendas liberadas de janeiro a junho deste ano.

Mesmo assim, os aliados do governo, claro, veem com naturalidade a operação.

“O governo está investindo nos municípios, não está dando dinheiro na mão dos deputados. O parlamentar que leva investimento para sua cidade está cumprindo o papel dele. Feio era o que o PT fazia no mensalão, que trocava dinheiro por voto”, disse o líder do DEM, deputado Efraim Filho (PB).

O PT rebaixou de tal forma os parâmetros morais com seus escândalos de corrupção que qualquer ato menos pior que o dos petistas se passa por normal.

* * *

É phoda!!!!

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!!

Puta que pariu.

Esta República Federativa de Banânia é  mesmo um caso único no Planeta Terra.

Xolinha de tabaca arromba pelas escândalos banânicos

16 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA CHAPA PERFEITA

O senador cassado Demóstenes Torres reassumiu, em junho, seu posto de procurador de Justiça, no Ministério Público de Goiás, mas ensaia um retorno a Brasília com um discurso em defesa dos políticos e contra “criminalização” dos agentes públicos.

Em entrevista ao Estado, ele afirmou que “Judiciário está legislando”, em um cenário no qual um ex-presidente da República (Lula) foi condenado em primeira instância pelo juiz federal Sérgio Moro por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e que o atual presidente (Michel Temer) aguarda a Câmara autorizar ou não prosseguimento da denúncia de corrupção passiva feita pela Procuradoria-Geral da República.

“A política foi criminalizada. A não ser em longo prazo, nada poderá ser feito para reverter o desânimo do eleitor. O pior é: Não há saída, fora da política. Muitos que a golpearam podem estar querendo ocupar espaço na vida pública. Talvez, na próxima eleição, haja um terreno muito grande para cachorros loucos, apedeutas (sem instrução), radicais de toda a espécie, adeptos de mantras e afins. Já que o judiciário está legislando e o congresso não toma providência”, disse ao Estado.

* * *

Minino, que notícia boa!

Tomara que Demóstenes volte mesmo à política.

Este cabra, um corrupto de altíssimo nível, um guabiru que honra a tradição bandalhística de Banânia e, sobretudo, um mentiroso simulador da mais alta qualificação, daria um excelente vice na chapa do PT ano que vem.

Com o eleitorado que temos em Banânia, Lula e Demóstenes seriam imbatíveis.

Os dois foram os mais votados na disputa do Troféu Algemas de Ouro no ano de 2013. Clique aqui para ler .

Lula/Demóstenes, Presidente e Vice: a chapa ideal para o PT em 2018

15 julho 2017 DEU NO JORNAL

FORÇA, ZECA!

O cantor Zeca Pagodinho sofreu um acidente na noite desta sexta-feira (14).

Segundo informações da Polícia Militar, o 15º BPM (Caxias) foi acionado para uma ocorrência de trânsito em Xerém, onde vive Zeca. Os policiais relataram que o cantor estava num quadriciclo quando tentou realizar retorno numa via, perdeu o controle e o veículo tombou.

Zeca teria desmaiado na hora do acidente e o Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer o artista, que foi levado para o Hospital Caxias D’Or.

A assessoria do cantor informou que, segundo a equipe médica da unidade de saúde, Zeca está bem e lúcido.

* * *

Força, Zeca Pagodinho!

A comunidade fubânica está torcendo pelo seu completo restabelecimento.

Resista e continue nos dando alegria.

15 julho 2017 DEU NO JORNAL

UM BORDEL PARTIDÁRIO

O PT é um partido que não honra nem mesmo o próprio estatuto. O artigo 231 do Estatuto do Partido dos Trabalhadores prevê a expulsão de filiados condenados “por crime infamante ou práticas administrativas ilícitas.”

Lula foi condenado a 9,5 anos por corrupção, mas pode recorrer, por isso teria ainda algum tempo no partido. Mas condenados no mensalão, como Delúbio Soares e José Dirceu, continuam filiados.

Condenados por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, como Lula, só seriam expulsos após uma decisão da Executiva Nacional.

O Estatuto do PT também prevê comunicação à Justiça Eleitoral dos condenados desfiliados, o que implicaria em perda de mandatos.

Entre os filiados ao PT condenados estão José Genoino, ex-presidente do partido, e Antonio Palocci, ex-ministro de Lula e Dilma.

Corruptos transitado em julgado do mensalão permanecem filiados, diz a assessoria do partido, porque “o PT não concorda com o julgamento”.

Se o PT não respeita as instituições democráticas, por que respeitaria o próprio estatuto?

* * *

Proprietário do partido, o penta réu Lula, transformou a sigla PT num movimentado bordel.

Uma atitude que ofendeu profundamente as putas de todo o país, que ganham a vida honestamente, dando duro e levando duro. Uma concorrência desleal.

Enfim, Lula criou um império que se transformou em puteiro e ele mesmo se proclamou rei.

O Rei do Puteiro!

14 julho 2017 DEU NO JORNAL

CHICANA LULAICA

A defesa de Lula pode abrir um novo caminho para tentar livrar o petista da condenação na segunda instância: o pedido de prescrição dos crimes.

Para isso, seria preciso circunscrever os crimes atribuídos a Lula ao período inicial da acusação, que é o ano de 2009.

“Como o ex-presidente tem mais de 70 anos, o prazo de prescrição dos seis crimes, que é de 12 anos, caiu pela metade”, diz Renato de Mello Jorge Silveira, professor de direito penal da USP e diretor do Instituto dos Advogados de São Paulo.

* * *

É uma saída honrosa.

Para o tipo de honra que vive no peito de Lula, claro.

“Tenha pena d’eu: tô fudido du premêro ao décimo tercêro”

14 julho 2017 DEU NO JORNAL

A FILA TÁ ANDANDO…

O ex-presidente Ollanta Humala e sua mulher, Nadine Heredia, chegaram na noite desta quinta-feira (13) ao Tribunal Penal Nacional, em Lima, para se entregar, após um juiz decretar 18 meses de prisão preventiva para o casal por lavagem de dinheiro relacionada a doações irregulares de campanha da Odebrecht.

* * *

A fila tá andando.

Lá no Peru e também aqui em Banânia.

Ollanta foi preso junto com a mulher.

Lula, como é viúvo, vai ver o sol nascer quadrado sozinho.

Ollanta (nada a ver com “anta”) e Lula: dois grandes mamadores do império multinacional Odebrecht

13 julho 2017 DEU NO JORNAL

LADROAGEM LATRINO AMERICANA

Vai ter consequências no Brasil o pedido de prisão do ex-presidente do Peru Ollanta Humala e de sua mulher, Nadine Heredia, apresentado esta semana em Lima.

O caso peruano é consequência direta da Lava-Jato.

O casal recebeu US$ 3 milhões da Odebrecht.

O dinheiro foi usado na campanha presidencial de 2011, executada por publicitários escolhidos e vinculados ao PT.

* * *

Assim como a turma da foice-e-martelo tem a “internacional socialista“, a turma da istrêla-vermêia tem a “internacional roubalhista“.

A ladroagem lulo-petralha ultrapassou as fronteiras de Banânia.

Vôte!!!

“Cumpanhero Ollanta, essa tua mulé Nadine é uma ladrona di premêra; ocês dois cum cara di índio e eu cum cara di rato, vamo inchê os cu de dinhêro”

13 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA PARELHA NA MEDIDA

Renan Calheiros gravou um vídeo de apoio ao ex-presidente Lula.

Renan afirma que a condenação imposta pelo juiz Sergio Moro é inadmissível, e que a sentença é um “erro que será reparado”.

* * *

Lula não podia ter arranjado um advogado melhor.

Renan e Lula formam uma bela parelha de corruptos de altíssimo calibre. Os dois tem muitas afinidades.

Fiquem tranquilos, caros leitores, não vou botar aqui o vídeo gravado por Renan.

Jamais eu estragaria a nossa linda quinta-feira.

“Vê só, Lula, que coisa linda aqui no meu celular: a foto de nós dois no Jornal da Besta Fubana”

12 julho 2017 DEU NO JORNAL

UFA!!! ATÉ QUE ENFIM!!!

* * * 

Eu não entendi qual a razão de um meliante deste porte ter pego uma pena tão pequena.

Nove anos e meio???

Isto é muito pouco.

Devia ter arrochado mais, Dr. Moro!

Mas, pelo que sei, acho que esta cacetada se refere a um único processo. Outras devem estar a caminho.

Leia a íntegra da sentença clicando aqui.

Sobre esta condenação, o grande Hélio Bicudo acaba de declarar o seguinte:

“Notícia para soltar foguetes! Saber que Lula foi condenado por corrupção mostra que é possível confiar na Justiça. Primeira condenação de outras que certamente estão a caminho.”

Pois vamos atender ao apelo do Dr. Bicudo e encher os ares de alegria.

Uma salva de fogos pela prisão do maior delinquente que Banânia já teve!!!

11 julho 2017 DEU NO JORNAL

MASSACRE NA CASA DO VIZINHO

Um jovem de 16 anos morreu, nesta segunda-feira (10), no Estado de Carabobo, no sudoeste da Venezuela, durante uma manifestação da oposição, subindo para 92 o número de mortos no país desde o início da onda de protestos há três meses.

GNB nos capacetes dos policiais: abreviatura de Guardia Nacional Bolivariana, o regime político que é o sonho dos panacas zisquerdistas banânicos

* * *

Quase uma centena de execuções.

Um massacre impressionante, um extermínio em massa horroroso.

E nada de manifestação das zisquerdas de Banânia

MST, Lula, Boulos, CUT, Dilma, PT, Stédille, Instituto Lula, PCdoB, Jandirão, Gleisi, Zé Dirceu…

Tudo caladinho e de cu trancado…

Bando de felas-da-puta!!! (sem qualquer ofensa às putas, claro…)

Cumpanhero Nicolas Podre, podi matá coxinha reacionaro a vontadi e conti cum meu cilençu”

11 julho 2017 DEU NO JORNAL

LADROAGEM CACETÍFERA

Lula prestou depoimento como testemunha de defesa de Gleisi Hoffman num processo em que a senadora e seu marido, o ex-ministro petista Paulo Bernardo, são acusados de receber verbas sujas provenientes da Petrobras.

O ex-soberano foi crivado de perguntas sobre o apadrinhamento político de diretores de estatais.

A certa altura, declarou: ”Vou tentar explicar, porque o Ministério Público acha criminoso os partidos tentarem indicar pessoas. Numa outra encarnação nós vamos indicar só gente do Ministério Público.

Não precisa tanto. Basta não enviar ao Diário Oficial a nomeação de larápios.

Convém, de resto, não confundir coisa pública com cosa nostra.

* * *

Estas respostas que Lapa de Cabra-Safado costuma dar quando é arrochado nos interrogatórios são de uma criatividade digna de um corrupto banânico de alto nível.

E tem gente que leva este canalha a sério…

Putz…

E por falar na indiciada Glesi Hoffman, que na lista da Odebrecht consta com o condinome Amante, aquela linda galeguinha petêlha que bota chifres no corno manso petêlho Paulo Bernardo, me lembrei do restante da combativa, barulhenta e peidona bancada bucetífera federal, composta pelas bovinas das zisquerdas nacionais.

Tudo bovina guerreira de grelo-duro, do tipo de Jandirão pra cima.

Segundo meu querido amigo palmarense Malamanhado, especialista em difamação e falatório da vida alheia, elas estão desesperadas com a ladroagem e o roubo.

Não com a ladroagem e o roubo do dinheiro público, mas com o sumiço dos vibradores portáteis que são de grande utilidade pras nossas lindas parlamentares vermêias, tão carentes de pajaracas operativas.

Este fato preocupante foi motivo de protestos em reunião da Comissão de Bucetações Jurídicas, conforme se pode verificar no flagrante abaixo:

11 julho 2017 DEU NO JORNAL

LIMPOU A FICHA

A UTC Engenharia, uma das empreiteiras envolvidas no esquema de corrupção que agia na Petrobras, assinou na manhã desta segunda-feira (10) um acordo de leniência (espécie de delação premiada das empresas) com o governo federal, informou a Controladoria-Geral da União (CGU).

No acordo, a empresa reconhece os danos causados à administração federal por meio de práticas de corrupção e se compromete a reparar os danos causados.

No caso da UTC, foi acertada a devolução de mais de R$ 574 milhões aos cofres públicos por danos causados à Petrobras, Eletrobras e Valec.

Em troca, a construtora se habilita novamente a ser contratada pela administração pública nas esferas estadual e municipal.

* * *

Uma devolução modesta se comparada à magnitude da ladroagem: apenas 500 milhões.

Ou, melhor dizendo, uma devolução de apenas meio bilhão.

Pronto: pagou, quitou, limpou a ficha.

Dinheiro roubado durante o negro período em que o PT administrava a Petrobras, não custa nada lembrar.

Agora, a UTC já pode voltar a trabalhar pros estados e municípios e mamar nos cofres públicos com toda tranquilidade.

Se roubar novamente e for condenada no futuro, o dinheiro superfaturado dos cofres públicos pagará as novas multas outra vez.

10 julho 2017 DEU NO JORNAL

COITADA DE XOLINHA…

O estado de atordoamento mental dos brasileiros pode ser explicado por uma manchete de O Globo:

“Deputado preso anuncia apoio a Temer para ‘evitar turbulências’”.

Diz a reportagem:

“Preso em regime semiaberto, o deputado Celso Jacob (PMDB-RJ) anunciou apoio ao presidente Michel Temer dizendo que votará contra a denúncia apresentada pela PGR para evitar que o Brasil viva mais ‘turbulências’.

Jacob atua durante o dia como deputado e vai para a prisão no fim do expediente e nos finais de semana”.

* * *

A gente só acredita neste tipo de notícia porque, enfim, é fato acontecido em Banânia.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!

“Este país é foda: arrombam minha tabaca todo os dias!!!”


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa