5 novembro 2017 DEU NO JORNAL

UM PRIQUITO NA DISPUTA PRESIDENCIAL

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), aliado do PT em todas as eleições presidenciais desde a redemocratização, anunciou neste domingo que terá candidatura própria à presidência.

Em nota, a legenda lançou o nome de Manuela D’Ávila, ex-deputada federal e hoje deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, como pré-candidata ao pleito de 2018.

* * *

Profetizando e antecipando a candidatura de Manuela, o colunista fubânico Joselito Muller deu um furo mundial (clique aqui para ler) no mês de setembro passado e anunciou que a nossa linda comunistinha será apoiada pelo democrático e liberal presidente norte-coreano Kim Kagador Jong Un.

É motivo de júbilo para a Editoria do JBF termos uma buceta vermêia, com foice e martelo, disputando a presidência deste nosso país surpreendente.

Fiquei feliz que só a porra com a notícia.

Afinal, uma assombração feito Marina Silva não dá pra ser levada como sendo uma espécime do reinado fêmeo.

Fiquei tão feliz com esta notícia que vou dar uma de inxirido e vou me amostrar um pouco.

Vou botar nesta postagem um vídeo que gravei há algum tempo, a pedido de um blog que era editado aqui no Recife.

Já que vamos ter uma bela bacurinha disputando com Lula e Bolsonaro a presidência da República Federativa de Banânia, aqui vai um vídeo cujo tema é a buceta e alguns dos seus sinônimos.

5 novembro 2017 DEU NO JORNAL

OS DOGMAS IDEOLÓGICOS SÃO MAIS HORRIPILANTES NA BOCA DE UM PICARETA CORRUPTO

A inesperada cirurgia do presidente Michel Temer gerou uma notícia positiva: poupou o Brasil da visita do presidente cocaleiro da Bolívia, Evo Morales, que surrupiou uma refinaria da Petrobras, onde os brasileiros otários investiram mais de R$5 bilhões.

Pior: o afano contou com a anuência do então presidente Lula, conforme ele mesmo lembrou ao ser visitado por integrantes do governo boliviano.

Com a cirurgia, a visita de Morales foi “adiada”. A nova data não foi definida.

O Brasil desperdiçou na refinaria boliviana dinheiro suficiente para construir ao menos 770 escolas de grande porte e 230 hospitais.

Em vídeo com o vice-presidente boliviano, Lula contou ter sido avisado por Morales, ainda candidato, que nos tomaria a refinaria da Petrobras.

Lula até elogia adversários no vídeo, ao afirmar que a “elite retrógrada” não aceitaria, como ele aceitou, a tunga da refinaria de R$5 bilhões.

*  *  *

E ainda tem neguinho que diz querer este cabra safado de volta na presidência.

Só mesmo numa porra de país como este nosso é que tem gente com tamanha quantidade de bosta no oco do crânio.

A cegueira ideológica é pior do que a cegueira física.

Ceguinho Teimoso, que padece dos dois tipos de cegueira, é um exemplo perfeito e acabado.

5 novembro 2017 DEU NO JORNAL

COMPARSAS EM ALIANÇA

No plano nacional, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá martelar a tecla de que o impeachment de Dilma foi um “golpe”. Mas, quando subir nos palanques de ao menos seis estados brasileiros, o petista vai estar lado a lado com os “golpistas” que sempre atacou.

Os exemplos mais notórios são os dos senadores peemedebistas Renan Calheiros e Eunício Oliveira, que deram votos favoráveis à saída da ex-presidente, afastada por 61 a 20 no Senado em 30 de agosto de 2016. Mas não é só nas Alagoas de Renan ou no Ceará de Eunício que as conversas entre petistas e peemedebistas estão aceleradas para alianças nas eleições de 2018. Além desses dois, há negociações em Minas Gerais, Piauí, Sergipe e Paraná.

O ex-presidente Lula ao lado do senador Renan Calheiros e do governador de Alagoas Renan Filho

* * *

Os dois são tolôtes do mesmo pinico.

PT e PMDB são feito suvavo e axila: a mesma coisa.

E, com o eleitorado que nós temos em Banânia, vocês podem ter certeza que estas duas quadrilhas vão fazer sucesso nas urnas.

A dupla de réus por corrupção, Lula e Renan, vai festejar com muita alegria.

E Ceguinho Teimoso faz festejar mais ainda esta “aliança política pela governabilidade”

5 novembro 2017 DEU NO JORNAL

O SAGRADO DIREITO DE FUDER

O deputado federal Francisco Floriano (DEM-RJ) levou a mulher, uma irmã e um filho do traficante Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, além das esposas de outros dois criminosos, para uma audiência com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, em julho deste ano.

Na ocasião, o parlamentar pediu a Torquato que revogasse a proibição de visitas íntimas nos presídios federais de segurança máxima, decretada dois meses antes pelo governo federal.

* * *

Vocês leram a notícia direitinho, num é?

Pois é. É isto mesmo que tá escrito.

Esposas, filhos e parentes de traficantes presos tendo audiência com um Ministro de Estado. O Estado de Banânia, claro.

Uma audiência pra exigir do ministro o direito dos presos fuderem suas fêmeas no cárcere.

Os zisquerdoides puxadores de fumo, cheiradores de ervas e defensores da liberação das drogas, devem ter achado o máximo esta importantíssima inciativa da companheirada que milita pela justa causa social dos traficantes.

Sabem o que é que eu acho?

Eu acho é pouco!!!

Um detalhe interessante: este depu-fede Floriano é sócio de Edir Macedo e fundador da Igreja Universal do Queiro do Reino.

E, pra abrilhantar mais ainda seu prontuário, ele também é fundador da igreja do trambiqueiro Valdemiro Santiano. 

Deputado Francisco Floriano em pose especial para o JBF, enviando um sorriso para os leitores fubânicos

4 novembro 2017 DEU NO JORNAL

EFEITO CASCATA EM PROPORÇÃO BANÂNICO-BOSTÍFERA

Assembleias estaduais e Câmaras municipais do Brasil estão usando uma decisão do Superior Tribunal Federal para soltar parlamentares presos por suspeita de corrupção.

O ato é criticado por juristas que classificam as ações como abusivas.

Recentemente, em Mato Grosso o deputado estadual Gilmar Fabris foi solto depois que Assembleia Legislativa de Mato Grosso votou pela soltura dele.

Deputados e vereadores têm sem beneficiado pelas medidas.

A decisão do STF diz que as medidas cautelares aplicadas contra os parlamentares presos podem ser derrubadas pelos legislativos estaduais e municipais. A determinação gerou consequências logo em seguida.

O caso mais emblemático é do senador Aécio Neves. O STF decidiu que as punições impostas contra ele, como a obrigatoriedade de ficar em casa à noite e a perda do mandado, teriam que ser autorizadas pelo próprio Senado.

O resultado: o Senado rejeitou as punições e Aécio voltou a exercer livremente as funções dele.

* * *

Eu só não vou chamar esta nação banânica de cabaré porque irei ofender as putas, uma nação de gente trabalhadora que ganha a vida honestamente. Dando duro e levando duro.

Agora, pra completar a esculhambação, só faltar Lula ser eleito ano que vem e nomear seu aliado Renan Calheiros para ser ministro da justiça.

Nóis merece!!!!!!!!!!!!!!!!

3 novembro 2017 DEU NO JORNAL

IGUALDADE

Brasil caiu para a 90ª posição em ranking do Fórum Econômico Mundial que analisa a igualdade entre homens e mulheres em 144 países.

* * *

A igualdade total entre homem e mulher só será possível no dia em que fêmea levar dedada no furico pra examinar a próstata e macho ficar grávido.

Enquanto isto não acontecer, o resto é tertúlia flácida para adormecer bovino.

2 novembro 2017 DEU NO JORNAL

UMA REFORMA FUCINHAL QUE VAI CUSTAR CARO

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, desistiu nesta quinta-feira do pedido que fez ao governo para ganhar o salário integral do cargo, o que elevaria seus vencimentos mensais para R$ 61,4 mil, já que ela também recebe como desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça da Bahia.

A ministra comunicou a desistência por meio de nota depois da repercussão negativa após entrevista dada à Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo – que revelou o caso -, na qual ela justificou o pedido de acúmulo de vencimentos porque o cargo que ocupa impõe gastos extras como se “vestir com dignidade” e “usar maquiagem”.

Luislinda recebe R$ 30,5 mil como desembargadora aposentada. Como ministra, o salário seria de R$ 30,9 mil, mas, para não ultrapassar o teto constitucional de R$ 33,7 mil – o mesmo de um ministro do Supremo Tribunal Federal -, ela recebe do governo apenas R$ 3,2 mil.

Ela disse que não se arrepende de ter comparado seu caso ao trabalho escravo na petição encaminhada ao governo para receber o salário integral de ministro. “Todo mundo sabe que quem trabalha sem receber é escravo”, diz.

* * *

Ela merece receber os dois salários.

Eu acho que este é um caso único e ela precisa embolsar os dois vencimentos pagos pelo Erário.

Pra ser realizada uma remodelagem piramidal no fucinho dela e fazê-la voltar a parecer com gente, vai ser preciso muito dinheiro.

Muito dinheiro mesmo.

Olha só o tamanho da assombração que é a cara desta papa-figa e vejam se não tenho razão:

2 novembro 2017 DEU NO JORNAL

É BILHÃO QUE SÓ A PESTE

A balança comercial brasileira registrou superávit de 5,2 bilhões de dólares (17 bilhões de reais) em outubro, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).

O resultado é o melhor já registrado para meses de outubro desde o início da série histórica, em 1989.

* * *

Segundo informa o fubânico Ceguinho Teimoso, especialista em números, dados e estatísticas, estes expressivos bilhões, tanto quanto a diminuição do desemprego, foram frutos direto de uma ordem dada por Lula.

Eu, que não entendo porra nenhuma deste assunto, fiquei voando.

Vocês que me expliquem, por favor. 

1 novembro 2017 DEU NO JORNAL

UMA DECLARAÇÃO BANÂNICA

“Todo mundo sabe que o comando da PM no Rio é acertado com deputado estadual e o crime organizado. Comandantes de batalhão são sócios do crime no Estado.”

Torquato Jardim,  Ministro da Justiça.

* * *

O Ministro da Justiça do governo federal dizendo o que pensa sobre a administração do setor de segurança num governo estadual.

Isto é Banânia em estado puro.

Puríssimo!

1 novembro 2017 DEU NO JORNAL

ESSE GOSTA DE BICHOS

O ministro Ricardo Lewandowski (STF) caiu e se machucou, ontem, fazendo o que mais lhe dá satisfação: passear os cães.

Sentindo dores, ele foi ao hospital fazer exames e descobriu fraturas nas costelas.

* * *

O ministro lulu-loso Lewandowskinho não se contenta apenas em conviver com cachorros durante seu horário de trabalho, tendo canalhas caninos togados ao seu lado.

Ele tinha que prolongar o expediente levando cachorros pra passear.

Ele não convive apenas com cachorros: tem também vaca, rato, lobisomem e petista

1 novembro 2017 DEU NO JORNAL

INVEJA LUCRATÍCIA

Lucro líquido do Bradesco recua para R$ 2,884 bilhões no 3º trimestre.

Queda foi de 26,3% em relação ao trimestre anterior, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (1º).

* * *

Quem me dera que este “recuo de lucro” fosse aqui no Complexo Midiático Besta Fubana…

Quisera eu ter um lucro de “apenas” 2,9 bilhões de reais no último trimestre.

Chega me deu-me uma assuspiração no peito.

31 outubro 2017 DEU NO JORNAL

A FRANGAGEM RACIAL CHEGA AOS ESTÁDIOS AQUI DA TERRINHA

Sport, Náutico e Santa Cruz e o Ministério Público de Pernambuco lançam nesta terça (31) a campanha “Diga Não ao Racismo”, nos estádios do Recife, em novembro, mês da Consciência Negra.

* * *

Apoio com entusiasmo esta campanha.

Já não suporto mais ouvir a torcida xingando os jogadores teuto-descendentes de “Urso” e de “Branquelo”.

Nós brancos, frequentemente discriminados, devemos apoiar esta iniciativa dos clubes pernambucanos.

30 outubro 2017 DEU NO JORNAL

UM PODE ROUBAR O OUTRO

A pesquisa do Ibope repete os números do Datafolha.

Aparentemente, Lula e Jair Bolsonaro pararam de subir.

Lula não pode roubar o eleitorado mais alfabetizado de Jair Bolsonaro, mas Jair Bolsonaro pode roubar o eleitorado mais pobre de Lula.

* * *

Esta notícia aí de cima tem uma particularidade interessante.

Em se tratando de eleições e eleitorado, o verbo “roubar” foi muito bem aplicado.

Deu certinho.

30 outubro 2017 DEU NO JORNAL

OBRIGAÇÃO MORAL E VISITA IMORAL

Na reeleição de Sérgio Cabral no Rio, em 2010, Lula tascou:

“Votar em Cabral é quase uma obrigação moral, ética, política”.

Agora réu 15 vezes na Lava Jato, Lula não o visitou uma vez sequer na cadeia.

* * *

Segundo apurou o Departamento Penitenciário do JBF, foi o próprio Cabral que pediu pra Lula não ir visitá-lo.

O prisioneiro multi réu Cabral alegou que uma visita do ainda solto poli réu Lula iria sujar ainda mais a sua ficha imunda.

29 outubro 2017 DEU NO JORNAL

UMA LINDA CENA

Ladrão tenta roubar mulher e acaba espancado por moradores com pedaços de paus no Ceará.

Criminoso tentou fugir na moto, mas acabou sendo pego pelos moradores.

* * *

Este fato se deu na bela cidade cearense de Sobral

A deputada petralha Maria do Rosário, defensora dos Direitos dos Manos e batalhadora incansável pela causa da bandidagem e dos ladrões (do partido dela ou não), fica puta de raiva com este tipo de notícia.

E, consequentemente, lógico, em ficando ela puta (êpa!), nós da banda decente do Brasil ficamos muito alegres e contentes.

Se ela acha ruim, a gente acha ótimo!

Ver ladrão levando cacete é uma cena pra levantar o astral de final de semana de qualquer cidadão.

Quem quiser ver o vídeo da surra que o larápio levou, clique aqui.

28 outubro 2017 DEU NO JORNAL

A POLITIZAÇÃO DO CRIME

Nelson Motta

Sinto pena, respeito e até admiração pelos bravos deputados e deputadas que formam a pequena minoria pluripartidária que mantém a integridade e não se alia ao presidente indecente e seus ministros sinistros, nem à imensa banda podre multipartidária, dos réus e indiciados na Lava-Jato, empenhados em salvar a pele e, se possível, faturar algum em espécie, ou conseguir um cargo e nomear alguém para lhes servir. Senão, para que servem os cargos, não é mesmo?

Eles são tão venais que, se Dilma tivesse distribuído os bilhões de reais em emendas e os cargos que Temer lhes deu, certamente não teria caído, mesmo tendo quebrado o país e mentido criminosamente para ser reeleita.

Até Collor, se tivesse molhado as mãos suadas e ávidas dos geddéis e valdemares, que na época talvez tivessem outros nomes, mas eram os arquétipos de sempre, teria escapado do impechment; afinal, as patifarias de PC Farias hoje iriam para o Juizado de Pequenas Causas.

Claro, entre os bandidos estão muitos dos mais inteligentes, que podiam prestar ao país os serviços para que foram eleitos, mas aderiram ao lado escuro da força. Por isso, o “Axioma de Ulysses”: “O próximo Congresso será sempre pior do que o anterior”. Muitos novos honestos que entram acabam se corrompendo, e não se conhece caso de ladrão velho que se regenere.

Mas entre os bons e maus, há os burros e inteligentes. Na votação das denúncias da PGR contra Temer na Câmara, a minoria votou contra pelos motivos errados: por tentar fazer reformas indispensáveis. A maioria votou a favor pelas piores razões: se a economia melhorou, então tudo é permitido. Rouba mas faz 2.0.

Como sabem que nunca serão presos, mesmo dando corridinhas ridículas com malas de dinheiro, mesmo gravados pedindo dinheiro emprestado a um bandido, mesmo oferecendo-lhe um apartamento, em vez de anunciá-lo no Zap, resta-nos a vingança das urnas.

Os que se dizem vítimas da “criminalização da política” são os mesmos que politizaram o crime. E o STF não condena um político há quatro anos.

Nosso consolo e esperança são as eleições. Será o ano mais longo da nossa história.

28 outubro 2017 DEU NO JORNAL

APESAR DE VOCÊS

Guilherme Fiuza

O gigante está se guardando pra quando o carnaval eleitoral chegar. A opinião pública – essa entidade simpática e distraída – deu um tempo da dura realidade, que não leva a nada, e saiu aprontando suas alegorias para 2018. Funaro Guerreiro do Povo Brasileiro é uma das preferidas.

Funaro é aquele agente do caubói biônico escalado para “fechar o caixão” do mordomo, conforme áudio divulgado para todo o Brasil. Mas nessa hora o Brasil estava ocupado com as alegorias, e não ouviu os bandidos bilionários confessando a armação da derrubada do governo com Rodrigo Janot – outro guerreiro do povo brasileiro.

Vejam como o Brasil é sagaz: seu despertar ético está depositado numa denúncia bêbada (leitura obrigatória, prezado leitor) urdida por Joesley (preso), Janot (solto), Miller (solto e rico) e Fachin (solto e dando expediente na Suprema Corte), todos cacifados política e/ou financeiramente pela quadrilha que depenou o país por 13 anos. Como se diz na roça, é a ética que passarinho não bebe.

A vocação dos brasileiros para santificar picaretas não é novidade. Se fosse, o conto do vigário pornô não teria durado 13 anos, fantasiado de apoteose social. A novidade – tirem as crianças da sala – é a adesão dos bons.

Isso sim pode ser o fechamento inexorável da tampa do caixão – não de um presidente ou de um governo, mas desse lugar aqui como tentativa de sociedade. Os bons não são esses heróis de história em quadrinhos tipo Dartagnol Foratemer, que transformam notoriedade em gula eleitoral e sonham ser ex-BBBs de si mesmos. O que dizer de um aprendiz de Janot, que poderia ter Sergio Moro como inspiração, mas preferiu o truque de demonizar os políticos para virar político?

Os bons não são ex-tucanos patéticos como Álvaro Dias e demais reciclados, que ressurgem sob slogans espertos tentando perfumar o próprio mofo. Nem os ainda tucanos (e ainda mais patéticos) como Tasso Jereissati, com seu teatrinho de dissidência ética. Os realmente bons são os que sabem que, após a ruína administrativa do PT, se impôs a agenda da reconstrução – defendida desde sempre por eles mesmos.

Agora, o escárnio: mesmo testemunhando os resultados inegáveis, a restauração de indicadores socioeconômicos para ricos e pobres, as perspectivas repostas a duras penas por gente que trabalha sério (eles conhecem cada um), dos juros/inflação ao risco/investimento, essa minoria esclarecida resolveu surfar no engodo. Os ex-virtuosos também estão se guardando para quando o carnaval eleitoral chegar.

Fim de papo, Brasil. Um réquiem para o espírito público e todos à praia. Espírito público?! Pode gargalhar, prezado leitor. Melhor do que ir ao Google checar quantos nomes insuspeitos do meio acadêmico e da administração pública estão dando sangue neste governo de transição, virando noites para enfrentar o estrago dos cupins de Lula (solto), e vendo seus melhores parceiros intelectuais virando a cara, colocando os óculos escuros e dando uma surfadinha no foratemer, que ninguém é de ferro. Não vá ao Google. Chega de história triste.

Ponha seus óculos escuros e assuma imediatamente seu lugar ao sol. Você também é filho de Deus, e Ele há de consertar essa porcaria toda. Peça uma caipirinha e fique gritando contra tudo isso que aí está, porque a essa altura cogitar que haja alguém trabalhando sério em Brasília pode até dar cana. Já que os picaretas são maioria, faça como a maioria: finja que ninguém presta, que só você e sua caipirinha são confiáveis. Grite para que ninguém seja reeleito — que era mais ou menos a mensagem de Adolfinho na Alemanha dos anos 30, e a limpeza que ele imaginou também era arretada.

Mas diga aos sorveteiros que você é contra a ditadura, contra a censura (que censura? Procurem saber), a favor da beleza e também da felicidade. Você é contra o sistema, contra o que é velho e a favor do que é novo. A sua modernidade está provada inclusive no seu apoio à causa gay – que já tem meio século, mas os revolucionários do Facebook não precisam saber disso.

Grite que está cercado e sufocado por famílias conservadoras decrépitas, finja que os dias são assim e você é a contracultura! Se precisar, defenda a pílula anticoncepcional contra os celibatários malditos. Quem sabe até alguém te convida para um convescote noturno com Dartagnol Foratemer e a alegre tropa de choque da Dilma (bota choque nisso).

Minta como todo mundo: finja que o governo de transição pertence à gangue do Cunha e ignore a salvação da Petrobras da gangue do Dirceu. Isso pega bem. E é claro que a sua luta cívica contra a corrupção jamais terá qualquer campanha lamuriosa pela prisão de Lula e Dilma. Eles esfolaram o Brasil, mas são do bem.

Quanto a vocês, ex-virtuosos em situação de surfe, vocês que sabem como poucos o que está se passando de fato no país, vocês que conhecem exatamente o tamanho da fraude narrativa e o custo criminoso disso para a recuperação nacional, boa sorte em seus projetos particulares. O Brasil não parou, e talvez até nem caia nas mãos de um idiota em 2018.

Apesar de vocês.

28 outubro 2017 DEU NO JORNAL

SUGESTÃO

Peça retrata Jesus como mulher trans.

O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” faz retrato poético das lutas por direitos humanos. 

O papel de Jesus é interpretado pela atriz transexual Renata Carvalho

* * *

Cristãos de todas as tendências, católicos, evangélicos e espíritas, devem ter achado magnífica esta “obra de arte”.

Vou dar uma sugestão para os criadores da peça:

Façam uma representação semelhante a esta, só que tendo Maomé e Alá como personagens.

A ideia está dada. Não cobro nada por ela. Usem e abusem.

Na foto abaixo, que foi usada para ilustrar a notícia aí de cima, a atenta e extasiada plateia é composta por modernos militantes zisquerdóides de Banânia, fieis participantes do movimento “Volta, PT”.

E todos pagaram ingresso pra ver esta fantástica obra cênica!!!

No palco, um cabra nascido macho, com uma piroca no meio das pernas, que usa o nome de “Renata”, está fazendo o papel de Jesus.

Vá em frente, Dona “Renata”, interprete Maomé e Alá e faça muito sucesso!

Os islâmicos adoram artistas xibungos.

28 outubro 2017 DEU NO JORNAL

TUDO É POSSÍVEL NESTAS BANDAS

Deltan Dallagnol esclareceu quem soltou José Dirceu, tema do bate-boca entre Luís Roberto Barroso e Gilmar Mendes.

Ele disse no Facebook:

Quem soltou Dirceu foram na verdade Gilmar, Toffoli e Lewandowski, em decisão que revogou a preventiva e que, como apontei na época, fugia completamente do padrão de decisões anteriores desses mesmos ministros. Por isso está correto Barroso em frisar que a lei deve valer para todos e que não comunga com a leniência de Gilmar com réus do colarinho branco.

* * *

Chega dá arrepios repetir os nomes desta trinca: Gilmar, Toffoli e Lewandowski.

Puta que pariu!

Só mesmo nesta republiqueta banânica seria possível um trio de zeros deste porte.

Bom, pra um país que já teve Collor, Lula e Dilma na presidência, daí pra baixo tudo é possível.

Cruz credo!!!

27 outubro 2017 DEU NO JORNAL

SOLIDARIEDADE GUABIRUTÍFERA

Sérgio Cabral vai para prisão que abriga terroristas e traficantes em MS.

Ex-governador do Rio será transferido para o presídio federal de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, onde já esteve o traficante Fernandinho Beira-Mar.

* * *

Cabral está ansioso para ouvir uma nota de apoio de Lula, antes de embarcar para Mato Grosso do Sul num confortável jatinho da Polícia Federal.

O ex-presidente deverá se manifestar sobre esta arbitrariedade contra o ex-governador do Rio, seu parceiro e seu amigo, no próximo dia 31 de fevereiro.

A nota será redigida por um assessor luleiro, o fubânico Ceguinho Teimoso

“Tu guenta aí, cumpanhero Serjo, qui eu vô ti defendê logo, logo; vai saí no JBF”


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa