Meu caro Berto,

descobri hoje seu blog…nossa, fiquei encantada…

sou cordelista…veja meu blog:

www.cordelirando.blogspot.com

queria muito participar do concurso de cordel, mas como as inscriçoes terminam amanha eu nao tenho tempo para preparar mas, de qualquer modo, quero manter o contato com vc…amei seu blog

vc me parece uma pessoa genial…quero te conhecer

abraço

R. Minina, tu bateu na porta certa. Pelo que li na tua página, tu sois defensora de direitos humanos, frangos e fêmeas. Três temas que estão sempre presentes nesta gazeta da bixiga lixa.

Eu não sou genial, minha cara, eu tô mais pra genioso e malcriado. E, ao invés de querer me conhecer, eu recomendaria que você conhecesse a turma da Unicordel aqui do Recife. Entre neste endereço:

http://www.vetorcultural.com/unicordelhistraj.html

Veja bem: você é uma cordelista arretada e que sabe fazer poesia. Gostei muito do que li na sua página. A começar pelo título: “Cordelirando”. Parabéns!

Seja bem vinda à comunidade fubânica, sua malassombra do Juazeiro do Norte, terra do meu Padim Pade Ciço.

Do ponto onde me encontro
Na janela dum sobrado
Daqui donde me defronto
Com meu presente e passado
Fico metendo a colher
Do ‘meu lugar de mulher’
Neste mundão desgarrado

Do meu ângulo obtuso
Num canto da camarinha
Afrouxo um parafuso
Liberto uma andorinha
Desmancho uma estrutura
Arranco uma fechadura
Desmonto uma ladainha

(Do Cordel “Lugar de Mulher”, de Salete Maria)

[bruxinha.jpg]
Salete Maria é advogada, professora universitária, ativista pelos Direitos Humanos, realiza estudos sobre Gênero e Direito e tem inúmeros cordéis publicados, sendo a maioria sobre direitos das mulheres, homossexuais e temas ligados às questões marginais e periféricas. É membro da Sociedade dos Cordelistas Mauditos e tem cordeis premiados pela Fundaçao Cultural do Estado da Bahia. Usa a literatura de cordel para dialogar sobre gênero e cidadania.

Compartilhe Compartilhe

13 Comentários

  1. Bispo DeAmbrosio disse:

    Que moça sabida, sô ! E que belos versos que faz !
    Pena que näo tem juízo: quer conhecer o Papäo…
    É muita temeridade, pelas histórias que correm. 🙂

    Mas ela tem um jeito de feiticeira.
    Näo sei se por causa do chapéu, täo característico
    Ou pelo olhar, täo puro e sedutor.

    Um pouco de beleza, enfim, nesse terreiro a Besta.

  2. Paulo Moura (Dunga) Unicordel disse:

    Acabei de entrar no Blog da poetisa, a minina sabe escrever poesia cordelistica!!! Parabens, bem vinda a essa casa de Pai Berto…

  3. Goiano disse:

    Eu, que apesar da idade ainda tenho os pneus cheios, quase estourando, além de partes roxas, quase negras, bombando, achei a amostra arretada, coisa de poeta de mão cheia – essa Salete!

  4. Bispo DeAmbrosio disse:

    Bando de coroas salientes!

    Qué’isso ?!… Väo s’aquetar !… Band’inxirido !
    Näo pode aparecer mulher bonita nesse terreiro que fica tudo assim!

    (Detesto concorrência).

  5. Ismael Gaião - UNICORDEL disse:

    Ela, além de muito bela
    É uma grande poetisa
    Seu semblante hipnotiza
    Como faz toda donzela
    Marmanjos olham pra ela
    Com os olhos esbrugalados
    E ficam logo assanhados
    Mas ela só fica rindo
    Vendo só se inxirindo
    Um bando de abestalhados

    Grande poetisa, a UNICORDEL aguarda sua inscrição, kkkkk!

  6. Ismael Gaião - UNICORDEL disse:

    Ela, além de muito bela
    É uma grande poetisa
    Seu semblante hipnotiza
    Como faz toda donzela
    Marmanjos olham pra ela
    Com os olhos esbrugalhados
    E ficam logo assanhados
    Mas ela só fica rindo
    Vendo só se inxirindo
    Um bando de abestalhados

  7. salete maria disse:

    Meu caro Berto, obrigada pela atenção, recebi algumas mensagens depois que você possibilitou que alguns cordelistas lessem meu trabalho…fico muito feliz…aqui em Salvador (estou em Salvador desde 2007, mas contando as horas para voltar para casa…apesar de Salvador ser uma cidade linda, no Cariri, como diz o poeta, é que “jaz meu coração”) ando procurando cordéis, procurando pessoas, enfim…gosto de apreciar o trabalho e o talento de outras criaturas…
    beijos
    sucesso, sempre!
    vou ver sim a turma no Unicordel

  8. salete maria disse:

    Adorei as estrofes do Ismael…excelente!

  9. Ismael Gaião - UNICORDEL disse:

    Obrigado grande poetisa.
    Olhei o seu Blog e li vários de seus cordéis, são ótimos!
    Gostaria de saber com posso te mandar alguns dos meus Cordéis e minhas poesias.
    Um abraço.

  10. Ismael Gaião - UNICORDEL disse:

    Se preferir usar e-mails, o meu é ismaelgcosta@yahoo.com.br

  11. Claudemiro Pereira da Silva disse:

    Gosto como vocês de fazer alguns versos, não mim considero um artista nem tão repentista só gosto do que é belo. Fico feliz em descobrir pessoas do Cariri que ajuda á divulgar á rimar e alegrar o nosso belo Cariri.

    Um abraço á todos.

  12. SALETE MARIA disse:

    Quero mandar um abração para esta turma do Besta Fubana…e dizer que tenho lido as coisas maravilhosas que Ismael escreve. ô critura criativa!!! Deus te ilumine SEMPRE!!!!

  13. Cardeal Ismael Gaião disse:

    Obrigado amiga (virtual por enquanto), Poetisa Salete. Isso é bondade sua. Gosto muito de receber notícias suas e espero, em breve, a gente se conhecer. Abraços.

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa