12 abril 2017 DEU NO JORNAL

QUINTETO BANÂNICO

A delação da Odebrecht atingiu os cinco ex-presidentes da República vivos: Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney.

Apenas Collor tem direito ao foro especial no Supremo Tribunal Federal, onde foi aberto mais um inquérito contra ele.

Como os outros não ocupam cargo público, o relator da Lava-Jato no STF, ministro Edson Fachin, determinou o envio de indícios contra os quatro a outras instâncias do Judiciário.

* * *

Um lindo quinteto.

Um quinteto pra lá de simpático.

Os leitores fubânicos fiquem à vontade pra dizer qual é o mais lindo e qual é o mais simpático.

Ou qual o que roubou menos e o que roubou mais.

Ou, ainda, quem peidou menos e quem bufou mais.

12 abril 2017 DEU NO JORNAL

BENDITA HERANÇA!

Citado para indicar a boa índole de filhos, o ditado “quem sai aos seus não degenera” não serve para explicar pais e filhos investigados na Lava Jato, por ordem do ministro Luiz Fachin.

O ex-presidente Lula e os filhos Lulinha e Luiz Claudio, o senador Renan Calheiros e o filho governador de Alagoas estão na mesma lista do governador potiguar Robinson Faria e o filho, deputado Fábio.

O filho, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, faz companhia ao pai, César Maia, assim como o deputado Zeca Dirceu não nega que é filho de José Dirceu, ex-“primeiro-ministro” de Dilma preso em Curitiba.

* * *

A guabirutagem tá no sangue.

O assalto aos cofres públicos é herança genética.

As parelhas pai/filho constantes da Lista de Fachin merecem uma música.

Uma música tocante, meiga, terna, cuja letra diz assim: “Pai você foi meu herói, meu bandido

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

GUABIRUS DO AZUL E DO ENCARNADO

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, autorizou a Procuradoria Geral da República a investigar 9 ministros, 29 senadores e 42 deputados federais que fazem parte da chamada “lista do Janot”.

* * *

CONSTAM DA LISTA DE JANOT:

DO PSDB:

Aécio Neves
Bruno Cavalcanti de Araújo
Aloysio Nunes
Cássio Cunha Lima
Dalírio José Beber
José Serra
Eduardo Amorim
Jutahy Júnior
João Paulo Papa
Betinho Gomes
Antônio Anastasia

DO PT:

Marco Maia
Carlos Zarattini
Paulo Rocha
Humberto Costa
Lindbergh Farias
Jorge Viana
Nelson Pellegrino
Vander Loubet
Vicentinho
Maria do Rosário
Zeca Dirceu
Zeca do PT
Vicente Cândido
Décio Lima
Arlindo Chinaglia
Tião Viana
Cândido Vaccarezza
Ana Paula Lima
Guido Mantega
José Dirceu
Paulo Bernardo

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

MAIS DE UMA CENTENA DE GUABIRUS TOMANDO NO BUFANTE

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de inquéritos contra nove ministros do governo Michel Temer, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira, além de outros 28 senadores e 41 deputados federais.

Também serão investigados no Supremo um ministro do Tribunal de Contas da União, três governadores e 24 outros políticos e autoridades que, apesar de não terem foro no tribunal, estão relacionadas aos fatos narrados pelos colaboradores.

* * *

Esta notícia é fresquinha. Saiu no final da tarde desta terça-feira.

No total, são 108 guabirus da pesada. Todos de alto escalão e em cujos furicos o Ministro Fachin enfiou uma pajaraca de grosso calibre com esta formidável denúncia.

Tem bandido pra todos os gostos e preferências.

Tudo com base nas delações dos 78 executivos e ex-executivos da Odebrecht. (Todos eles mentirosos, segundo o fubânico petista Ceguinho Teimoso…)

Os ex-prisidentes Lapa de Corrupto e Vaca Peidona não aparecem neste balaio porque já não mais possuem foro especial. Perderam a felicidade de ser julgados pelo nosso entartarugado Supremo. O destino dos dois é viajar (a pé!!!) pra Curitiba.

Detalhe: o guabiru tucano Aécio Neves e o guabiru pmdebista Romero Jucá são os roedores com o maior número de inquéritos a serem abertos: cinco pra cada um!!!

O Departamento Jurídico do JBF já encaminhou pra todos os acusados uma mensagem sugerindo a contratação do advogado fubânico Dr. Seletivo, aquele que tem corruptos prediletos e que seleciona os ratos de estimação pra atacar ou pra defender aqui no JBF.

Quem quiser ver a lista completa da bandidagem, é só clicar aqui.

Aviso que vale a pena o passeio pela relação com os nomes dos corruptos. 

Tem pra todos os gostos: DEM, PT, PSDB, PCdoB, PP, enfim, o caralho a quatro!

E vamos comemorar esta excelente notícia com uma salva de fogos!!!

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

AMIGO É PARA ESSAS COISAS…

Ricardo Noblat

Em depoimento, ontem, ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba, o empresário Marcelo Odebrecht disparou alguns petardos contra Lula, Dilma e o PT que se não forem mortais para eles, estão destinados pelo menos a causar graves estragos. Em resumo, ele disse:

* Repassou R$ 4 milhões e mais R$ 8 milhões ao Instituto Lula para a compra do terreno onde ele seria construído;

* Branislav Kontic, ex-assessor de Antonio Palocci, recebeu R$ 13 milhões em dinheiro vivo que foram entregues a Lula;

* A pedido de Guido Mantega, ministro da Fazenda, destinou R$ 50 milhões em propina para a campanha à reeleição de Dilma;

* Lula era o “Amigo” na planilha de propinas milionárias da empreiteira. Palocci, o “Italiano”. Mantega, o “Pós Itália”.

* Marcelo viajou ao México para se reunir com Dilma e avisá-la de que o pagamento na Suíça ao marqueteiro João Santana poderia “contaminar” a campanha dela à reeleição.

Foram duas horas de depoimento. E foi a primeira vez que Marcelo respondeu a perguntas feitas por Moro. Da vez anterior que esteve frente a frente com o juiz, Marcelo preferiu ficar calado. Mais tarde, foi condenado a 19 anos de cadeia. Então negociou a delação premiada e começou a “cantar”.

O que Marcelo contou a Moro deverá ser aproveitado em alguns ou em todos os cinco processos a que Lula responde em Curitiba. No próximo dia 3, Lula será ouvido no processo que investiga a suposta compra de um tríplex na praia do Guarujá, em São Paulo, reformado de graça pela construtora OAS.

Lula inaugurando obra com o clã Odebrecht

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

O QUE DORIA ROUBOU DE LULA

Mario Sabino

Ontem o PT fez eleição interna para escolher dirigentes e delegados municipais. A participação foi um fiasco: 200 mil votantes ante 420 mil em 2013. A direção do partido diz que a queda se deve a mudanças na forma da eleição, mas a verdade expressa pelos números é que o entusiasmo dos petistas pelo PT é metade do que era antes da eclosão da Lava Jato, do impeachment de Dilma Rousseff e de o partido sofrer uma derrota acachapante nas urnas em 2016.

Outra notícia ruim para o PT é que uma pesquisa da Fundação Perseu Abramo, noticiada com exclusividade por O Antagonista, mostra que, na periferia de São Paulo, os trabalhadores que votaram em Lula e deixaram de votar em Dilma sonham em empreender e se consideram parceiros dos empresários que os empregam.

Mais: eles comparam positivamente Lula a Silvio Santos, como alguém que subiu na vida dentro do sistema capitalista.

Podemos concluir que ficou mais difícil vender o baú ideológico do PT, sem contar que Lula é empreendedor do dinheiro alheio, fato que tende a ficar cada vez mais claro à medida que avançam os processos e investigações da Lava Jato. Como era esperado, Marcelo Odebrecht confirmou que o petista é mesmo o “Amigo” da planilha da propina.

Para completar o quadro, tem-se João Doria, que esmagou o PT nas eleições municipais. O Datafolha tentou esconder que 55% dos paulistanos entrevistados pelo instituto agora querem Doria na Presidência da República. Ele não é só o anti-Lula ou o anti-esquerda. É também o tucano anti-tucano. É, principalmente, o anti-Temer, como se verá daqui a alguns meses.

Ele tem de suplantar muitas dificuldades para tornar-se candidato (Geraldo Alckmin e os seus operadores na imprensa paulista, por exemplo, trabalham para torpedeá-lo), porém o mais difícil ele conseguiu em tempo recorde: Doria roubou o anti-tudo-isso-que-está-aí de Lula.

Se eu fosse petista, também estaria desanimado.

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

PERGUNTA EM REDE

Como vive e o que faz Marina Silva entre uma eleição e outra?

* * *

Seria inapropriado dizer que ela coça o saco entre uma e outra eleição.

Talvez ela gaste o tempo alisando o pitôco da bacurinha.

Ou esticando o pixaim.

Uma coisa é certa: ela tem recursos pra tomar café da manhã, almoçar e jantar.

Além de viajar e bater perna pelos cantos.

Repasso a dúvida para os curiosos leitores fubânicos.

“Agora tô mais animada e feliz: saí no JBF”

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

É BILHÃO PRA CACETE ! ! !

Laudo da Polícia Federal anexado aos autos da Operação Lava Jato aponta que 11 contratos da Construtora Norberto Odebrecht na Diretoria de Engenharia da Petrobras ocasionaram, em valores atuais, um prejuízo direto de R$ 5.684.034.410,52 à estatal.

O raio-X da PF pegou licitações da área de Engenharia da companhia entre 2003 e 2014.

Em valores atuais, o prejuízo direto à Petrobras, somente nos contratos da Diretoria de Engenharia com a empresa Odebrecht, foi de R$ 5.684.034.410,52”, afirma a perícia da PF.

* * *

Hum…

Laudo da Polícia Federal…

Num é coisa da grande mídia golpista ou notícia inventada pelos coxinhas reacionários.

Trata-se, vamos repetir, de um laudo técnico da Polícia Federal.

A expressão “prejuízo direto“, contida no laudo, resume tudo.

Diz a notícia que esta fantástica comilança se deu entre os anos de 2003 e 2014.

Segundo a lista de prisidentes da República Federativa de Banânia contida na Wikipédia, em ordem de data, tivemos neste período, entre 2003 e 2014, estas duas lindas e sorridentes figuras como prisidentes:

O Instituto Lula, com certeza, vai soltar uma nota garantindo que esta impressionante roubalheira, de quase 6 BILHÕES de reais, foi dentro da lei e de acordo com a Constituição.

A nota contará com o aval e o apoio do fubânico petista Ceguinho Teimoso.

Enquanto isto, a banda decente deste país não se cansa de gritar:

VIVA A OPERAÇÃO LAVA JATO!!!!!!!!!

Viva a Polícia Federal!

Viva o Dr. Moro!

Viva o Procurador Deltan Dellagnol!

Uma pajaraca bem grossa no furico de tudo quanto é ladrão do dinheiro público!!!!

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

GUABIRU EUROPEU

* * *

Depois os linguarudos ficam dizendo que o PT e seus guabirus não servem pra nada.

Servem sim!.

O cognome deste malfeitor, atualmente atrás das grades, é um excelente pretexto pra alegramos a nossa terça-feira com boa música. 

Arriverdeci, Palocci!

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

“QUALQUER DIA A GENTE VAI SE ENCONTRAR”

* * *

Eu gostei foi da expressão “planilha de propinas“.

Num é arretada?

Uma expressão tipicamente banânica.

Prestem atenção neste detalhe:

É curioso o fato de que Lula se defende e esbraveja a propósito de qualquer acusação. Mas guarda um silêncio tumular quando as acusações partem de Marcelo Odebrecht.

Ceguinho Teimoso, especialista na personalidade do maior prisidente que este país já teve, bem que poderia nos explicar este fenômeno.

Enquanto aguardamos os esclarecimentos do nosso estimado e gentil explicador, vamos ouvir a música “Canção da América“, na voz do amigo Milton Nascimento.

Detalhe curioso: esta música termina com a frase “Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar“.

Se encontrar adonde?

Em Curitiba?

Destes dois amigos, Lula e Marcelo, um já está por lá…

11 abril 2017 DEU NO JORNAL

SAPA ENRABADA

Casos de espécies diferentes cruzando entre si e gerando estranhos animais híbridos, vem se tornando cada vez mais comum em meio às mudanças climáticas.

Pesquisadores da Universidade de Tuscia, na Itália, flagraram a cena da imagem abaixo no parque de Partenio, no sul do país.

A fêmea é um exemplar do sapo-europeu (Bufo bufo), uma espécie encontrada em quase todo o continente, enquanto que o macho é um sapo-balear (Bufotes balearicus), característico do sul da Itália, Córsega e Ilhas Baleares (Espanha).

Há vários casos naturais de hibridização, especialmente quando as espécies têm genomas semelhantes. O que espantou cientistas no flagra dos sapos foi que as duas espécies estão geneticamente separadas por 30 milhões de anos no processo de evolução.

* * *

Lendo esta notícia e vendo a foto, eu se alembrei-me daquele tempo em que Leonel Brizola chamava Lula de “Sapo Barbudo“.

A sapa que aparece por baixo na foto acima, levando a pajaraca do sapo na tabaca, seria Rose Noronha?

Hein???

Tô numa dúvida da porra…

10 abril 2017 DEU NO JORNAL

A REPÚBLICA BANÂNICA NOS ARES

Os órgãos que compõem o governo federal, como ministérios, o Palácio do Planalto, autarquias e empresas públicas gastaram mais de R$ 1,6 milhão com… mortadelas.

O gasto é com a comida e não deve ser confundido com os famosos “mortadelas”, manifestantes pagos com lanche e trocados para fazer apoio ao falecido governo do PT.

Gastos com coxinhas não são discriminados pelo portal Transparência.

Só entram na conta produtos alimentícios comprados regularmente por órgãos do governo. Vinhos, por exemplo, são comprados à parte.

No total, foram 2,9 mil toneladas de mortadela, calabresa, banana, pepino, presunto, pimentão e repolho. Tudo por nossa conta.

Em 2006 Lula torrou R$ 3,7 milhões na mordomia do avião presidencial. Tinha costela de cordeiro, pato, picanha e peixe. E bebidas, claro.

* * *

Se estes gastos já são no gunverno Temer, não tem qualquer explicação.

É desperdício de dinheiro público, do suado dinheirinho dos nossos impostos.

Quanto aos quase 4 milhões de reais que Lula gastou em 2006 no avião prisidencial, este é plenamente justificado.

É que voavam junto com o ex-prisidente pessoas importantes e que mereciam uma alimentação de primeira.

Comprovem na foto abaixo:

Marcelo Odebrecht e Lapa de Avuador desembarcando do avião oficial da Presidência da República de barriga cheia, ambos de camisa branca pra enfrentar o calor dos trópicos,

10 abril 2017 DEU NO JORNAL

TÁ FALTANDO UMA LÂMINA NO PESCOÇO DOS GUABIRUS

No Senado, o Conselho de Ética se reuniu pela última vez em maio de 2016, ainda assim em caráter de emergência, porque a Casa queria se livrar de Delcídio do Amaral (ex-PT-MS), que, preso, entregou vários colegas.

Hoje não há sequer designados para integrar o conselho, muito embora dois senadores sejam réus no Supremo Tribunal Federal: o próprio ex-presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), e a ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) – ambos acusados de corrupção.

* * *

Ao invés de Conselho de Ética, o que deveria haver no Senado atual era um Conselho Guilhotinístico.

Guabiru pra ter a cabeça cortada é o que não falta naquela casa, outrora respeitável.

Um casal que forma uma parelha perfeita na ladroagem banânica: PT+PMDB

10 abril 2017 DEU NO JORNAL

E É DO “SUPREMO”…

Os três patrocinadores de um seminário em Portugal organizado pelo instituto de ensino que tem o ministro Gilmar Mendes como sócio possuem interesse em processos em tramitação no Supremo Tribunal Federal.

Em ao menos um deles, o próprio ministro era o relator do processo até ontem, quando se declarou impedido após ser questionado pela reportagem sobre a ação.

O recurso foi proposto pelo Estado do Rio de Janeiro contra a Federação do Comércio do Estado (Fecomércio-RJ), que financia o evento em Lisboa – previsto para ter início no próximo dia 18.

Gilmar se declarou impedido pelo fato de a federação ter como advogado Sérgio Bermudes. O escritório de advocacia de Bermudes tem no quadro de advogados em Brasília Guiomar Mendes, esposa do ministro.

No entanto, Gilmar disse que não vê conflito de interesse entre o patrocínio do evento em Lisboa e sua atuação no Supremo.

* * *

Já tivemos um Collor e um Lula no Executivo.

No Legislativo temos um Renan e um Lobão.

E no Judiciário temos Gilmar e Tofinho.

Isto sem contar com todos os outros nomes, em todos os poderes e em todos os escalões.

É phoda!!!

É pra arrombar a tabaca de Xolinha.

Êita paiszinho safado é este nosso…

“Cumpanhero Gilmá, é só tu dizê qui num sabia de nada e qui é tudo presseguição da midia gorpista”

9 abril 2017 DEU NO JORNAL

CUNHÃO PEIDÃO

* * *

Segundo declarações de companheiros de cela, o que Cunhão tem explodido ultimamente não é o mundo empresarial, mas o mundo corrupcional.

Os ouvidos e o olfato dos outros presos estão em petição de miséria.

Informantes dizem que ele solta cada peido capaz de abalar as paredes da cadeia!

9 abril 2017 DEU NO JORNAL

ORIENTAÇÃO SEGURA

Reformas como a trabalhista e a previdenciária, nos moldes propostos pelo governo do presidente Michel Temer, podem até atender aos apelos do mercado, mas deixam de fora interesses básicos do cidadão – justamente o maior afetado por elas, e o que menos ou nada foi chamado a participar dessa discussão

A opinião é da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, entidade que, nas últimas semanas, se reuniu com representantes da CUT e de outras centrais sindicais no debate por uma agenda de mobilização contra as reformas.

No último dia 23, a confederação divulgou uma nota em que criticou duramente a reforma previdenciária ao afirmar, por exemplo, que a proposta defendida pelo governo “escolhe o caminho da exclusão social”

* * *

Esta notícia é um excelente indicativo pra quem ainda está indeciso ou não tem opinião formada sobre o assunto.

Se  os vagabundos da CUT e os desocupados clérigos da CNBB são contra, então, consequentemente, logicamente, as reformas propostas pelo governo devem ser boas.

Simples assim.

8 abril 2017 DEU NO JORNAL

A CORDA E A CAÇAMBA

O ex-presidente Lula homenageou em 2010 o ditador sírio Bashar Al-Assad com grande colar da Ordem do Cruzeiro do Sul, a mais alta condecoração brasileira, em junho de 2010, durante a visita do sírio a Brasília, em retribuição a uma visita que lhe fez o brasileiro em 2003.

Antes da condecoração de Assad em Brasília, Lula fez questão de visitar o ditador em Damasco, logo apos tomar posse na presidência da República, quando estabeleceu uma política externa míope, determinada pelo aspone de assuntos internacionais, Marco Aurélio “Top Top” Garcia, fazendo o presidente brasileiro visitar e bajular ditadores repudiados em todo o mundo.

Também em 2003, Lula visitou o tirano líbio Muamar Kadafi, a quem chamou de “meu amigo, meu irmão e meu líder”, e o ditador egípcio Osni Mubarak.

* * *

Visitas e amigos que estão em consonância com o prontuário de Lapa de Ignorante.

Novidade alguma nesta notícia.

Só rememoração de péssimas lembranças.

Uma parelha arretada: a cara de um é o furico do outro; e vice-versa…

8 abril 2017 DEU NO JORNAL

SE OBRANDO-SE DE MEDO

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira, 7, em entrevista à rádio O Povo, do Ceará, que está “ansioso” para depor ao juiz federal Sérgio Moro, no dia 3 de maio, em Curitiba.

“É a primeira oportunidade que vou ter de saber qual é a acusação e a prova que tem contra mim”, afirmou Lula, que transmitiu a entrevista ao vivo pela sua conta no Facebook.

Lula disse também que Moro “cumpre um papel importante na história do País“.

* * *

Saber que Lapa de Corrupto falou uma verdade – que o Dr. Moro “cumpre um papel importante na história” -, deixou completamente emputiferada a palmarense Cabeça-de-Fossa, a minha querida amiga e conterrânea, tesoureira do Comitê Municipal do PT na nossa cidade.

Ela não perdoou o seu ídolo por conta desta declaração que ele deu ontem.

Cabeça-de-Fossa não perde uma única oportunidade de esculhambar com o Dr. Moro e de repetir que ele só faz uma única coisa na vida: perseguir Lula injustamente.

Mal sabe ela que aquela aparência de indômito e de sem-medo-de-nada que Lula ostenta é só uma capa de enganar trouxas. Coisa que ele faz com uma competência incomum.

Nós outros, que sabemos que Lula está se cagando de medo e apenas usando sua habitual retórica de enganar tolos, estamos muito felizes por constatar a sua tremedeira com a perspectiva de ter pela frente um homem sério e honrado, situação que não é comum na rotina dele.

E, em falando de Lapa de Corrupto, lembro que ele consta da Enquete Fubânica que está no ar. Não deixem de votar. É só ir aí no lado direito desta gazeta escrota.

E, enquanto vocês participam da pesquisa, vamos botar no ar um samba ensinando a Lula as respostas que ele deve dar ao Dr. Moro.

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

BOAS NOVAS

Polícia Federal mata seis assaltantes de banco

Policiais federais mataram seis bandidos na manhã de hoje durante uma troca de tiros com uma quadrilha especializada em assaltos a banco.

O confronto, segundo a PF, ocorreu nas águas do rio Paranapanema, no município de Alvorada do Sul, no Paraná.

Antes, na madrugada, duas agências bancárias do interior de São Paulo foram explodidas por essa quadrilha.

Uma das armas utilizadas pela quadrilha

* * *

Este fato auspicioso aconteceu hoje, sexta-feira.

Uma excelente notícia pra levantar o astral e esperarmos o final de semana sorrindo.

Sendo ruim pra diputada petralha Maria da Novena, é ótimo pra cidadania.

Celebremos!!!

“Uma horrível chacina da PF golpista contra pobres excluídos. Xiuf, xiuf, snif, snif…”

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

NADA DE NOVO

O executivo Benedicto Barbosa da Silva Júnior, ex-presidente da Construtora Norberto Odebrecht e principal braço do setor de infraestrutura do grupo, confessou ao Tribunal Superior Eleitoral que repassou R$ 17 milhões em propinas, entre 2012 e 2013, ao PT no contrato de construção de 5 submarinos – um deles movido à energia nuclear – para a Marinha.

O negócio de R$ 31 bilhões foi fechado em parceria com a francesa DNSC, que tem como principal acionista o governo da França, em 2008.

Mercadante, Sérgio Cabral, Dilma; no fundo, no fundo, Odebrecht pagando propina…

* * *

Eu queria novidade.

Notícias diferentes.

O PT recebendo propina é notícia velha e sem graça.

Que monotonia…

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

SUGESTÃO

O presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Coaracy Nunes, foi preso na manhã desta quinta-feira pela Polícia Federal.

A prisão faz parte das ações da operação Águas Claras, que apura um esquema de desvio de recursos públicos repassados à CBDA, envolvendo dirigentes do órgão e empresários.

* * *

O nome da operação, “Águas Claras”, tem tudo a ver com o guabiru, que é presidente de uma entidade que cuida de desportos aquáticos e que estava roubando dinheiro público.

A Polícia Federal está especializada (além de prender corruptos…) em criar interessantes nomes pras suas operações.

Vou enviar à PF uma sugestão pra dar nome à operação que vai prender Lula em breve.

Poderia ser chamada de “Águas Sujas”.

Ou “Águas Petroladas”.

Ou, ainda, “Água de Peroba”.

Qualquer uma destas dará certinho com o nosso umedecido Lapa de Corrupto.

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

BEBA SEM MODERAÇÃO

O brasileiro Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil e o 22º mais rico do mundo, segundo a revista “Forbes“.

Do ano passado para cá, a fortuna de Lemann aumentou US$ 1,4 bilhão, atingindo US$ 29,2 bilhões, calcula a publicação.

Isso representa um ganho de US$ 3,836 milhões por dia, ou US$ 159.817 por hora durante um ano. 

Considerando a cotação do dólar nesta quarta-feira (R$ 3,115), a fortuna de Lemann aumentou R$ 497.831 a cada hora no último ano.

Ex-jogador profissional de tênis, Lemann é sócio da empresa de investimentos 3G Capital Partners, que possui marcas como Budweiser, Burger King e Heinz.

No Brasil, ele tem participação na Ambev, fabricante de cervejas como Brahma, Skol e Antarctica.

* * *

Para um cabra que ganha quase 500 mil reais POR HORA, fazer doação de uns míseros trocados para esta gazeta em petição de miséria, é um gesto de tocante caridade e de saudável grandeza.

Ajude nóis, Seu Lemann, o sinhô que é um galêgo tão bunito e simpático!

Deposite uma merrequinha na nossa conta.

Pelo menos um troco que dê pra pagar os salários atrasados e o décimo terceiro de Chupicleide, secretária de redação do JBF.

E que sobre ainda uns tostões pra gente pagar as contas atrasadas.

Se o sinhô fizer isto, eu prometo que o Complexo Midiático Besta Fubana fará uma campanha publicitária como nunca se viu antes, divulgando pra Banânia e pro mundo as excelências das cervejas Skol, Brahma e Antarctica.

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

LULISMO PRECISA SER DERROTADO NAS URNAS, DIZ SOCIÓLOGO DE ESQUERDA

Rodrigo Constantino

Demétrio Magnoli escreve em sua coluna de ontem na Gazeta do Povo (leia na postagem seguinte) que o juiz Sergio Moro não deveria correr com o processo contra o ex-presidente Lula, pois o melhor para o país seria o lulismo ser derrotado nas urnas. Ainda há uma parcela da população que flerta com esse esquerdismo ultrapassado, e impedir que esse projeto concorra em 2018 seria um erro, segundo o sociólogo. Ele conclui:

Lula é um pragmático, não um ideólogo. A utopia política de Lula resume-se ao poder de Lula – como sabem perfeitamente os quadros petistas e até mesmo os signatários do manifesto pela sua candidatura. Contudo, as circunstâncias e os acidentes históricos preencheram o seu pragmatismo com uma série de marcadores ideológicos. Lula converteu-se em representação de um Brasil que se recusa a romper com o passado e de uma esquerda hipnotizada por utopias regressivas de segunda mão. É por isso que o Brasil precisa de Lula – não como presidente, mas como candidato.

O ciclo lulista começou com um maiúsculo triunfo eleitoral que parecia, aos olhos da maioria, inaugurar uma era redentora. A curva de declínio, nos mandatos de Dilma, completada pela implosão do impeachment, atestou uma falência política de fundo. Na depressão econômica, de proporções inéditas, e na desmoralização das instituições públicas, envenenadas pela corrupção, encontram-se os frutos maduros da longa experiência lulopetista. Contudo, como revelam as sondagens eleitorais, a queda drenou apenas parcialmente o pântano das ilusões. O Brasil não se livrará delas enquanto não tiver a oportunidade de confrontá-las na arena do voto.

Ninguém tem o privilégio de pairar acima da lei. Lula não deve ter prerrogativas negadas a Marcelo Odebrecht, Sérgio Cabral ou Eduardo Cunha. O papel desempenhado por ele nas teias de corrupção do “Estado-Odebrecht” precisa ser examinado pelos tribunais. Os juízes, espera-se, terão a coragem de ignorar a programada intimidação de hordas de militantes, julgando o ex-presidente segundo os códigos legais. Mas não há necessidade de apressar os ritos processuais, normalmente tão vagarosos.

Não corra, Moro! Não tome o lugar dos eleitores, salvando-nos de nós mesmos. Um Lula “ficha-suja” ofereceria ao lulismo um santuário inexpugnável. O Brasil precisa, enfim, mirar-se no espelho. Inexiste saída fora da política: aquilo que começou numa eleição só terminará em outra.

Entendo a posição de Demétrio, mas não sei se concordo. Primeiro, porque sempre haverá um Lula disputando eleições no Brasil, seja ele, seja um genérico similar, como Marina Silva, Ciro Gomes ou Marcelo Freixo. A extrema-esquerda tem seu lugar garantido por alguns anos ainda, pois a ignorância campeia em nosso país, e os “intelectuais” dominaram a educação e abusam da lavagem cerebral. As utopias socialistas ainda não foram completamente enterradas no Brasil, país que adora uma ideologia vencida.

Segundo, porque acho que Lula preso, a despeito do espetáculo de vitimismo que veremos pela turba organizada, tem um papel pedagógico ainda mais importante para a nação: nem mesmo os poderosos populistas estão livres da lei. Um Lula preso – e já deveria estar preso – transmite uma fundamental mensagem de “império das leis”, que o país tanto necessita.

Por fim, porque nunca subestimo a estupidez do povo. Em 2005, a estratégia era deixar Lula sangrar com o mensalão, e deu no que deu. Acho que Lula perderia em 2018 se fosse candidato, e acho que isso seria muito bom para nosso futuro, para desmistificar de vez o embusteiro demagogo. Mas e se “der ruim”? E se os idiotas se mostrarem novamente em maior quantidade e caírem na ladainha de que tudo foi culpa de Dilma, e que seu criador não teve responsabilidade alguma na catástrofe?

Melhor não brincar com essa possibilidade. O Brasil seria a Venezuela. O lugar de Lula é na cadeia. E alguém com seu currículo sequer deveria disputar eleições. Ou vamos rasgar a importante conquista da Ficha Limpa?

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

NÃO CORRA, MORO!

Demétrio Magnoli

Uma nuvem paira sobre Lula. No início de maio, o ex-presidente prestará depoimento perante Sérgio Moro, num dos processos por corrupção que ameaçam sua elegibilidade. As delações da Odebrecht, acompanhadas por uma extensa coleção de evidências materiais, apontam o rumo da condenação – que, caso confirmada a tempo na segunda instância, o tornaria um “ficha- suja”.

Nessa hipótese, a urna eletrônica de 2018 não conteria o nome que aparece como favorito nas sondagens atuais. Não corra, Moro: o Brasil precisa da candidatura de Lula.

A candidatura foi lançada, em março, por meio de um manifesto encomendado aos “intelectuais de esquerda” de sempre. Nele, figuras como Chico Buarque, Leonardo Boff, Fernando de Morais e Fábio Konder Comparato oferecem três motivos pelos quais a nação precisaria de Lula:

1) “ainda é preciso incluir muita gente e reincluir aqueles que foram banidos outra vez”;

2) “é fundamental para o futuro do Brasil assegurar a soberania sobre o pré-sal, suas terras, sua água, suas riquezas”;

3) “o país deve voltar a ter um papel ativo no cenário internacional”.

De fato, as políticas que estão atrás das sentenças propagandísticas subscritas pelos “intelectuais de esquerda” formam parte dos motivos para os brasileiros rejeitarem um novo mandato lulista.

A chamada “inclusão social” promovida nos mandatos do lulopetismo nunca passou de uma política de estímulo ao consumo privado, pelas vias de aumentos do salário-mínimo e das aposentadorias, transferências estatais de renda e expansão do crédito pessoal.

A esquerda entrincheirada nessas políticas sociais desistiu de suas utopias desastrosas (socialismo), mas não aderiu à utopia possível da inclusão por meio do desenvolvimento econômico (produtividade) e da qualificação dos direitos sociais (educação, transportes, reforma urbana). De mais a mais, a “idade de ouro” do lulopetismo apoiou-se numa singular conjuntura internacional, que não se repetirá. O Brasil precisa da candidatura de Lula para derrotar, pelo voto, a fé anacrônica no paternalismo estatal.

Sob Lula e Dilma, a “soberania sobre o pré-sal, suas terras, sua água, suas riquezas” significou a montagem de um capitalismo de Estado organizado como aliança das empresas estatais com conglomerados privados de “amigos do rei”. No fim do arco-íris, em meio à paisagem de ruínas formada pelo colapso financeiro da Petrobras, da Eletrobras e da Caixa Econômica Federal, sobrou o maior escândalo de corrupção registrado na história brasileira.

A esquerda pós-socialista elegeu, como utopia substituta, o “Estado-Odebrecht”. Mas ele também não pode ser plenamente restaurado, pois sua versão original devastou os balanços financeiros das estatais e reduziu a capacidade do poder público de subsidiar o alto empresariado. O Brasil precisa da candidatura de Lula para derrotar, nas urnas, a crença nas virtudes do capitalismo de compadrio.

Nos governos lulistas, o “papel ativo” do Brasil no cenário internacional materializou-se, principalmente, na fracassada obsessão por uma cadeira de membro permanente no Conselho de Segurança da ONU e na aliança com o castrismo, o chavismo e o kirchnerismo.

A opção preferencial por regimes autoritários manifestou-se pelo perene apoio diplomático a Havana e Caracas. Lula evidenciou seu desprezo pelas liberdades ao deportar os pugilistas cubanos, ao qualificar os presos políticos de Cuba como presos comuns e ao silenciar sobre o encarceramento de opositores na Venezuela.

A esquerda que clama pela volta do ex-presidente abdicou do sistema econômico socialista, mas continua seduzida pelo monopólio do poder por um “partido dirigente”. A catástrofe venezuelana não merece uma linha de protesto dos fabricantes de manifestos. O Brasil precisa da candidatura de Lula para derrotar, no debate eleitoral, o conceito de que só merecem repúdio as ditaduras de direita.

Lula é um pragmático, não um ideólogo. A utopia política de Lula resume-se ao poder de Lula – como sabem perfeitamente os quadros petistas e até mesmo os signatários do manifesto pela sua candidatura. Contudo, as circunstâncias e os acidentes históricos preencheram o seu pragmatismo com uma série de marcadores ideológicos. Lula converteu-se em representação de um Brasil que se recusa a romper com o passado e de uma esquerda hipnotizada por utopias regressivas de segunda mão. É por isso que o Brasil precisa de Lula – não como presidente, mas como candidato.

O ciclo lulista começou com um maiúsculo triunfo eleitoral que parecia, aos olhos da maioria, inaugurar uma era redentora. A curva de declínio, nos mandatos de Dilma, completada pela implosão do impeachment, atestou uma falência política de fundo.

Na depressão econômica, de proporções inéditas, e na desmoralização das instituições públicas, envenenadas pela corrupção, encontram-se os frutos maduros da longa experiência lulopetista. Contudo, como revelam as sondagens eleitorais, a queda drenou apenas parcialmente o pântano das ilusões. O Brasil não se livrará delas enquanto não tiver a oportunidade de confrontá-las na arena do voto.

Ninguém tem o privilégio de pairar acima da lei. Lula não deve ter prerrogativas negadas a Marcelo Odebrecht, Sérgio Cabral ou Eduardo Cunha. O papel desempenhado por ele nas teias de corrupção do “Estado-Odebrecht” precisa ser examinado pelos tribunais.

Os juízes, espera-se, terão a coragem de ignorar a programada intimidação de hordas de militantes, julgando o ex-presidente segundo os códigos legais. Mas não há necessidade de apressar os ritos processuais, normalmente tão vagarosos.

Não corra, Moro! Não tome o lugar dos eleitores, salvando-nos de nós mesmos. Um Lula “ficha-suja” ofereceria ao lulismo um santuário inexpugnável. O Brasil precisa, enfim, mirar-se no espelho. Inexiste saída fora da política: aquilo que começou numa eleição só terminará em outra.

7 abril 2017 DEU NO JORNAL

MAIS UMA INJUSTIÇA

O Ministério Público Federal pediu a condenação do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira pelos crimes de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro.

O pedido foi feito nas 230 páginas das alegações finais apresentadas pelos procuradores na ação penal em que ele é réu por desvios de dinheiro nas obras do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras, o Novo Cenpes, no Rio.

Paulo Ferreira assumiu a tesouraria do partido em 2005, quando estourou o mensalão. Entrou no lugar de Delúbio Soares, que anos depois viria ser condenado como um dos cabeças do esquema, e foi sucedido pelo também notório João Vaccari Neto, hoje preso em Curitiba sob a acusação de ter atuado como o caixa petista no petrolão.

Além da condenação de Paulo Ferreira por corrupção e lavagem, o MPF pediu ao juiz Sergio Moro que sejam restituídos aos cofres públicos 20 milhões de reais correspondentes aos desvios. Os procuradores pedem ainda o pagamento de outros 41 milhões de reais, equivalentes ao dobro do valor total das vantagens indevidas pagas.

Paulo Ferreira deixou a cadeia no final do ano passado, após pagar fiança de 1 milhão de reais. Na obra do Novo Cenpes foram pagos mais de 20 milhões de reais em propinas para funcionários do alto escalão da Petrobras e representantes do PT.

* * *

Lula está certíssimo.

Nosso lúcido e isento ex-prisidente tem razão.

Este tal de Ministério Público Federal – junto com o Juiz Sérgio Moro, com a Polícia Federal e com os coxinhas golpistas/reacionários -, só sabe mesmo perseguir aqueles que lutam por justiça social.

Imaginem só: 230 páginas de inverdades!

Se houve mesmo desvio de dinheiro, de alguns poucos trocados, tudo foi desviado pros bolsos dos pobres e pra fazer uma justa distribuição de riqueza.

Roubar para proteger os miseráveis não é roubo. É justiça social.

Não se deve incriminar e encarcerar abnegados heróis que, segundo Ceguinho Teimoso, tiraram da miséria milhões, milhões, milhões e milhões de fudidos.

6 abril 2017 DEU NO JORNAL

É OU NÃO UM CASO DE ARROMBAMENTO DE TABACA?

Um documento sigiloso enviado por Sergio Moro a Herman Benjamin mostra que, entre outubro de 2014 e maio de 2015, o departamento de propinas da Odebrecht repassou 22,5 milhões de reais a João Santana:

A Lava Jato vai anexar os depoimentos de João Santana e sua mulher a esse inquérito e mandar Janete para o banco dos réus.

* * *

Solicito ao nobre fubânico Teimoso Renitente, doutor advogado, que dê uma preciosa assistência ao Departamento Jurídico do JBF.

A dúvida é esta:

Isto tem valor?

Esta nova revelação é capaz pra arrombar a tabaca da Vaca Peidona?

É mesmo um caso de mandá-la se sentar ao lado de Lapa de Mentiroso no banco dos réus?

Agradeço antecipadamente a atenção que, tenho certeza, irei merecer do nosso estimado jurisconsulto.

6 abril 2017 DEU NO JORNAL

EXPECTATIVA LETAL

A expectativa, em Brasília, é que a delação premiada do marqueteiro João Santana e sua mulher Mônica Moura será letal para Lula e Dilma e para ex-ministros que davam palpites nas campanhas da dupla.

* * *

Que danado vem a ser letal?

Teria alguma coisa a ver com corrupcional?

Ou estaria relacionado com arrombamento furical?

Tô perdido…

5 abril 2017 DEU NO JORNAL

INTERFERÊNCIA IMPERIALISTA

O Ministério Público da Suíça informou que bloqueou 1 bilhão de francos suíços, que correspondem a mais de R$ 3 bilhões, de investigados da Operação Lava Jato em virtude de lavagem de dinheiro e corrupção.

O dado consta de um balanço sobre as atividades do MP em 2016 divulgado nesta quarta-feira (5).

As investigações contra a Petrobras estão em uma parte do relatório dedicada a “casos de interesse público”, como investigações sobre corrupção na Fifa e sobre grupos terroristas como Al Qaeda e Estado Islâmico.

* * *

Porra!

Até o Ministério Público de uma nação istranjeira, a desacreditada Suíça, um país imperialista e ditatorial, aderiu aos reacionários anti-petistas de Banânia.

Este negócio de nivelar a nossa Petrobras dos tempos vermêios-istrelaos com a Fifa, com a Al Qaeda e com o Estado Islâmico, é golpismo puro!

Uma tremenda sacanagem com o partido que tirou milhões da pobreza, segundo o fubânico petista Ceguinho Teimoso.

5 abril 2017 DEU NO JORNAL

PRA GENTE SE RIR-SE DE ALEGRIA

O publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, fecharam acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

O anúncio foi feito nesta terça-feira pelo vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, durante o julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ainda nesta terça, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin homologou o acordo e remeteu os autos à PGR. Os depoimentos citam autoridades que têm foro privilegiado – por isso, precisavam da autorização do Supremo.

O casal foi responsável pelo marketing da campanha de Dilma Rousseff (PT) nas eleições de 2010 e 2014.

Santana e Mônica Moura foram presos na 23ª fase da Operação Lava Jato, em fevereiro do ano passado, por determinação do juiz federal Sergio Moro, mas foram soltos após pagarem fiança de 31,4 milhões de reais e ficarem proibidos de atuar em campanhas eleitorais até uma nova decisão sobre o caso.

* * *

Não vou fazer qualquer comentário sobre esta excelente notícia.

Botei no ar apenas com a intenção de deixar os coxinhas petralhas putos de raiva.

O que, convenhamos, é uma coisa salutar e positiva.

Ao mesmo tempo, temos uma novidade que vai deixar feliz e sorridente todas as pessoas honestas e de bem desta nação.

Celebremos este fato ouvindo uma petista de carteirinha cantando pra iluminar a nossa manhã de quarta-feira!

4 abril 2017 DEU NO JORNAL

O ADVOGADO CERTO PARA BANDIDOS DE ALTO CALIBRE

O criminalista Alberto Toron, que defendeu petistas durante o julgamento do mensalão no STF e atua no caso do sítio de Lula em Atibaia, agora tem um novo cliente: o tucano Aécio Neves.

* * *

Ladrões de grosso calibre (e ricos) precisam mesmo de advogados competentes.

Lula e Aécio estão em boas mãos com o trabalho do notável criminalista Dr. Alberto Toron, detentor de Mestrado e Doutorado em Direito Penal, além de professor desta matéria.

Doutor Alberto Toron na tribuna, defendendo bandidões vermêios de primeiro escalão, como o mensaleiro João Paulo Cunha, cuja absolvição ele conseguiu no STF lewandowskiano

4 abril 2017 DEU NO JORNAL

UM NOME DE CARRO PRA ARROMBAR A TABACA DE XOLINHA!

A Hyundai vai lançar um SUV compacto na Europa para ficar abaixo do Tucson.

O “primo” europeu do Creta brasileiro se chamará Kona, mas o nome não pegaria bem em Portugal, onde o som da palavra remete ao nome vulgar do órgão sexual feminino.

Assim como Santa Fe e Tucson, a ideia inicial era fazer uma homenagem a uma região da América do Norte. Desta vez, o Havaí foi escolhido, e o nome vem de Kailua-Kona, área turística da ilha norte-americana.

Mas em Portugal o lançamento receberá o nome de Kauai.

A Hyundai, seguindo a estratégia de denominação de modelos da gama SUV, adaptou a cada mercado a designação do modelo de acordo com a adequação fonética de cada língua“, afirmou a empresa, evitando a gafe.

* * *

De Kona pra cono, a diferença é mesmo pequena.

E cono, em Portugal, é a nossa conhecida buceta, na ortografia fubânica. (A ortografia dicionarizada, boceta, num tem graça nenhuma…)

Pois se a Hyundai quiser lançar este modelo aqui no Brasil com o nome de “Buceta“, pode acreditar que vai fazer um sucesso danado.

O carro será o líder de vendas de norte a sul, de leste a oeste, com toda certeza. Eu mesmo trocaria o meu surrado calhambeque por um carango com esta denominação.

Neguinho vai se sentir orgulhoso de desfilar ao volante do seu bólido, tendo este emblema pregado na lataria:

Ao contrário da nação lusitânica, a nação banânica não sentirá qualquer melindre de ver circulando em suas ruas um carro com este nome.

Fique sabendo a Hyundai que este é o pais do deboche, da zorra, da zona, do esculacho, da mangação e da anarquia.

E mais: fique a Hyundai sabendo que esta terra foi gunvernada pelo PT por mais de uma década.

Quer zona mair do que esta???!!!

O cono, que em Portugal é a estimada e querida bacurinha, (também conhecida pelos nomes de goelão, xibiu, perseguida, xoxota, carne-mijada, casa-de-rola, beira-roxa, porteira-do-mundo, caranguejeira, chiranha, vagina, mealheiro, migué, aranha, inchu, boca-sem-dente, bregueço, lascadinha, pão-crioulo, forno, racha-do-cão, tabaca, brecha, engole-pau, carteira, do-cu-pra riba, e muitos outros mais), já foi até cantado em um magistral soneto de Bocage.

Na minha mocidade, este foi um dos primeiros sonetos que decorei, além de vários outros, da obra putárica do vate português, que eu declamava, atendendo a pedidos, nas intermináveis rodas de boemia e cachaça.

Confiram:

Não lamentes, oh Nise, o teu estado;
Puta tem sido muita gente boa;
Putissimas fidalgas tem Lisboa,
Milhões de vezes putas teem reinado:

Dido fui puta, e puta d′um soldado:
Cleopatra por puta alcança a c′ròa;
Tu, Lucrecia, com toda a tua pròa,
O teu cono não passa por honrado:

Essa da Russia imperatriz famosa,
Que inda ha pouco morreu (diz a Gazeta)
Entre mil porras expirou vaidosa:

Todas no mundo dão a sua greta:
Não fiques pois, oh Nise, duvidosa
Que isto de virgo e honra é tudo peta.

4 abril 2017 DEU NO JORNAL

UMA PARELHA AUTENTICAMENTE BANÂNICA

Ciro Gomes chamou Michel Temer de “ladrão fisiológico”.

Ele disse também:

“Está muito provado que ele pediu dinheiro dentro do Palácio do Jaburu à Odebrecht. Eu tenho as cópias do processo em que uma senhora reclamou união estável e pensão na Companhia Docas de Santos e ela descreve como se dividia o dinheiro em parte com o Michel Temer”.

Ciro Gomes não é candidato a presidente da República.

Ele é apenas a bucha de canhão de Lula.

Vai à linha de frente para tomar tiro dos inimigos do petismo.

* * *

Os dois formam uma bela parelha.

Nunca vi uma dupla representar tão bem a cara desta esculhambada república de Banânia como Lula e Ciro.

Lapa de Corrupto e Lapa de Cínico são feito pinico e urinol: a mesma coisa!

Possivelmente, este é o par mais certo e apropriado que se formou neste fudido país no último decênio.

Farão muito sucesso juntos.

Idiotas pra bater palmas pros dois é o que não falta. Podem te certeza disto.

“O que mais tem neste mundo é mato e gente besta, cumpanhero Lula. Pode se rir-se mesmo: ainda existem babacas que acreditam no que nós dois falamos”

4 abril 2017 DEU NO JORNAL

“USURPADOR” RECEBE REI

O presidente Michel Temer participou na noite desta segunda-feira (3) da cerimônia de encerramento do Conselho Empresarial Brasil-Suécia, com a presença do Rei Carlos XVI Gustavo e a Rainha Silvia, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

* * *

O rei sueco tem medalhas, colares e broches que só a porra.

Anda mais enfeitado do que penteadeira de puta!

Ser recebido pelo prisidente de um país de rapariga e cheio de penduricalhos feito o nosso, é uma cerimônia linda de se ver.

A rainha e o rei da Suécia: um reinado condignamente recebido numa república bananeira

3 abril 2017 DEU NO JORNAL

UMA PARELHA PERFEITA

A queda vertiginosa nas intenções de voto para o Senado, em 2018, a perda de prestígio e a disputa pelo poder no Senado estão por trás do “oposicionismo” de Renan Calheiros, que vem hostilizando o governo do presidente Michel Temer, filiado ao seu próprio partido, o PMDB.

A difícil situação eleitoral em Alagoas é o motivo para a “rebeldia” de Renan. Em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto para senador, hoje ele perderia feio para Ronaldo Lessa (PDT) e Teotônio Vilela (PSDB) e empataria com Benedito de Lira (PP), que foi mais votado que ele na eleição passada, segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisa

Renan sabe que agrada os petistas e principalmente o ex-presidente Lula quando ataca Michel Temer ou cria dificuldades políticas para o governo, criticando a reforma da Previdência ou o projeto de Terceirização.

Hostilizando Temer, Renan se aproxima do PT e já sinalizou a Lula que vai garantir o palanque do petista à sua eventual candidatura a presidente, em 2018.

* * *

Vamos torcer pra que se concretize esta aliança Lula-Renan.

Estes dois formam uma dupla perfeita. Um penta réu com um mais que deca denunciado.

Isto é o que o fubânico petista Teimoso Renitente chama da “aliança pela governabilidade“.

Conhecendo de perto meus conterrâneos e eleitores daqui do Nordeste, eu tenho certeza que esta parelha vai fazer um sucesso da porra nas eleições do ano que vem.

Esta gazeta escrota, que só trata de safadezas, roubos, conchavos, putaria, corruptibilidade, falcatruas e sacanagens, vai ter muito assunto pra se ocupar com a vitória destes dois comparsas.

Pinico e Urinol: uma dupla perfeita para Alagoas e para Banânia

3 abril 2017 DEU NO JORNAL

AO INVÉS DAS ASAS, TUCANO USA JATINHOS PRA AVUAR

Os políticos recebem cerca de R$ 1 bilhão por ano do Fundo Partidário, retirado do bolso dos contribuintes para a “manutenção” dos partidos, mas gastam esse dinheiro como querem.

Principalmente para bancar seus luxos, como alugar e até comprar jatinhos.

Em 2014, o presidente do Pros, Eurípedes Júnior, usou R$ 400 mil do Fundo para comprar um avião. Em 2015, ele comprou um helicóptero por R$ 2,4 milhões.

O Fundo Partidário mais que dobrou após a reeleição de Dilma: de R$313,5 milhões em 2014 passou para R$ 811,2 milhões em 2015.

Em fevereiro, um pouso de emergência em São Paulo flagrou a rotina no aluguel de jatinhos para uso do presidente do PSDB, Aécio Neves.

O PSOL, espécie de PT de antigamente, usou em “transporte” R$1,48 milhão dos R$ 14,8 milhões que recebeu do Fundo Partidário.

Em valores absolutos, o PDT do aloprado Carlos Lupi foi o que mais teve gastos com viagens e hospedagens em um ano: R$ 1,73 milhão.

* * *

Enquanto o Fundo Partidário está abarrotado de dinheiro, o pobre contribuinte banânico, que é quem paga a conta, vive tomando no fundo.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!

Pra gente não começar a semana emputiferado, vamos se rir-se:

3 abril 2017 DEU NO JORNAL

ELA MERECE

Praticamente desconhecida na antiga cúpula da Odebrecht, a assistente administrativa Angela Palmeira Ferreira é a única mulher do grupo de 77 funcionários e ex-funcionários da empresa que firmou acordo de delação com os procuradores da Lava Jato.

Angela dividia com a colega Maria Lúcia Tavares a logística das movimentações ilícitas realizadas pelo setor de operações estruturadas, a área de pagamentos de propina da empreiteira.

O setor movimentou, de 2006 a 2014, US$ 3,39 bilhões.

* * *

Um número arretado: mais de 3 bilhões de propina.

3 bilhões de dólares!!!!!

É dinheiro pra cacete.

Isto entre 2006 e 2014.

Em 2006 o prisidente era Lula. Em 2014 já era Dilma.

Esta senhora, Dona Angela, cuidava do setor mais importante da empresa. Aquele setor que mantinha contato direto com a alta cúpula petista para fins de gatunagem.

Uma mulher à frente do Departamento de Propinas da Odebrecht deve ser motivo de orgulho e celebração pro movimento feminista.

Os chamados “movimentos sociais“, à frente CUT, UNE e MST, como medida de justiça, devem prestar uma homenagem a esta senhora.

Ela é merecedora.

3 abril 2017 DEU NO JORNAL

A BICHINHA CHOROU QUE CHEGA FEZ PENA…

Em vídeo em que chora e diz que gostaria de olhar nos olhos de todos para provar a inocência, a jornalista Andrea Neves repete gesto do irmão, o senador Aécio Neves, e rebate a acusação de que o tucano teria recebido propina da Odebrecht em uma conta bancária em Nova York operada por ela.

Andrea diz que provará a inocência dos Neves. “Pra mim, como disse meu irmão ontem à noite, pouco interessa agora quem mentiu, quem é o mentiroso, se o delator ou a fonte da revista. O que interessa é a mentira. Eu não sei o que está acontecendo para tanto ódio e tanta irresponsabilidade, atacar de forma tão covarde a vida das pessoas.”

Em reportagem publicada na sexta-feira (31), a revista Veja afirmou ter tido acesso ao conteúdo da delação de Benedicto Junior, ex-­pre­sidente da Odebrecht Infraestrutura.

Segundo a revista, BJ, como é conhecido o executivo, afirmou na delação – já homologada no Supremo Tribunal Federal – que os repasses a Aécio foram “contrapartida” ao atendimento de interesses da empreiteira em obras como a da Cidade Administrativa, em Minas, e da usina de Santo Antônio, em Rondônia, onde a Cemig (estatal mineira) integrou um consórcio.

* * *

Esta revista Veja é realmente uma coxinha direitista perseguidora dos pulíticos honestos, como bem diz Lula, O Impoluto.

Lula tá coberto de razão. A grande mídia golpista é uma merda.

Bom, mas o que eu queria mesmo dizer é que fiquei comovido com esta choradeira da irmã tucanária.

Ela chora tão lindamente quanto as lágrimas que Lula costuma derramar pras suas plateias amestradas.

À parte os erros grosseiros de português, os dois, Lula e Andrea, tem um discurso até parecido.

Eu se emocionei-me todinho e também fui às lágrimas.

Chorei pra cacete e fiquei mais comovido ainda ouvindo Luiz Ayrão cantar sobre o lencinho que não deu pra ele enxugar um rio de lágrimas.

O Editor do JBF chorando um rio de lágrimas

2 abril 2017 DEU NO JORNAL

TRAÍDA PELO SACANA DO VICE

O vice-procurador Geral Eleitoral, Nicolao Dino, que atuou na ação de cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral, afirmou em seu parecer final que a campanha vitoriosa em 2014 recebeu ao menos R$ 112 milhões em recursos irregulares

* * *

Dilma nada tem a ver com isto.

Ela nem sabia disto.

A culpa é de Michel Temer, o “usurpador“.

E mais: quem votou em Dilma, não votou em Temer

Podem perguntar pro fubânico petista Abusador da Razão que ele confirma o que estou dizendo.

E, além do mais, 112 milhões é uma ninharia. Uma merreca.

No país do Petrolão – o maior escândalo do Planeta Terra -, essa minxaria num quer dizer absolutamente nada.

Posse na Praça dos 3 Poderes: desde este dia que Temer vinha se preparando pra sacanear, trair e usurpar – imoral e ilegalmente -, o lugar de Dilma

2 abril 2017 DEU NO JORNAL

APRENDEU A LIÇÃO

* * *

Agora sim, Aécio agiu certo.

A primeira coisa o Cheirador já fez: pedir acesso à dedada, ou melhor, à deduragem que levou no furico emplumado.

O segundo passo é dar um discurso dizendo-se perseguido pela grande imprensa usurpadora e direitista.

Este destaque aí de cima saiu na revista Veja, expoente da mídia golpista. Fora a capa que a revistona deu cagando na cabeça do tucano.

Na etapa seguinte Aécio tem que vir a público e dizer que tudo isto é mentira.

Pra fechar com chave de ouro, ele deve fazer um pronunciamento declarando, com toda humildade possível, que é mais honesto do que Jesus Cristo.

2 abril 2017 DEU NO JORNAL

PÁREO DURO

Lula está animado com as pesquisas.

O destaque de seu site é o levantamento do instituto Ipsos, segundo o qual ele é aprovado por 38% dos brasileiros.

O site de Lula só se esqueceu de dizer que, na mesma pesquisa, ele é reprovado por 59% dos brasileiros.

Até Luciano Huck ganha dele.

* * *

Vamos complementar esta notícia aí de cima com mais outros números, só pra estragar o domingo de Cabeça-de-Fossa, minha querida amiga e conterrânea de Palmares, tesoureira do Comitê Municipal do PT na nossa cidade.

A notícia é esta:

Em termos de satisfação, Lula ficou atrás somente de Joaquim Barbosa e Sérgio Moro, que têm aprovação de 51% e 63%, respectivamente.

Na minha opinião, eu acho que a disputa final será entre a dupla L/L (Lula/Luciano)

Vai ser uma briga pra torar.

Um pleito emocionante.

Um páreo duríssimo

Um batalha capaz de arrombar a tabaca de Xolinha!!!!

Francamente, eu mesmo tô numa dúvida danada sobre pra quem devo dar meu voto ano que vem.

Esta dúvida atroz me oprime o peito.

Luciano Huck ou Luiz Inácio?

Daqui pra lá eu resolvo.

Eleições 2018: duas excelentes opções para o eleitorado banânico


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa