30 dezembro 2016BANDIDAGEM EM FAMÍLIA



Os principais financiadores da empresa Gamecorp, que pertence a um dos filhos do ex-presidente Lula, injetaram na firma ao menos R$ 103 milhões, de acordo com laudo elaborado na Operação Lava Jato.

A cervejaria Petrópolis e empresas ligadas à OI são os principais remetentes desses recursos.

A OI, que neste ano fez o maior pedido de recuperação judicial do país, já havia investido R$ 5,2 milhões na Gamecorp em 2005, ainda com o nome de Telemar.

A empresa está em nome de Fábio Luís Lula da Silva e dos sócios Kalil Bittar, Fernando Bittar e Leonardo Badra Eid, e é responsável pelo canal PlayTV.

O grupo Petrópolis, de Walter Faria, dono da Itaipava, pagou R$ 6 milhões à empresa do petista.

Além dos R$ 103 milhões pagos por outras empresas, há nas contas bancárias da empresa repasses da própria Gamecorp que somam R$ 64,3 milhões.

* * *

É dinheiro pra caralho.

Puta que pariu!

A bandidagem é em família.

O filhote traz no sangue a herança genética de Lapa de Corrupto.

A família que rouba unida, permanece unida.

Duas belezinhas: bandido pai e bandido filho

Compartilhe Compartilhe

3 Comentários

  1. A. Luis disse:

    .
    e, e, e,
    e, cadê a praca nos peito do bandido filho ??? ::: …

  2. CARLOS FRANCISCO DE FARIAS disse:

    Pois é,a família que rouba unida,permanece unida,na cadeia.Na cadeia,a união faz a força.

  3. Hardy Guedes disse:

    E quem abastecia a corrupção via CERVEJARIA PETRÓPOLIS (ITAIPAVA) era a Odebrecht.
    Aí, tem!

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa