11 agosto 2017 DEU NO JORNAL

PERDERAM MAIS UMA

Amanda Acosta

Na medida em que impetram recursos e sofrem derrotas, os advogados de Lula vão se enfraquecendo e perdendo toda a credibilidade.

Incompreensível como os causídicos não percebem. A situação piora quando o recurso é inapropriado para o caso.

Há poucos dias, quando Cristiano Zanin percorreu um tribunal em Brasília, ele próprio ficou incomodado. Risadinhas generalizadas acompanharam a sua caminhada. O advogado visivelmente foi motivo de chacota. Um funcionário teria disparado: ‘mais um recurso do engomadinho’.

Nesta quarta-feira (9) um novo pedido de Lula foi negado. Um Habeas Corpus. Mais um.

O ex-presidente pretendia que fosse declarada a suspeição do juiz Sérgio Moro, por sua postura durante audiência de instrução em uma das ações penais da Lava Jato.

Os advogados do ex-presidente afirmaram que Moro teria permitido ofensas de uma testemunha a Lula; feito provocações e debochado da defesa após o fim do depoimento, quando o equipamento de filmagem já estava desligado; e proibido ilegalmente a gravação de audiências sem sua prévia autorização.

O ministro foi taxativo, negou e ainda deu um ‘puxão de orelha’ na defesa, que, segundo ele, utilizou o recurso errado para situações desse tipo, ponderando que existe meio apropriado para corrigir eventuais equívocos processuais.

Em suma, o Habeas Corpus não é o meio apropriado.

Um erro infantil, que qualquer estagiário de direito poderia detectar.

Convém que Zanin e Teixeira em suas próximas investidas, consultem os estagiários de seu escritório.

11 agosto 2017 DEU NO JORNAL

SEGURANÇA BANÂNICA

Uma empresa de segurança e vigilância de valores em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, foi assaltada na noite desta quinta-feira (10).

Apesar de não ter um número exato, o proprietário estima que cerca de 100 armas foram levadas pelos homens.

* * *

Uma empresa de segurança e vigilância de valores, que é encarregada da segurança e da vigilância dos seus clientes, é assaltada.

E tem roubado os seus valores, os seus instrumentos de trabalhos, 100 armas.

Só mesmo no Recife.

Só mesmo em Banânia.

11 agosto 2017 DEU NO JORNAL

CHIFRES E PIXULECOS VERMÊIO-ISTRELADOS

A senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, vão sentar no banco dos réus pela primeira vez no próximo dia 28 de agosto.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, marcou o depoimento no processo em que o casal é acusado de ter recebido R$ 1 milhão desviados da Petrobras para a campanha ao Senado em 2010.

A denúncia foi feita e acolhida em setembro do ano passado. A acusação é baseada nas delações do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef.

O dinheiro foi pedido por Paulo Bernardo ao ex-diretor da Petrobras.

* * *

Gleisi Ventinha foi a escolha mais coerente que o proprietário do PT, o também réu Lula, fez pra gerenciar seu estabelecimento: uma ré que consta na lista de propinas da Odebrecht.

Codinomes Amante e Coxa.

Eu acho que o codinome mais coerente seria No-Meio-das-Coxas

Se a gente fosse somar cada centímetro de pajaraca que ela já levou no furico e na bacurinha, daria pra mais de 171 quilômetros.

Chifreira e Chifrudo no carro adquirido com os pixulecos gerados por desvios da Petrobras; o teto do veículo tem proteção contra arranhadura de gaias

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

TEM QUE DAR PARTE NA DELEGACIA

O Planalto deveria chamar a polícia, ao receber pressão dos pelegos para restabelecer a contribuição (ou “imposto”) sindical obrigatória.

Eles ganham a vida criando entidades sindicais para participar da divisão dos R$4 bilhões obtidos por meio de desconto compulsório de 4,5% do salário do trabalhador, uma vez por ano. A reforma trabalhista extinguiu essa forma de bater a carteira do assalariado com autorização legal.

A pelegada transformou o Brasil num país onde criar sindicato virou melhor negócio do que abrir uma empresa e gerar empregos e renda.

O Brasil é o país que mais tem sindicatos: 15.007. África do Sul (com 191) e Estados Unidos (190) têm 1,2% dos sindicatos do Brasil.

No governo Dilma, duas operações da Polícia Federal no Ministério do Trabalho investigaram a venda de “cartas” (alvarás) sindicais.

Lutam contra a contribuição voluntária, prevista na reforma trabalhista, entidades que não representam trabalhadores, só querem o dinheiro.

* * *

Este batalhão de parasitas, esta multidão de pelegos sindicais e de gerentes de “movimentos sociais” são uma praga que infelicita enormemente a república banânica.

Se um vagabundo como Pedro Stédile, por exemplo, for comprar fiado numa loja, não terá a menor condição de apresentar uma carteira de trabalho, um comprovante de renda ou um atestado de residência.

Falou que é socialista, petista, zisquerdista, pode acreditar que só tem parasitas e desocupados neste cordão.

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

A SEGUNDA CUBA

Demétrio Magnoli

“A História repete-se a si mesma; a primeira vez, como tragédia; depois, como farsa”. A célebre proposição de Marx, parcialmente extraída de Hegel, aplica-se à Venezuela, mas com uma torção imprevista: a recorrência como farsa trágica. A “revolução bolivariana” é uma segunda escritura da revolução castrista em Cuba. O abismo entre uma e outra ilumina o íngreme declínio – político, intelectual e moral – da esquerda.

Cuba é um fracasso, como reconheceu o próprio Raúl Castro, mas pertence à era da utopia revolucionária socialista. Fidel e Che edificaram uma tirania prometendo reinventar a vida econômica e a sociedade. Fiéis à tradição comunista, devotaram-se até mesmo à criação do “homem novo”, a mais perigosa das ambições totalitárias.

A farsesca Venezuela chavista, por outro lado, fracassou sem jamais adotar um modelo socialista. Hugo Chávez ergueu um capitalismo de Estado baseado nas rendas petrolíferas, cultivou uma “boliburguesia” (os empresários “bolivarianos”) e, por intermédio de Lula, inscreveu o país na Internacional da Corrupção capitaneada pela Odebrecht.

A utopia castrista aqueceu a esquerda, especialmente na América Latina, oferecendo-lhe um santuário e permitindo-lhe ignorar as lições do stalinismo soviético. Contudo, a revolução sem utopia na Venezuela também contou com o suporte dos líderes políticos e dos arautos intelectuais da esquerda.

O Brasil do lulopetismo e a Argentina kirchnerista, além de atores menores, como a Bolívia de Evo Morales e a Nicarágua de Daniel Ortega, cercaram o regime chavista com uma rede de proteção diplomática que contribuiu para sua escalada autoritária. Menos conhecida é a atração exercida pela “revolução bolivariana” sobre a chamada “nova esquerda” europeia.

“Há 14 anos, seis milhões eram pobres; hoje, seis milhões de pessoas têm direitos – e esta é a grande contribuição de Chávez”, proclamou Alexis Tsipras, chefe do Syriza grego, em 2013, nos funerais do caudilho.

Na mesma época, durante um ato público em Madri, Pablo Iglesias, fundador do partido espanhol Podemos, definiu-o como “a democracia dos de baixo”, “a democracia das maiorias sociais”, enquanto Jeremy Corbyn, líder esquerdista do Partido Trabalhista britânico, celebrou-o como “uma inspiração para todos nós”. No mês seguinte, saudando o discutível triunfo eleitoral de Nicolás Maduro, Jean-Luc Mélenchon, o porta-bandeira da esquerda radical francesa, também empregou a palavra “inspiração”.

O regime chavista tem um componente civil e um militar. A aliança repousa sobre a corrupção institucionalizada. A fidelidade da cúpula das Forças Armadas deriva da cessão de lucrativos negócios aos militares, que ficaram encarregados da importação de alimentos e extraem rendas especulativas da manipulação do sistema de câmbio duplo. Bernie Sanders, o ex-candidato esquerdista do Partido Democrata americano, distinguiu-se honrosamente de seus companheiros europeus em 2016, quando qualificou Chávez como “um ditador comunista morto”.

Na Cuba castrista, implantou-se a ditadura na sequência imediata de uma revolução democrática que contou com extenso apoio popular. Nada justifica o suporte perene da esquerda à tirania cubana, mas o fenômeno encontra explicação nas loucas esperanças produzidas pelo jorro utópico inicial.

Já na Venezuela chavista, a ditadura cristalizou-se aos poucos, à medida em que o regime eleito democraticamente perdia apoio popular. “Revolução bolivariana” é só um rótulo propagandístico cunhado por Chávez: o suporte da esquerda ao regime de Caracas ilumina uma aversão fundamental às ideias de liberdade e pluralidade política.

“A esquerda no século XXI não pode ter dúvida em relação à democracia”, pontificou o petista Fernando Haddad, dias atrás, num curso de pós-graduação. É boa, mas infrutífera e um tanto hipócrita, a insistência na antiga lição, enunciada nos idos de 1975 pelo italiano Enrico Berlinguer, o secretário-geral de um Partido Comunista que rompia com Moscou, rejeitava a invasão soviética da Tchecoslováquia e proclamava um “compromisso histórico” com o pluralismo. A farsa trágica venezuelana evidencia que, sem surpresa, a esquerda foi reprovada, uma vez mais, no teste da democracia.

Hoje, de olho em seus eleitores, Corbyn e Iglesias murmuram frases dúbias de reprovação de Maduro. Já Mélenchon, que pregou a neutralidade entre as opções de Macron e Le Pen, sai em defesa aberta do tiranete de Caracas. Dos “intelectuais de esquerda” brasileiros, figuras sempre disponíveis para assinar manifestos, não se ouve nem um débil protesto. O próprio Haddad nada faz para convencer o PT a denunciar as violências na Venezuela, enquanto Gleisi Hoffmann, a presidente do partido, anuncia seu apoio, emocionado e incondicional, à ditadura de Maduro.

Na primeira vez, Cuba, a esquerda ainda tinha um álibi precário. Na segunda, a farsesca Venezuela, perdeu o direito ao perdão. De fato, a esquerda não nutre dúvidas sobre a democracia: hoje, como antes, sua opção preferencial é a ditadura.

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

OS NEGROS NÚMEROS DO BANDO VERMÊIO

Ainda lutando para se recuperar da roubalheira durante os governos do PT, a Petrobras contabilizou prejuízos líquidos de R$ 71,2 bilhões, acumulados desde 2014.

O valor equivale a 34% do atual valor de mercado da estatal, estimado em R$ 209 bilhões, de acordo com o relatório anual endereçado aos investidores.

O ano de 2015, último do governo Dilma, responde por quase metade do rombo: R$ 34,8 bilhões.

Ao fim do desastroso ano de 2015 na Petrobras, o prejuízo acumulado era de R$ 49,6 bilhões ou 49% do seu valor de mercado, à época.

Apesar do reduzir em 10 mil o número de funcionários, a Petrobras tem mais empregados e um terço da produção da BP, Exxon e Shell.

Se reduziu o número de funcionários, a Petrobras não diminuiu seus gastos com pessoal, que saltaram em R$ 4,7 bilhões.

* * *

Se são números e fatos relativos aos governos petistas, vocês podem ficar tranquilos.

O nosso estimado colunista Goiano, especialista em dados, estatísticas e índices lulaicos, vai explicar tudinho.

Não é nada disto que a grande mídia reacionária e golpista está dizendo.

Aguardem que Goiano vai desmentir tudo isto categoricamente.

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

CENA BANÂNICA

Lula visita Alagoas no dia 22.

Será ciceroneado por Renan Calheiros, pai e filho.

Lula fará história: pela primeira vez, a Assembleia Legislativa Estadual vai homenagear um condenado à prisão por roubar o País.

* * *

Lula e Renan formam uma bela parelha.

Uma dupla que representa com perfeição o atual estágio em que se encontra a política deste país.

“Cumpanhero Renan, nóis dois semo izempro de pulítico alagoânico-banânico”

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

FOI ORDEM DELE

O Brasil criou 35,9 mil vagas com carteira assinada em julho deste ano, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta quarta-feira (9) pelo Ministério do Trabalho.

Este é o quarto mês seguido de abertura de vagas no país e o melhor resultado para julho desde 2013.

Em junho, foram criados 9.821 postos de trabalho.

* * *

Quatro meses seguidos de criação de novos empregos.

Que notícia arretada!

O nosso estimado colunista fubânico Goiano, especialista em números, índices, dados e estatísticas lulaicas, já me informou que este fantástico aumento no número de empregos foi consequência de uma ordem dada por Lula.

O ex-presidente determinou: “Que aumente a taxa de empregos!

A ordem foi dada durante entrevista de Lula a uma rádio de Chapadinha, no interior do Maranhão.

Palmas para Lula que ele merece!

Clap, clap, clap, clap!!!!

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

OS CORRUPTOS SE ENTENDEM

Em depoimento à PF, Lula disse que “Aécio Neves não pediu nenhum cargo em nenhum de seus mandatos”, referindo-se a Dimas Toledo, operador de Furnas.

Lula disse também “que năo acredita que Aécio Neves possa ter pedido qualquer cargo a algum de seus ministros em seus governos, e se pediram nunca deram ciência ao declarante sobre este pleito”.

* * *

Um mão suja lava outro mão suja.

Tudo dentro do regulamento.

Os Corruptos Passivos costumam manter cordiais relações.

“Dêxa cumigo, cumpanhero Aéço: vô quebrá teu gaio na puliça federá”

10 agosto 2017 DEU NO JORNAL

CONTINUA A BRUTAL PERSEGUIÇÃO

A Procuradoria da República no Distrito Federal e a Polícia Federal reabriram uma investigação sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por fatos relacionados ao mensalão do PT.

Em 2013, após acusações do empresário Marcos Valério, a PF abriu um inquérito para apurar pagamento de US$ 7 milhões da Portugal Telecom para o PT quitar dívidas de campanhas eleitorais.

* * *

Sequiessê uma perseguição da porra!

Um homem de ficha absolutamente limpa, um político honrado e ético, um ex-presidente que nunca recebeu qualquer propina, seja em forma de sítio, seja em forma de triplex, seja em forma de cachê por “palestras”, seja em qualquer outra forma, ser brutalmente caluniado deste jeito.

É muita injustiça.

Quem quiser saber quão grande foi e continuado sendo Lula, é só perguntar pro Ceguinho Teimoso.

9 agosto 2017 DEU NO JORNAL

RECORDANDO UM COMEDOR DE PRIQUITAS

O “socialismo” foi imposto à Venezuela há anos, mas nenhum dos artistas brasileiros defensores da ditadura bolivariana se mudou para lá.

O ator Wagner Moura preferiu a “imperialista” Los Angeles.

* * *

Por falar em artista brasileiro zisquerdóide, eu ouvi um boato dizendo que Chico Buarque vai comprar um apartamento em Havana e se mudar pra lá.

O outro boato é que Caetano Veloso já está de mudança pra Caracas. Dizem que ele vai morar ao lado do palácio de seu ídolo, o Nicolás Maduro.

Alguém sabe algo sobre isto?

Enquanto aguardo alguma resposta de vocês, vamos recordar o saudoso e imbatível Roberto Campos.

Campos era um cabra que tinha duas grandes qualidades: avacalhava zisquerdista com uma tremenda maestria e adorava comer priquitas.

9 agosto 2017 DEU NO JORNAL

UMA PEQUENA AMOSTRA DO QUE VEM POR AÍ

Apesar de sua força política no Nordeste e de o governador do Piauí ser do PT, o ex-presidente Lula foi derrotado no seu primeiro teste nas urnas após ter sido condenado pela Lava Jato.

Lula gravou um vídeo de apoio ao candidato Jailson (PT) à prefeitura de Miguel Leão, pequena cidade do Piauí. O candidato de Lula perdeu a disputa para o candidato do PR.

A eleição suplementar ocorreu domingo porque o prefeito, o vice e o presidente da Câmara foram cassados.

No vídeo de um minuto, que acompanha a legenda “ex-presidente do Brasi”, sem a letra “L”, Lula nacionaliza a disputa.

O Jailson é do PT e você sabe que o PT sabe governar o Brasil, sabe governar Miguel Leão, por isso domingo não se esqueça, vote em Jailson”, diz ele.

Jailson recebeu 625 votos e terminou a eleição em segundo lugar.

* * *

Hum…

No interior do Piauí.

Isto é só o começo.

É apenas uma pequena amostra do que virá em breve futuro.

Este bandidão escroto vai sumir do mapa juntamente com o estabelecimento político-comercial de sua propriedade.

Aquela quadrilha que usa a sigla PT.

Tchau, seus meliantes babacas!!!

9 agosto 2017 DEU NO JORNAL

UMA PARELHA FEITA NA MEDIDA

“Eu quero ir para o PT como soldado do Lula. Eu não sou PT, eu sou Lula Futebol Clube.”

Agnaldo Timóteo, ex-deputado federal e ex-vereador

* * *

Pelo que conheço do Agnaldo Timóteo político, ele fez a escolha certa.

Certíssima.

O ex-presidente Lula e o ex-deputado Timóteo formam uma bela parelha.

Em termos de política, eles são feito pinico e urinol: a mesma coisa.

Detalhe: Agnaldo foi eleito vereador pelo Rio de Janeiro e também por São Paulo.

Nós nordestinos não temos nada a ver com isto!!!

Timóteo e Lula: dois lindos tolôtes da política de um país chamado Banânia

8 agosto 2017 DEU NO JORNAL

MAIS UMA PAJARACA NO MEIO DAS COXAS DA AMANTE

A Polícia Federal concluiu que a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo da Silva, também do PT, são culpados da prática de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, além de crime eleitoral na campanha que a levou ao Senado em 2014.

As conclusões do inquérito foram divulgadas nesta segunda-feira pela PF. O documento segue agora para o Ministério Público Federal, que pode decidir se oferece ou não denúncia contra a senadora, que tem foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal.

Segundo a PF, em fevereiro de 2016, foram apreendidos documentos na casa de uma secretária do setor de operações estruturadas – que ficou conhecido como “departamento da propina” da construtora Odebrecht -, que comprovam a corrupção da senadora e do seu marido.

* * *

A atual gerenta da empresa de propriedade de Lula, uma firma conhecida pela sigla de PT, quer igualar o recorde do seu patrão, que já é penta réu.

Enfim, pelo vulto da ladroagem que pratica, Gleisi Hoffmann – cognominada de Coxa e de Amante na lista de propinas da Odebrecht -, tem todas as condições pra exercer a gerência do bando.

Lula escolheu muito bem a nova chefa do time da bandidagem. A competência gerencial e o nível cerebral de Gleisi podem ser medidos pela defesa intransigente que ela faz do falido tiranete Nicolás Maduro, o bandidão que fudeu a Venezuela.

A fidelidade que ela mantém em relação à lógica é no mesmo nível da fidelidade que ela mantém em relação ao corno do marido dela. Ou seja, fidelidade zero.

O fato é que o manso e pacífico esposo desta galheira, o petralha Paulo Bernardo, além dos chifres que tem na testa, agora enfrenta mais uma pajaraca ensebada com vaselina pela Polícia Federal para enfiar no olho do furico.

Pelos critérios do Departamento Pixulecal da Odebrecht, Gleisi foi batizada do Coxa.

Já Aécio Neves, foi batizado de Coxinha no Departamento Corruptor da JBS.

“Que merda! Este corno Paulo Bernardo, marido de Gleisi, tem os chifres maiores que o meu!”

8 agosto 2017 DEU NO JORNAL

ME INFORMEM, POR FAVOR

O Rock in Rio faz uma venda extraordinária de ingressos para o festival, nesta terça-feira (8), a partir das 19h.

Não há informação de quantos ingressos serão postos para compra.

Eles custam R$ 455 (inteira) e R$ 227,50 (meia).

* * *

Se alguém souber o local onde os ingressos serão vendidos, por favor, me diga onde é.

Que é pra eu ficar bem longe dele.

Agradeço antecipadamente a atenção.

8 agosto 2017 DEU NO JORNAL

O CUMPANHERO/CÚMPLICE LEVA NOVA PAJARACADA NO OLHO DO FURICO

O Ministério Público Federal ofereceu nesta terça (8) duas novas denúncias contra o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

Se a Justiça aceitar a denúncia, o peemedebista passará a responder a 14 processos na Justiça Federal.

* * *

14 processos!!!

E Lula tá fazendo um esforço enorme pra alcançar esta marca.

Que pena que este número de processos de Serginho Lalau não seja 13…

Este dezena horrenda é a marca registrada daquela quadrilha que usa a sigla partidária de PT.

Se o mega-corrupto Cabral ficasse em “apenas” 13 processos, já estaria de bom tamanho.

Além de ser de bom tamanho, 13 seria um número coerente com o padrinho que ajudou a eleger Cabral, o hiper-corrupto Lula.

* * *

8 agosto 2017 DEU NO JORNAL

UM PARAÍSO LATRINO-AMERICAL BOLIVARIANO

Desde o início da crise venezuelana milhares de estrangeiros vieram para Roraima.

Dados da PF no estado apontam a constante onda migratória que segue o aumento da instabilidade política no país vizinho.

Em 2015 foram registrados 230 pedidos de refúgio de venezuelanos em Roraima.

Um ano depois esse número subiu para 2.230.

E até junho de 2017 já bateu a marca de 6.438 solicitações.

Venezuelanos amanhecem em fila para obter visto e cruzar fronteira com Brasil por Roraima

* * *

Num intendo mesmo estes venezuelanos que estão invadindo o nosso país.

Estão trocando o paraíso pelo purgatório. O certo pelo duvidoso.

Eu desconfio que eles não escutam o que dizem os militantes zisquerdistas de Banânia sobre o grande líder Maduro, herdeiro triunfante de outro grande líder, o saudoso pajarito Hugo Chávez.

Uma parelha de “estadistas” do caralho!!!

Pois as zisquerdas banânicas garantem que a Venezuela é um paraíso na terra.

Um país cheio de fartura, de riqueza e de papel higiênico. 

Prestem atenção no que vou dizer:

Ceguinho Teimoso aplaude e apoia tudo que Lula fala.

Marilena Chaui diz que quando Lula abre a boca “o mundo se enche de luz”.

Atenção, seus desinformados, escutem o que diz o grande “estadista” Lapa de Democrata sobre esta parelha de “estadistas” venezuelanos.

Escutem o vídeo abaixo e vejam que os dois, Ceguinho e Marilena, estão cobertos de razão.

É merda que só a porra, desculpem, é luz que só a porra que Lula despeja no mundo

7 agosto 2017 DEU NO JORNAL

ESTAMOS EM BANÂNIA, GENTE!

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes disse nesta segunda-feira (7) que considera o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, desqualificado e sem preparo jurídico nem emocional.

Quanto a Janot, eu o considero o procurador-geral mais desqualificado que já passou pela história da Procuradoria. Porque ele não tem condições, na verdade não tem preparo jurídico nem emocional para dirigir algum órgão dessa importância“, avaliou o ministro em entrevista à Rádio Gaúcha.

* * *

Um ministro do Supremo Tribunal Federal, órgão máximo do Poder Judiciário, esculhambando o Procurador Geral da República num entrevista de rádio.

Um retrato cagado e cuspido do nosso país nos dias de hoje.

Uma cena autenticamente banânica.

Tinha razão Olavo Bilac:

“Criança! Não verás nenhum país como este!”

Boca-de-Buceta avacalha publicamente com Cabeleira-de-Pentelho: Banânia em estado puro

6 agosto 2017 DEU NO JORNAL

UM EXAME IRREPREENSÍVEL

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, disse que a sentença em que o juiz Sérgio Moro condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e 6 meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, “é tecnicamente irrepreensível, fez exame minucioso e irretocável da prova dos autos e vai entrar para a história do Brasil“.

Ele comparou a decisão de Moro à sentença que o juiz Márcio Moraes proferiu no caso Vladimir Herzog, em outubro de 1978, quando condenou a União pela prisão, tortura e morte do jornalista.

Tal como aquela, não tem erudição e faz um exame irrepreensível da prova dos autos“, disse.

* * *

Eu desconfio que o desembargador anda acessando o JBF e leu nesta gazeta escrota quando eu falei que a sentença do Dr. Moro iria entrar para a história e que deveria ser lida pelas gerações de brasileiros que virão aí pela frente.

Vale a pena repetir o que Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz falou sobre a canetada do Dr. Sérgio Moro:

“É tecnicamente irrepreensível, fez exame minucioso e irretocável da prova dos autos e vai entrar para a história do Brasil.”

Deitou por terra todo o palavrório xaroposo de Ceguinho Teimoso sobre a condenação do seu ídolo canonizado.

Quem quiser reler a sentença-pajaraca que o nobre magistrado curitibano enfiou no furico de Lapa de Criminoso, basta clicar aqui .

Sérgio Fernando Moro, paranaense de Maringá, 45 anos, um magistrado que enche de orgulho a banda honesta e decente do Brasil

6 agosto 2017 DEU NO JORNAL

AMOR FILIAL-GUABIRUTÍFERO

Com o pai preso, filho de Sérgio Cabral ajuda agentes penitenciários.

Deputado Marco Antônio Cabral apresenta na Câmara projetos que beneficiam a categoria.

Uma das propostas prevê isenção de IR para os agentes e isenção de IPI na compra de carros.

* * *

Pensando no futuro, esta seria uma excelente ideia para os filhos de Lula.

Eles bem que poderiam se candidatar a deputado nas próximas eleições e apresentar projetos semelhantes aos que foram apresentados pelo filho do presidiário Sérgio Cabral.

Com isenção de Imposto de Renda e zero de impostos e taxas na compra de sítios e triplex.

Além de batalhar por melhorias no Presídio da Papuda feitas pela Construtora Odebrecht.

6 agosto 2017 DEU NO JORNAL

É ISTO MESMO…

A economia só vai crescer de verdade quando Lula for condenado pelo TRF-4 e afastado da disputa presidencial.

Até lá, o Brasil vai ficar parado, com Michel Temer ou sem Michel Temer.

* * *

Interessante esta notícia…

Uma teoria da porra.

Este tal de capitalismo é um bicho muito prático e objetivo.

Ôxe!

5 agosto 2017 DEU NO JORNAL

DO LADO ESQUERDO DO PEITO

O juiz Sergio Moro, nesta quinta-feira, anexou ao processo contra Lula documentos fornecidos pela Odebrecht.

Eles corroboram os relatos dos delatores sobre o pagamento de propinas para a compra do prédio do Instituto Lula e da cobertura em São Bernardo do Campo.

Diz O Globo:

Os documentos são vinculados a pagamento de propina ao PT em contratos das plataformas de petróleo PRA-1, P59 e P60; reformas na refinaria Presidente Vargas (Repar), no Paraná; e na montagem do gasoduto Gasduc III, além de valores ilícitos que foram pagos por meio do ex-ministro Guido Mantega ao publicitário João Santana e anotações onde aparece o sítio de Atibaia como assunto a ser tratado diretamente com Lula“.

* * *

Fique tranquilo, Lula.

Leia a coluna do nosso estimado Goiano e tire qualquer preocupação da cabeça.

Nosso colunista é o maior defensor que você tem nesta país.

E conte com este Editor para desmentir tudo que a grande mídia golpista diz contra você.

Amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito!!!

“Conto cuntigo, seu porra! Me defenda eu” (Montagem de João Berto)

4 agosto 2017 DEU NO JORNAL

SESSENTINHA

Carlos Alberto Sardenberg

Por R$ 60 você compra uma espécie de licença para distribuir panfletos de propaganda nos sinais de São Paulo. Você paga ao fiscal e a outras autoridades para se livrar do cumprimento da Lei Cidade Limpa, em vigor há dez anos. Com a prática desses anos todos – a prática de descumprir, claro – consolidou-se uma tabela.

Deu na CBN, em reportagem exclusiva: para distribuir panfleto, por um dia, preço de R$ 60 a R$ 100, variando conforme o bairro e, pois, o valor do prédio a ser oferecido, por exemplo. Colocar um cavalete: de R$ 110 a R$ 160. Uma faixa grande é mais cara. Pode sair por R$ 200 por dia. Como se vê, o mercado funciona.

A propina tabelada existe desde que a lei foi aprovada, atravessou esses anos todos e seguiu firme mesmo durante esse amplo e profundo processo de combate à corrupção.

Todo mundo sabia da tabela e do funcionamento: funcionários da prefeitura, pessoal de agências de publicidade, empresas. Atenção: não quer dizer que todas as ações publicitárias desse tipo (em geral, oferecer apartamentos, escritórios e veículos) sejam ilegais. Mas, falando francamente, o repórter Pedro Duran, da CBN, conseguiu “negociar” ações em diversos locais. Em algumas gravações, é impressionante a franqueza dos agentes em definir preço e condições.

Ou seja, o pessoal não tinha medo de ser apanhado.

E não deveria ter?

Olhando assim de fora, a gente imagina que sim. “Caramba”, se estão pegando os grandes lá na Lava-Jato, vão pegar os pequenos aqui” – é razoável supor que um “vendedor” de panfletos pensasse assim e resolvesse se recolher.

Mas não, a “máfia da cidade limpa”, como está sendo chamada, continuou na ativa.

Logo, devem ter pensado o contrário. Algo assim: “Estão atrás dos grandes, dos milhões, não vão se incomodar com os nossos trocados”.

Em qualquer caso, ficamos sabendo, de novo, que a corrupção organizada, tabelada e praticada diariamente no setor público, do federal ao municipal, vai do bilhão ao sessentinha.

Cobra-se a propina conforme o tamanho do negócio. O sistema é o mesmo.

A psicologia também. Políticos e empresários dos grandes continuaram operando mesmo quando colegas seus já estavam processados e presos. Assim como a máfia paulistana.

A conclusão é clara: esse sistema político e econômico não funciona sem a propina, sem o acerto com o governo, com algum governo.

E daí a conclusão que muita gente tira: não tem como eliminar toda essa corrupção, o melhor é tentar limitá-la e tolerar alguma coisa para que a vida, a economia, a política e os negócios continuem funcionando.

Errado, claro.

Só funciona para a turma que está dentro do sistema, na ponta corruptora ou corrupta. E gera uma economia ineficiente, cara, que afasta aqueles que querem ganhar a vida honestamente.

Daí a importância de intensificar o combate à corrupção. Muitos dizem: já está na hora de a Lava-Jato encerrar seus trabalhos, pois não é possível que a sociedade e o sistema político vivam sob permanente sobressalto.

Falso de novo. É o contrário.

Começa que não é a sociedade que treme diante da possibilidade de amanhecer diante de uma Lava-Jato. Não é também todo o sistema político.

É só a turma envolvida. “Só” não é bem o caso. Quando se lembra da sequencia de casos que a gente vai conhecendo todos os dias, fica claro que se teceu uma teia enorme.

Essa turma não demonstra ou não demonstrava medo até aqui porque imaginava que estávamos diante de apenas mais um surto de anticorrupção, desses que surgem quando se apanha alguma roubalheira grande. Formam-se CPIs, anunciam-se investigações rigorosas, saem algumas punições – até que o assunto vai morrendo e não se fala mais nisso. Foi assim durante esses anos todos.

A Lava-Jato começou a mudar a história ao aprofundar investigações de uma maneira persistente, tecnicamente sustentada, com zelo extremo. Muitos dizem: maneiras exageradas.

Mas, caramba, gente, se cobram até para estender uma faixa, é sinal de que exagerada se tornou a corrupção.

Nesse quadro, livrar um presidente da República, do jeito que Temer está se livrando, é dar novo fôlego a um regime baseado na corrupção. Como diria o funcionário corrupto da prefeitura: se os caras lá podem pegar malas de R$ 500 mil, vão encrencar logo com o meu sessentinha?

4 agosto 2017 DEU NO JORNAL

MORDIDAS E UNHADAS VERMÊIO-ISTRELADAS

Passa bem o Pixuleco atacado a unhadas pela deputada Maria do Rosário (PT-RS) e a dentadas por seu colega Paulo Teixeira (PT-SP).

Mas captou a mensagem: na próxima, levará seguranças com ele.

* * *

As iniciais do deputado vermêio Paulo Teixeira, o idiota mordedor de bonecos, são bem apropriadas: PT.

Partido dos Trambiqueiros.

Quanto à furiosa Maria da Novena, a psicopata petralha, aconselha-se que, ao invés das unhas, no próximo ataque de insanidade use um dedo.

Um dedo pra enfiar no furico e sair rasgando até chegar no umbigo,

Um canalha mordendo o boneco que representa outro canalha

4 agosto 2017 DEU NO JORNAL

VERGONHA NACIONAL É JOESLEY BATISTA NÃO PASSAR UM DIA SEQUER NA PRISÃO!

Rodrigo Constantino

Autor da gravação no Palácio do Jaburu do presidente Michel Temer usada na denúncia engavetada pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, o empresário Joesley Batista assistiu à sessão na companhia de executivos na sede do grupo J&F, em São Paulo. Projeções davam conta de que Temer obteria resultado favorável, ainda assim o empresário tratou o episódio como “trágico” para o país.

– O dia 2 de agosto ficará marcado como o dia da vergonha – disse Joesley a um interlocutor durante a tarde, quando o voto contra a continuidade das investigações já era maioria no placar da Câmara dos Deputados. Por meio de nota, o grupo J&F informou que não se manifestaria.

Então o GLOBO resolve dar espaço para que os leitores saibam o que Joesley Batista pensou da votação ontem?

Por que não convidar logo o Alexandre Nardoni para comentar sobre educação infantil, ou o goleiro Bruno para falar de namoro?

Por que não chamar José Dirceu para falar de corrupção? Ops! A Folha de SP fez exatamente isso…

É uma piada de mau gosto, um escárnio. Eis o que é uma vergonha nacional: Joesley Batista não ter passado um dia sequer na prisão! Joesley manter seus bilhões e poder ir para Nova York, inclusive levando seu iate novo. Joesley ter fechado um acordo de delação de pai pra filho (Janot sendo o pai), enquanto até agora não forneceu nada para efetivamente punir Lula, o maior bandido do país.

Vergonha é o viés do trabalho do próprio procurador-geral Rodrigo Janot, que despertou para o patriotismo somente após o impeachment de Dilma. Vergonha é a CVM não ter feito nada ainda após a escancarada operação criminosa no mercado de câmbio um dia antes de sair a delação de Joesley, que jogou o dólar nas alturas e rendeu milhões à JBS. Isso é uma vergonha!

No Brasil, dizem, o traficante cheira, a prostituta se apaixona, banqueiros são socialistas, cafetão tem ciúmes e os maiores corruptos recebem destaque na imprensa para condenar votação sobre corrupção. O Brasil não é um país sério…

* * *

Matéria publicada no jornal O Globo:

3 agosto 2017 DEU NO JORNAL

O RIDÍCULO VERMÊIO-ISTRELADO ELEVADO À 13ª POTÊNCIA

Conhecido pelo fino trato, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) perdeu a linha:

Arrebatou um Lula-Pixuleco das mãos de um colega e o atacou a mordidas, tentando esvaziar e rasgar o coitado do boneco.

* * *

Deputado perder a compostura e fazer merda no plenário é coisa corriqueira no parlamento banânico.

E se for parlamentar do PT (sobretudo fêmea), aí é que a falta de vergonha e de ridículo atinge altos píncaros.

Todavia, mesmo sem querer, o parlamentar petêlho Paulo Teixeira materializou o desejo de milhões de pessoas da banda decente do país: atacar Lapa de Corrupto a dentadas.

Ou a chutes e pontapés.

Tanto faz.

Importa é lavar a alma.

2 agosto 2017 DEU NO JORNAL

MISSÃO IMPOSSÍVEL

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) repudiou o apoio que seu partido expressou ao governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro. Em comunicado veiculado no Facebook, Wyllys chamou Maduro de “ditador” e criticou políticos de esquerda que se posicionaram a favor da votação da Assembleia Constituinte do último domingo.

“Maduro é um ditador e nós, da esquerda, não podemos ser cúmplices de um ditador ou ficar calados diante da censura à imprensa, a perseguição contra os opositores, os presos políticos, os torturados, os assassinados”, postou Wyllys.

* * *

A petêlha Gleisi Hoffmann não pensa assim. Ela acha que Maduro é o campeão da democracia.

Um xibungo discordando de uma xifreira.

Jean Aero Wyllys está batendo de frente com a senadora ré. Aquela que é cognominada de Amante no Departamento de Propinas da Odebrecht.

Ou seja, um briga entre canalhas zisquerdistas, uma arenga ótima pra gente assistir de camarote. 

Eu quero ver é Jean convencer o fubânico luleiro Ceguinho Teimoso de que Maduro é realmente um ditador.

Uma missão tão impossível quanto convencer Ceguinho de que Lula é corrupto.

1 agosto 2017 DEU NO JORNAL

UMA SIGNIFICATIVA PROGRESSÃO NUMÉRICA

O juiz Sérgio Moro aceitou nesta terça-feira (1º) a denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros 12 denunciados pelo caso do sítio em Atibaia, no âmbito da Operação Lava Jato.

Agora, todos são réus no processo.

Segundo o Ministério Público Federal, Lula recebeu propina proveniente de seis contratos firmados entre a Petrobras e a Odebrecht e a OAS. Os valores foram repassados ao ex-presidente em reformas realizadas no sítio, dizem os procuradores.

Conforme a denúncia, as melhorias no imóvel totalizaram R$ 1,02 milhão. O pecuarista José Carlos Bumlai, de acordo com a denúncia, também pagou parte da obra.

Apesar de o imóvel estar em nome dos empresários Fernando Bittar e João Suassuna, os investigadores da força-tarefa encontraram uma série de elementos que, segundo a denúncia, comprovam que o sítio pertence, na verdade, ao ex-presidente.

Entre eles, estão bens pessoais, roupas e indícios de visitas frequentes ao imóvel. A denúncia afirma que entre 2011 e 2016, Lula esteve no local cerca de 270 vezes.

De acordo com Moro, as provas apresentadas conseguem sustentar minimamente que Lula era de fato dono do sítio.

Os elementos probatórios juntados pelo MPF e também colacionados pela Polícia Federal permitem, em cognição sumária, conclusão de que o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva comportava-se como proprietário do Sítio de Atibaia e que pessoas e empresas envolvidas em acertos de corrupção em contratos da Petrobrás, como José Carlos Cosa Marques Bumlai, o Grupo Odebrecht e o Grupo OAS, custearam reformas na referida propriedade, tendo por propósito beneficiar o ex-Presidente”.

* * *

Ou seja, Lapa de Corrupto foi promovido de Penta Réu para Hexa Réu.

Uma promoção que, em breve futuro, chegará à dezena 13, um número perfeitamente compatível com o maior, o mais poderoso, o mais atuante e o mais importante embolsador de pixulecos que Banânia já teve.

Lapa de Enganador merece os nossos mais efusivos parabéns!

Não custa nada ressaltar este detalhe: Dr. Moro não formulou a denúncia.

O meritíssimo, que Lula classificou de “Czar“, apenas “aceitou a denúncia“, conforme diz a notícia aí em cima.

Vamos celebrar esta notícia novidade (excelente para a banda honesta do Brasil, não custa nada ressaltar…) com música.

Uma música em homenagem ao homem que empata com Jesus Cristo em termos de honestidade.

Canta, moçada!!!

1 agosto 2017 DEU NO JORNAL

É MUITA REZA

O papa Francisco, líder máximo da Igreja Católica, pediu, em mensagem endereçada a jovens brasileiros e tornada pública nesta terça-feira, que lutem contra a corrupção.

“Não tenham medo de lutar contra a corrupção e não se deixem seduzir por ela. Vocês podem redescobrir a criatividade e a força para serem protagonistas de uma cultura de aliança e gerar novos paradigmas que venham a pautar a vida do Brasil.”

* * *

Meu caro colega Papa Chiquinho não precisa se preocupar.

Aqui em Banânia tem dois católicos fervorosos, dois religiosos que fizeram votos de castidade e pureza, que rezam o dia todo pedindo pra acabar com a corrupção.

Desde a primeira eleição de Lula que Frei Leonardo Boff e Frei Betto rezam 13 horas por dia, ajoelhados em caroços de milho, pedindo pra cumpanherada parar de roubar.

Fique tranquilo, Chiquinho!

Dois rezadores arretados!

1 agosto 2017 DEU NO JORNAL

NA MOITA

O ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, que é um dos alvos da 42ª fase da Lava Jato, disse em depoimento à Polícia Federal (PF) que se encontrou com Emílio Odebrecht, dono do Grupo Odebrecht, em um “local oculto“.

Bendine relatou que se encontrou também com André Gustavo, outro alvo da 42ª etapa da operação, e Fernando Reis, ex-executivo da Odebrecht e delator da Lava Jato.

* * *

Bendine, mais conhecido como “Queridinho da Dilma“, adora um lugar oculto.

Sobretudo pra esconder propina.

Ele já não aguenta mais enfiar tanto dinheiro no furico.

Segundo apurou o Departamento de Fuxicos do JBF, este “lugar oculto” que ele citou no depoimento de ontem é o Sítio de Atibaia, já que no triplex do Guarujá daria muito na vista.

1 agosto 2017 DEU NO JORNAL

DEMÊNCIA OU CANALHICE

Rodrigo Constantino

“Os marxistas inteligentes são patifes; os marxistas honestos são burros; e os inteligentes e honestos nunca são marxistas.” (J.O. Meira Penna)

O mundo acompanhou em choque as lamentáveis cenas da “eleição” na Venezuela este fim de semana, com extrema violência do regime ditatorial de Maduro para levar no grito. Mais gente inocente morreu, como vem acontecendo há meses desde que o socialista intensificou a opressão para se manter no poder. A Venezuela já é uma ditadura socialista, e até mesmo jornais moderados ou com viés de esquerda já reconhecem o fato inegável.

Mas se a realidade é evidente para quase todos, ainda há aqueles que precisam insistir na mentira, na deturpação, na narrativa de “combate ao imperialismo” para sustentar sua ideologia nefasta. Fossem os socialistas preocupados com os fatos e já teriam abandonado o socialismo faz tempo: há um século que essa utopia terrível vem espalhando apenas miséria e terror no mundo. Mas o “socialismo do século XXI” seria diferente. Não foi. Talvez na próxima tentativa…

E, enquanto o mundo acorda para mais esse retumbante fracasso dos métodos socialistas, os devotos da seita ou os oportunistas fazem de tudo para justificar o injustificável e salvar o bebê de Rosemary. Os “isentões”, como os tais jornais “moderados”, atacam o regime de Maduro, mas fazem de tudo para poupar o socialismo. É mais raro encontrar a palavra “socialista” nas reportagens sobre o caos venezuelano do que petista honesto. É como se não houvesse causa e efeito entre as medidas socialistas e os resultados desastrosos.

Já os mais fanáticos e canalhas nem isso aceitam. Criticar Maduro, para eles, seria fazer concessões indevidas aos inimigos, aos “imperialistas”, aos “burgueses”, aos “capitalistas”. Essa gente parou no tempo, não viu nada do que se passou nos últimos 100 anos, e segue o mesmo discurso marxista e leninista do passado. É constrangedor, mas serve para mostrar o poder de destruição cerebral de uma ideologia, ou a falta de caráter de quem busca nessa seita um caminho oportunista para seus interesses.

É o caso de Emir Sader, o bufão da extrema-esquerda brasileira. Eis o que ele escreveu:

E os milhões de venezuelanos que sofrem sob o regime opressor, sem liberdade, sem democracia, sem pão e segurança? Eles que se danem, não é mesmo, Sader? O “pensador” socialista, em artigo recente no Brasil171, liga sua metralhadora giratória contra a “direita” no poder, e inverte absolutamente tudo, culpando os outros por aquilo que o seu PT fez com o país:

A economia do país está parada. É exatamente o que o capital especulativo quer. Inviabilizar qualquer projeto de desenvolvimento econômico para o país, mostrar que seu destino é a estagnação.

Destruir o Estado é parte inerente do projeto de restauração neoliberal. Liquidar com o patrimônio público, com qualquer capacidade de regulação estatal, de proteção que o Estado oferecia aos trabalhadores, resguardando seus direitos, é o sonho do grande empresariado nacional e estrangeiro desde 2003.

Promover o maior desemprego a história do país é indispensável para deixar os trabalhadores desamparados e na defensiva para defender seus direitos, disponíveis para o que quer a nova legislação do trabalho – negociar em quaisquer condições, aceitar salários miseráveis por promessas de manutenção do emprego.

E por aí ele vai, fingindo esquecer ou não saber que foi o PT que causou a maior recessão da nossa história, que destruiu as empresas estatais, transformando-as em lotes para vantagens a grandes empreiteiros em troca de propinas, que acabou de vez com a educação pública, que engessou o mercado de trabalho produzindo 15 milhões de desempregados etc. Sader segue Lenin e acusa os inimigos daquilo que eles, os socialistas, fizeram.

Mas Sader não está só. Existem vários como ele espalhados por aí, nas universidades, na mídia, na política e nas igrejas. Até mesmo no judiciário! E também no exterior, claro. Os portugueses não podem reclamar: eles também têm o seu Emir Sader. Atende pelo nome Boaventura Souza Santos. Já falei dele aqui no blog antes. Trata-se de um completo maluco ou, o que é mais provável, de um rematado canalha. Em texto recente, saiu em defesa de Maduro, como se fosse o mesmo que defender a Venezuela e os venezuelanos:

A situação foi-se deteriorando até que, em dezembro de 2015, a oposição conquistou a maioria na Assembleia Nacional. O Tribunal Supremo suspendeu quatro deputados por alegada fraude eleitoral, a Assembleia Nacional desobedeceu, e a partir daí a confrontação institucional agravou-se e foi progressivamente alastrando para a rua, alimentada também pela grave crise económica e de abastecimentos que entretanto explodiu. Mais de cem mortos, uma situação caótica. Entretanto, o Presidente Maduro tomou a iniciativa de convocar uma Assembleia Constituinte (AC) para o dia 30 de Julho e os EUA ameaçam com mais sanções se as eleições ocorrerem. É sabido que esta iniciativa visa ultrapassar a obstrução da Assembleia Nacional dominada pela oposição.

A narrativa de sempre: um povo pobre e oprimido que quer apenas sua autonomia, enquanto os “imperialistas”, com suas multinacionais, não permitem. De preferência os malditos ianques. Não vem ao caso o fato de que os americanos foram e são os maiores compradores de petróleo da Venezuela, irrigando o caixa do regime que vem oprimindo a população, matando inocentes, destruindo tudo.

O texto abjeto de Boaventura foi compartilhado com animação pelo “Jornalistas Livres”, mostrando que os comunistas não desistiram da tática de inverter sempre o sentido das palavras. Como sabia Orwell, liberdade quer dizer escravidão para essa gente, paz quer dizer guerra, e tolerância quer dizer intolerância. Não é por acaso que o regime mais fechado, brutal, opressor e assassino do mundo hoje é comunista e se chama “república popular democrática” da Coreia do Norte. Bolívar Lamounier chegou a desabafar em sua página do Facebook:

Diante de tanta canalhice por parte desses socialistas, fica até difícil manter a postura elegante, civilizada e liberal de defender a liberdade de expressão. Sabemos que é o certo e o melhor, e que mesmo os néscios e os cafajestes devem ter o direito de expor suas imbecilidades e mentiras. É o que nos diferencia deles, entre tantas outras coisas.

Mas confesso que bate aquela vontade de deixar o lado mais autoritário falar um pouco mais alto e defender a extradição forçada de todos os defensores de Maduro para a própria Venezuela. Até porque pela ótica deles seria um favor, como mandar um “coxinha” para Miami. O fato de que jamais aceitariam se mudar para o país socialista apenas comprova como são hipócritas, pois sabem, no fundo, que o “paraíso” que pregam é um inferno!

1 agosto 2017 DEU NO JORNAL

IMPIEDADE

O juiz federal Sergio Moro decidiu nesta segunda-feira converter em prisão preventiva, ou seja, sem prazo para terminar, a prisão temporária do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine.

O ex-executivo das estatais está detido em Curitiba desde a quinta-feira passada, quando foi deflagrada a Operação Cobra, 42ª fase da Lava Jato.

Bendine é acusado pelo Ministério Público Federal de ter recebido 3 milhões de reais em propina da Odebrecht em 2015.

“Pela análise probatória, forçoso reconhecer a presença dos pressupostos da preventiva, boa prova de materialidade e de autoria, de crimes de corrupção ou concussão, lavagem e associação criminosa”, enumera o magistrado.

* * *

Este juiz chamado Sérgio Moro é muito cruel e insensível.

Ele não pode ver um ladrão, um corrupto, um pixulequeiro, um comedor de dinheiro público, que ele fica logo puto.

Puto e pronto pra exercer sua fúria canetífera.

Lula tem razão: Moro é um “Czar” impiedoso.

Se continuar assim, não tem esquema ladroatífero neste país que resista.

31 julho 2017 DEU NO JORNAL

IMPOSSIBILIDADE DEDÁLICA

O Ministério Público Federal apresentou nesta segunda-feira (31) recurso contra a sentença que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em processo da Operação Lava Jato.

O juiz Sérgio Moro condenou o ex-presidente a 9 anos e 6 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em razão do triplex no Guarujá. Mas absolveu Lula das acusações envolvendo o armazenamento do acervo presidencial.

A força-tarefa pede aumento da pena aos réus do processo e também a condenação de Lula, do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro e de Paulo Okamoto, presidente do Instituto Lula, em relação ao armazenamento do acervo presidencial.

Segundo o MPF, o serviço foi pago pela OAS. 

“A assunção das despesas do ex-presidente Lula pelo Grupo OAS, representado pelo executivo Léo Pinheiro, estava maculada, desde o início, por interesses espúrios e foi praticada com clara intenção criminosa, notadamente a corrupção passiva do ex-presidente Lula e a sua atuação, em diversas frentes, em favor do grupo empresarial”, diz o recurso do MPF.

* * *

Pela brilhante e  bem fundamentada argumentação do deputado Jean Aero Wylys, este aumento de pena só seria possível se Lula fizesse implante de dedos.

Ou se o Dr. Moro, aquele juiz que veste ternos pretos cafonas, levasse em conta os dedos dos pés do ex-presidente para aumentar a pena de Lula.

Segundo o fubânico lulista Ceguinho Teimoso, Jean Aero Wylys é um zisquerdista inteligente e lúcido, um perfeito representante do pensamento petêlho-lulaico da atualidade banânica.

E, em assim sendo, o pedido de aumento da pena não tem qualquer base na Ciência Jurídica Vermêio-Bananal.

31 julho 2017 DEU NO JORNAL

ELA GOSTAVA DELE

Tratado por “Dida” pelos amigos mais íntimos, como Dilma Rousseff, Aldemir Bendine assumiu a presidência da Petrobras cheio de moral: a própria ex-presidente o anunciou para o cargo como alguém capaz de “resolver o problema” da estatal dilapidada nos governos do PT.

Na ocasião, a operação Lava Jato estava em curso havia 11 meses, e já havia revelado grande parte da extensão do roubo bilionário na estatal.

Ao escolher Bendine, no Alvorada, em reunião que varou a madrugada, Dilma fixou-se em seu nome “palatável ao PT” e ao mercado.

Quando alguém queria saber por que foi o escolhido, ministros tinham única resposta: “Dilma gosta dele”.

No BB, o sedutor Bendine financiou um Porsche para a amiga íntima Val Marchiori. E levou Daniela Mercury para festa no banco.

Ele foi anunciado por Dilma como “salvador” da Petrobras.

* * *

Segundo apurou o Departamento de Fuxicos do JBF, Dilma mandou um pacote de papel higiênico de presente pra Bendine.

A mercadoria era do antigo estoque da loja de artigos 1,99 que a Vaca Peidona conseguiu falir em Porto Alegre.

Agora o Corrupto Passivo dos governos petralhas vai limpar o furico com um papel de segunda, depois que obrar de coca no boi da prisão.

Uma parelha que esteve à altura da administração de um partido que é de propriedade do Lula

31 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA QUANTIA BOLIVARIAL DE DÓLARES

Os EUA congelaram US$ 500 milhões em dinheiro e ativos do vice-presidente da Venezuela, Tareck El Aissami.

O bloqueio reforça a pressão que Washington exerce sobre o governo de Nicolás Maduro na tentativa de forçá-lo a respeitar a oposição, convocar eleições e libertar presos políticos.

“Os recursos passaram a ser bloqueados em fevereiro, quando o Departamento do Tesouro designou El Aissami como narcotraficante internacional”, disse Michael Fitzpatrick, subsecretário assistente para o Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado.

Segundo ele, os ativos são fruto do tráfico de drogas e de corrupção.

Vice-presidente Tareck El Aissami e Nicolás Maduro

* * *

500 milhões. 

De dólares.

Oriundos da corrupção e do tráfico de drogas.

Transformando isto em reais, ultrapassa um bilhão.

É dinheiro pra caralho!!!

Bem mais que os 9 milhões que Lula tem aplicados na BrasilPrev.

Aqui na América Latrina, dirigente zisquerdista ladrão (me perdoem a redundância…) só bota pra arrombar a tabaca de Xolinha.

Enquanto isto, continua o silêncio tumular das zisquerdas de Banânia sobre a deprimente situação vivida pelo povo venezuelano, atravessando em massa a fronteira pra procurar refúgio, paz, emprego e comida em nosso país.

31 julho 2017 DEU NO JORNAL

ESTE CARA NÃO EXISTE

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, advertiu nesta segunda-feira (31) em discurso que medidas poderão ser tomadas contra o Parlamento, a Ministério Público, os líderes da oposição e os meios privados.

Foi seu primeiro discurso após a eleição da Assembleia Nacional Constituinte proposta por ele próprio, um discurso bastante duro contra quem se opôs à redação de uma nova Constituição para o país.

Em ato televisionado, Maduro assegurou que a Assembleia Nacional assumirá suas funções nas próximas horas e “retirará a imunidade parlamentar de quem tiver que retirar”, agirá contra a “burguesia parasitária” para solucionar a crise econômica e assumirá o comando da Promotoria “para que haja Justiça”.

* * *

Ameaçou a imprensa, o legislativo e a oposição.

Tão vendo agora porque ele é adorado pelas zisquerdas de Banânia???!!!

Nicolás Podre fez um pronunciamento bolivariano-petralhal que encheu de entusiasmo os cumpanheros Lula, Dilma e Gleisi Hoffmann, aquela senadora que é ré e que aparece com o codinome de Amante na lista de propinas da Odebrechet.

O mais interessante deste tal plebiscito foi que o sistema não reconheceu Maduro na hora em que o tiranete foi votar.

Este cara não existe“, declarou a maquininha de fraudar votos.

Putz…

O chefe do serviço de informática eleitoral deve ter sido preso, constitucionalmente surrado e enjaulado nas prisões políticas que Maduro garante que não existem.

“Parabém, cumpanhero Maduro: tu sois um izempro pra nóis”

30 julho 2017 DEU NO JORNAL

UMA ESPERA ANGUSTIANTE

Cresce a certeza, entre investigadores, de que Lula vai se complicar para explicar os R$ 9,6 milhões em suas contas.

Afinal, em sua última declaração disponível na Justiça Eleitoral, em relação à eleição de 2006, quando ele se reelegeu, Lula declarou R$ 839 mil.

* * *

Por falar nos nove milhões de propriedade do Nove Dedos, se alembrei-me da uma mensagem que enviei ao Instituto Lula, solicitando uma ajuda, uma caridade, para tirar o JBF da miséria.

Foi no domingo passado, dia 23.

Mandei a mensagem e até hoje, uma semana depois, não mereci ainda a gentileza de uma resposta.

Presumo que seja o excesso de trabalho que mantém ocupado o magnífico batalhão de assessores comandados pelo íntegro e ético Paulo Okamoto.

Imploro aos leitores fubânicos que são petistas que intercedem junto ao Instituto Lula para que o meu pedido seja atendido.

Quem quiser ver a cópia da mensagem que mandei para esta gloriosa instituição banânica, um instituto que muito honra a história da nação, basta clicar aqui.

Chupicleide, secretária de redação do JBF, com nove meses de salários atrasados, espera angustiadamente uma resposta favorável do Instituto Lula ao apelo do Editor desta gazeta em estado de miséria

30 julho 2017 DEU NO JORNAL

NÃO VERÁS MESMO!!!

A força-tarefa da Operação Cobra, 42ª fase da Lava Jato deflagrada nesta quinta-feira, 27, reconstituiu todos os passos do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras, Aldemir Bendine, desde junho de 2014, quando ele deu início ao seu objetivo de tomar propina da Odebrecht.

A investigação mostra que Bendine se reuniu com o empresário Marcelo Odebrecht na sede do Banco do Brasil, que fica no mesmo prédio ocupado pelo escritório da Presidência da República em São Paulo, na Avenida Paulista.

* * *

Um Corruptor Ativo do porte de Marcelo Odebrecht – o queridinho de Lula -, se reunindo com um Corrupto Passivo do calibre de Bendine – o queridinho de Dilma -, no escritório da Presidência da República.

Escritório que ficava no mesmo prédio onde estava instalada a sede do maior banco estatal, do qual Bendine foi presidente.

Fato acontecido no tempo em que a Presidência da República era gerenciada pelo PT.

Uma cena autenticamente banânica.

Tinha razão Olavo Bilac:

29 julho 2017 DEU NO JORNAL

SÉRIA QUE SÓ A PORRA!

Dilma Rousseff depôs ontem em favor de Gleisi Hoffmann, no processo em que a senadora ré no STF é acusada – junto com Paulo Bernardo – de ter recebido 1 milhão da Odebrecht para a campanha em 2010.

A ex-presidente disse sobre a amiga o seguinte:

“A senadora é uma pessoa bastante séria”

* * *

Na verdade, Gleisi Hoffmann, a presidente do PT que é ré – aquela que é cognominada de Amante na lista de propinas da Odebrechet – é uma pessoa pra lá de séria.

Ela é mais séria do que um porco mijando.

Não ri nem quando está botando chifres em Paulo Bernardo.

28 julho 2017 DEU NO JORNAL

COMO IDENTIFICAR UM CORRUPTO HONESTO

“Certeza da minha honestidade é que não depositei na Suíça”, diz Lula

* * *

Lapa de Honesto está se referindo aos noves milhõeszinhos que tem aplicado na BrasilPrev e que a justiça bloqueou.

Dedução lógica:

Você pode engolir 9 ou 900 milhões de propina. Não importa.

Se depositar na BrasilPrev, e não na Suiça, não tem problema.

Você é honesto!!!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa