Uma inesperada notícia pegou os dirigentes do Partido dos Trabalhadores de surpresa no final da manhã de hoje.

Até então aliado da legenda, o deputado federal Paulo Maluf, anunciou rompimento político, dizendo que “tudo, até mesmo a esculhambação, tem limites”.

MALUF, QUE ERA ALIADO DO PT DESDE A CAMPANHA ELEITORAL DE FERNANDO HADDAD À PREFEITURA DE SÃO PAULO, DECLAROU QUE “TUDO BEM FAZER UMA MARACUTAIAZINHA OU OUTRA, MAS O PT EXTRAPOLOU OS LIMITES, FAZENDO ATÉ MESMO UMA PESSOA COMO EU SER CONSIDERADO UMA MADRE TEREZA DE CALCUTÁ PERTO DELES. ATÉ EU FIQUEI ESTARRECIDO COM A ROUBALHEIRA”.

Maluf disse que a aliança com a legenda estava comprometendo sua imagem junto aos eleitores, que o questionavam sobre a proximidade.

“ATÉ MESMO MINHA MÃE FICOU COM DESGOSTO, DIZENDO QUE EU SÓ ME JUNTO COM QUEM NÃO PRESTA, ENTÃO TIVE QUE TOMAR ESSA DECISÃO.”

1 Comentário

  1. Deco disse:

    O Maluf “casou” com Lula sem consentimento da mãe. Agora, está divorciando de um casamento que tinha tudo pra dar errado. Será que algum dia os malufista aprovaram este “casamento?

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa