17 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MONSENHOR ARAKEN M. ACCIOLY

Natalina Santidade:

Não sabia que o JBF tinha lançado um concurso de Contos de Natal.

Desde já quero deixar aqui o meu voto para aquele que com certeza será o vencedor, parabéns aos criadores Juliana e Maurício.

Realmente muito criativos…

R. Num fale mal da moça, seu linguarudo. E muito menos do deputado, um homem sério, que tem mais barba que pentelhos, líder do seu partido, petralha até o talo e um dos maiores tribunos que o parlamento federal já conheceu.

Eu já proibi Otacílio de chamá-lo de Cara de Bacurinha Lambida ou Voz de Ganso do Capitólio.

Não permito desmoralização de autoridades aqui no JBF. Nunca!

mrands.JPG

De modo algum se pode chamar uma criatura destas de Cara Lisa

17 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

FEIRA DE MANGAIO

Eu achava um saco ver os vídeos do youtube porque eles eram interrompidos com frequência, som e imagem, enquanto estavam sendo carregados.

Até o dia que me deram a dica: baixar o som e deixar o vídeo ser carregado até o final. Ai é só reproduzir e ele é exibidido normalmente, sem interrupção.

Tô dando esta dica (desconfio que sou o único que não sabia disto…) porque agora o JBF, entre as suas muitas inutilidades, oferece mais esta.

Como presente nesta quarta-feira, temos a música Feira de Mangaio, composição de Glorinha Gadelha e Sivuca.

A interpretação é de Clara Nunes e Sivuca, dois grandes talentos que já não mais pertencem ao mundo dos vivos.

Boa audição.

<

17 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

TEMPOS FELIZES

AMIGO PAPA BERTO I…BOA NOITE!

NATAL…ANJOS…SINOS…E TUDO QUE AINDA É CAPAZ DE NOS ILUDIR!

QUE SUA FESTA SEJA REGADA COM MUITO AMOR JUNTO AOS SEUS QUERIDOS,PRINCIPALMENTE ALINE E O PAPINHA JOÃO.

E…QUE 2009 NO SEU AMANHECER MOSTRE-LHE COM CLAREZA QUE VOCÊ É LUZ!

MEU ABRAÇO, MEU CARINHO.

Roserlei

Aos leitores do JBF e apaixonados pela ICAS o desejo de PAZ-AMOR-SUCESSO.

* * *

Boas Festas com “Mamãe” Noel

Bispo Goiano

feliznatal.jpg

* * *

Minha filhinha, Papai Noel,
É uma figura tragicômica!
Não se iluda com seus enredos
Pois que no meio de seus brinquedos,
Virá um dia a bomba atômica!

ASCENSO FERREIRA

Fábio Passa Disco

17 dezembro 2008 DEU NO JORNAL

UM TEXTO DE LUIZ ALBERTO MACHADO

OLHA O PRESENTAÇO DE GREGO AÍ, GENTE!

Gentamiga, cadê a indignação? Vamos colocá-la em dia para adimplir com a cidadania? Vambora!

Negócio é o seguinte: eu sempre soube que atirar com espoleta dos outros é bom demais! E quando se trata de verba pública, ôxe, ai é que os prestidigitadores do poder fazem festa, distribuem presentes, obram gracinhas filantrópicas, se arrumam, se ajeitam e se tornam verdadeiros reis da cocada preta com a zoada de girândulas queimando no centro. Assim, também, até eu sou o melhor, ora. Mas tenho vergonha na cara e leseira suficiente para tentar ganhar a vida numa labuta daquelas de suar o couro na lasqueira mesmo.

Mas quem nunca viu um prefeito chegar pro mandato arrastando uma cachorrinha magra daquelas guenza vira-lata com a língua de fora e só pelanca, com uma mão na frente e outra atrás, sem ter nem onde cair morto? E quem também não viu esse mesmo sair com um montão de posses, caga-raio, barrunfeiro e dono duma riqueza nebulosa que todo mundo sabe como foi que ela foi conquistada, mas fica todo mundo – Tribunal de Contas, Receita Federal, LRF, pqp e povo em geral –, tudo calado com o rabinho entre as pernas, hem?

Clique aqui e leia este artigo completo »

17 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

CARDEAL XICO BIZERRA – JABOATÃO DOS GUARARAPES-PE

Meu TRI-ONI papa (Onipotente, Onipresente e Onisciente):

Vejo a alegria dos chargista com a ‘sapatada’ no bush. Quase todos eles – em charges reproduzidas neste JBF – tratam do tema.

Resta-me a inveja: gostaria muito de ter oportunidade de jogar nem que fosse minha ‘havaianazinha’ carcomida pelo tempo no bush. Imploro vossa sábia sabedoria sabiíssima para ajudar-me. Que fazer?

De seu humildade Cardeal, em tratamento contra chulé adquirido pelo uso exaustivo das havaianas que quero jogar no bush (com chulé e tudo),

R. Bush está em final de mandato e eu acho que não mais teremos qualquer oportunidade de dar-lhe uma sapatada na fuça enquanto ele exerce a presidência. Quem sabe, talvez, já aposentado e gozando imerecidas férias em terras brasileiras, a gente faça uma justiça tardia. Quem sabe?

Enquanto isto, vamos nos organizando pra jogar tamancos, penicos e tamboretes nos políticos brasileiros.

E já que você quer gastar sua havaianazinha, contente-se com esta charge de Mariano:

mrnn.jpg

17 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

TEMPOS FELIZES

Caro Luiz Berto,

Agradeço seu empenho e presteza.

Feliz Natal e um 2009 menos besta, mais alegre e cheio de festas, poesia, carnaval e outras fuleiragens.

Um abraço,

Sérgio Annibal

17 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

HUMANOS, CANINOS, SUINOS E ABESTADOS

No último dia 4 de dezembro o JBF publicou carta da leitora Mariana Capiberibe conclamando o povo do Recife para ato público a favor dos animais e contra a “carrocinha” que leva cachorros pro xadrez.

A imprensa local deu ampla cobertura ao evento e eu mesmo vi Mariana na televisão deitando falação em nome da ADA (Ativistas pelos Direitos dos Animais).

Sem ironias e sérios que só porco mijando, os ativitas batizaram o evento de “Movimento Recife Contra a Carrocinha”.

O Cardeal Leonardo Leão resolveu opinar sobre o assunto e a polêmica rendeu 26 comentários, um recorde para esta gazeta da bixiga lixa.

Uma verdadeira cachorrada.

Quando eu penso que o assunto estava esgotado, aí aparece o jornalista iraquiano jogando sapatos no focinho de Belzebush e xingando-o de “cachorro”.

Ora, os cachorros do mundo inteiro ficaram ofendidos e eu acho que a ADA deveria se posicionar firmemente contra este desatino do iraquiano de péssima pontaria. Chamar Belzebush de cachorro é uma grave ofensa aos caninos.

E quando eu penso que já tinha visto de tudo neste mundo, leio esta manchete num jornal de Santa Catarina:

“Cães atacam homem que cuidava de porcos”

Suponho que os caninos ficaram com ciúmes da porcada e investiram contra o suinocultor. Ou seja: os cachorros catarinenses, enfim, escancararam um sentimento autenticamente humano, coisa que os defensores dos bichos vivem proclamando aos quatro ventos que eles têm e os renitentes não levam a sério e ainda fazem galhofas.

Pois sim.

A cachorrada agrediu a porcaria com instintos que só são vistos em atitudes dos bichos de duas patas.

E ai vem dúvida: é um progresso ou um retrocesso para o reino animal?

Eu fiquei mais abestalhado do que o que já normalmente sou.

jrnl.jpg

17 dezembro 2008 DEU NO JORNAL

BODE COM DEZENA

Bode nasce com número ’10’ escrito nas costas. Animal vive em fazenda na Inglaterra. Dono quer vendê-lo para clube ou jogador de futebol.

* * *

Isso é bode de primeiro mundo, de país rico. Se fosse um bode azarado do sertão brasileiro, nasceria com o número 13.

bode.jpg

Bode inglês: nasceu pra ser mascote de time rico

TIA DÉBORA

Todo mundo dava palpite em sua vida: Débora vai ficar para titia! Aos 36 anos, solteira, boêmia, freqüentadora assídua da boate Middô. Bebia bem, fumava, no fim-de-semana só dormia quando o sol nascia. Era moça prendada, de boa família, assistente social, morava com sua mãe, viúva. Débora sempre foi chegada à única irmã, Bethânia, são amigas. Seus três sobrinhos, são três xodós, principalmente Francisco, o do meio.

Deby era boêmia nata, amava a noitada. Os namorados não agüentavam a disposição da menina. Seu querido cunhado, o deputado, lhe arranjou uma sinecura na Assembléia, portanto, não havia compromisso em horário de trabalho. Com seu gênio alegre, bonachão, era querida de todos. Seu cunhado, o deputado, era (ainda é) um tremendo mulherengo.

Débora pegou-o em flagrante diversas vezes nas noitadas da cidade. Discreta, jamais contou a sua irmã. Certa noite ele tentou comê-la. Débora bêbada ainda deu uns beijos, mas, lembrou-se da irmã que adorava, empurrou o cunhado, saiu do carro em disparada. Sóbria teve uma conversa com o deputado, gostava dele, sentia-se também atraída, mas nunca trairia Bethânia, sua amada irmã. A partir desse dia jamais houve tentativa por parte do cunhado, continuaram amigos.

Clique aqui e leia este artigo completo »

17 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

O ESPORRO DO ESTUPOR

ga-1.jpg

HQ da crônica “O Esporro do Estupor”, do livro “Deu com a Pleura! matutices da cidade grande”, de Gustavo Arruda (ZIT Editora, 2008). Já nas livrarias (www.deucomapleura.rg3.net):
Continua amanhã…

16 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

CARDEAL LEONARDO LEÃO – RECIFE-PE

Santidade,

O abrigo para idosos Cristo Redentor foi assaltado pela segunda vez! É um absurdo! O cara roubar pobres velhinos que vivem da caridade alheia é de lascar mesmo!

Estou procurando cães de guarda para colocar no terreno em volta. Meu cunhado é veterinário e vai cuidar deles e eu ficarei responsável pelo adestramento para obidiência e guarda.

É preferível que sejam fêmeas para evitar conflitos entre machos e, se possível de raças tradicionalmente já adaptadas à guarda, como Rotwailer, Pastor Alemão, Dogue Alemão, Fila etc. Não precisa de pedigree, mas é bom que sejam de raça conhecida para facilitar o manejo.

Quem puder fazer a doação, de preferência indo lá para verificar como serão bem tratados os animais e a utilidade que terão.

Como o espaço é muito grande, porecisaremos de quatro ou cinco. Os animais serão distribuídos em “piquetes” para maior garantia dos idosos que lá moram e são mantidos pelo Clube de Rotary que meu cunhado frequenta.

Agradeço antecipadamente aos que puderem ceder seus cães.

R. Como eu já disse, cachorrada é aqui mesmo no JBF.

Ainda mais em se tratando de uma cachorrada para fins tão nobres.

Quem puder ajudar, faça contato com esta gazeta da bixiga lixa.

Os idosos agradecem do fundo do coração.

16 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

O HERÓI DO MOMENTO

Este é o mais novo herói mundial, o reporter da TV TV al-Baghdadiya que atirou um par de sapatos em Belzebush.

Enquanto esta moda não chega ao Brasil (que espero seja adaptada pra jogar tamancos e tijolos), o Jornal da Besta oferece como brinde aos seus leitores a foto da mais nova celebridade mundial.

Pode ser entronizada na sala, pra trazer boa sorte, ou plastificada pra colocar na carteira e trazer muito dinheiro pra dentro do sapato que os leitores irão colocar na janelas às vesperas do Natal.

Ele merece. Lavou o peito do mundo inteiro e faz Sadam Hussein dar risadas no túmulo.


Muntadar al-Zaidi: herói do mundo e herói da indústria de sapatos

MOACIR LAURENTINO E CARLOS AIRES: DOIS CABRAS BONS DE GLOSAS

Moacir Laurentino glosando o mote:

Foi com dor no coração
que eu deixei o meu lugar

Não voltei pra minha aldeia,
já faz tempo que eu não vejo
meu primeiro realejo,
e a minha bola de meia;
brincar de toca na areia
nunca mais pude brincar
também não fui mais puxar
na porteira do pião.
Foi com dor no coração
que eu deixei o meu lugar.

Minha mãe cortou a fala,
quando eu disse: eu vou partir,
porém antes de eu sair,
botou a roupa na mala,
depois veio até a sala,
só para poder rezar;
para Deus me acompanhar,
ela fez uma oração.
Foi com dor no coração
que eu deixei o meu lugar.

Minha terra de IRACEMA,
eu deixei um certo dia,
pra viver de cantoria
e papai disse, sem problema,
treine para cantar tema,
desafio e beira-mar,
se um cantador lhe açoitar.
abandone a profissão.
Foi com dor no coração
que eu deixei o meu lugar.

Eu deixei o meu jardim,
minha primeira morada,
mas arranjei namorada,
filho solteiro é assim,
mãe esperava por mim,
pensava de eu regressar,
filho depois de casar,
não volta pra casa não.
Foi com dor no coração
que eu deixei o meu lugar.

* * *

Carlos Aires glosando o mote:

Vem ver como a vida é bela
Vivida no meu sertão

Oh, seu moço da cidade
Que vive de fino trato
Venha um dia aqui no campo
Sentir o cheiro do mato
Ver amanhecer o dia
Respirando a brisa fria
Pura, sem poluição
Comer com a mão na panela
Vem ver como a vida é bela
Vivida no meu sertão

Vem ouvir a melodia
De um vaqueiro caprichoso
Que um aboio saudoso
Cheio de melancolia
Sentindo a alma vazia
Ele enche o seu pulmão
Canta uma linda canção
E conquista a jovem donzela
Vem ver como a vida é bela
Vivida no meu sertão

Clique aqui e leia este artigo completo »

16 dezembro 2008 FULEIRAGEM

BENETT – GAZETA DO POVO – CURITIBA-PR

1108.jpg

16 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

JESSIER QUIRINO E O MATUTO NO CINEMA

Nosso querido Cardeal Jessier Quirino, colunista do Jornal da Besta, tentando declamar “O Matuto no Cinema” e sendo atrapalhado pelo idiota do Jô Soares.

Mesmo assim, vale a pena assitir.

 

16 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

XICO TEMPORÃO – RECIFE-PE

Sua Santidade…

O nosso serviço de paparazzo flagrou um dos colaborados de Vosso Jornal saindo de um inferninho.

Essa foto foi tirada na calçada da boate Metrópole, no Bairro da Boa Vista, as 5h da manhã, da sexta-feira passada… eu acho que ele voltou a beber!!!

R. “Nosso serviço”???

“Nosso” de quem???

Vocês ficam cutucando onça com vara curta e depois vão chorar lágrimas de sangue.

Meu finado pai já dizia: “quem com muitas pedras bole, uma lhe cai na cabeça”.

E, em falando em pedra, quero lembrar pra você a famosa frase de Karl Marx, gravada neste pequeno cartaz:

pedra.jpg

Eu espero que você seja maxo o suficiente pra sustentar o que diz e garantir a autenticidade das fotos que manda para o JBF.

anai.jpg

UM HOMEM DE PALAVRA

Não se pode dizer que o presidente da República não é um homem cumpridor. Faz pouco tempo, ele afirmou fazer uma verdadeira revolução na educação, o que, a princípio, pareceu bazófia, mas, agora, tudo se torna claro. Ele, em verdade, está fazendo uma revolução tão importante que, até, está mudando a história do Brasil, ao endossar e distribuir livros didáticos com equívocos sobre o terrível AI-5.

Segundo noticiou o Videversus, pelo menos quatro dos dez livros de história mais bem avaliados pelo Programa Nacional do Livro Didático do Ministério da Educação — todos produzidos pelo governo Luiz Inácio da Silva e utilizados pelas escolas públicas do ensino fundamental, contêm informação errada sobre o AI-5, enquanto dois outros simplesmente ignoram o acontecimento histórico.

Um dos livros, de título História: das Cavernas ao Terceiro Milênio, escrito por Myrian Becho Mota e Patrícia Ramos Braick, atribui ao AI-5 o estabelecimento da pena de morte no País, deslize que não foi percebido pelos professores universitários contratados pelo governo para referendar as obras, que foram avaliadas como ótimas em critérios abrangendo concepção e conhecimentos de história.

O ministério não informou quantos livros com o erro foram distribuídos nem há quanto tempo eles são usados, porém os dados mais recentes, obtidos pela pesquisadora Célia Cristina de Figueiredo Cassiano, mostram que em 2002, só na cidade de São Paulo, 4.224 escolas receberam a obra. Recorde-se que os livros recomendados pelo MEC são avaliados por uma comissão de 29 professores universitários, observando as fontes históricas, a metodologia de ensino-aprendizagem e a concepção de história.

Como se vê, o ensino brasileiro vive uma revolução cruenta, que começa fuzilando a exatidão dos fatos.

16 dezembro 2008 FULEIRAGEM

SPONHOLZ – JORNAL DA MANHÃ – CURITIBA-PR

1107.jpg

16 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

JULIANA KIT GAME – RECIFE-PE

kmo eu sie que vc ñ vai mermo pubicar mando estte artigo de maurico proa esta merda de jornal

R. Vc ñ imajina komo esta merda de jornal fika onrado em reproduzir este artigo di mauricio. istamos as çuas ordis.

A CRISE E O GOVERNO LULA

Maurício Rands

Caminhando para o final de 2008, devemos refletir sobre o que avançamos ao longo do ano e também sobre as perspectivas para 2009. Qualquer análise tem que levar em conta a crise econômica e financeira criada no exterior, no coração do capitalismo, e com reflexos em todo o planeta. O Brasil, embora não imune à crise, mostrou-se com forte musculatura para enfrentá-la.

O governo anterior era demasiadamente propenso aos dogmas do fundamentalismo de mercado e das privatizações como solução para tudo. Não tivesse aquela propensão sido revertida com a vitória do PT e dos aliados, o Brasil hoje não teria os instrumentos para enfrentar a crise.

No segundo semestre de 2008, a Câmara dos Deputados aprovou uma série de projetos que reforçaram a estratégia do governo Lula, que se mostrou sábio ao adotar, desde 2003, medidas que, hoje, são praticadas pelos países ricos para atravessar a crise.

Clique aqui e leia este artigo completo »

16 dezembro 2008 FULEIRAGEM

DÁLCIO – CORREIO POPULAR – SÃO PAULO-SP

2104.jpg

16 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

BISPO HARDY GUEDES – NATAL-RN

Caro Papa,

Vê se dá para acreditar na espécie dita humana?

R. E como desmantelo só presta grande, eu ouvi hoje cedo que voltou a chover em Santa Catarina.

E vamos ao recorte que você nos mandou:

Soldados e voluntários furtam doações em Santa Catarina

A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Blumenau deve mudar os processos de triagem e distribuição de donativos, depois que a reportagem de uma emissora de TV local flagrou soldados e voluntários furtando roupas e mantimentos que deveriam atender às vítimas das enchentes e deslizamentos de terra no Vale do Itajaí. O flagrante ocorreu no Pavilhão 1 do Parque Vila Germânica, em Blumenau. A denúncia foi feita por outros voluntários.

16 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

TEMPOS FELIZES

CLAREAR AS VERTENTES

As árvores de meu quintal renovaram as folhas. Há um resgate do verde nos galhos que já nasceram. As flores nas plantas do jardim vão colorindo a paisagem desse entorno natural. E os pássaros findaram o tempo das crias. O sabiá canta retomando o ciclo do existir terreno. Como disse o poeta: “Vê, há esperança ainda.”.

Faço votos que os desejos de proximidade. de fraternidade e de caridade, na síntese que o amor simboliza, reacendam no coração de cada um a chama do recomeço. É necessário, sempre, reinventar a vida. Que a lâmpada da dedicação ao próximo ilumine os caminhos e possa clarear as vertentes de um doravante que se apresenta como um tempo novo.

São os votos sinceros de

Geraldo Pereira e Família

16 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

CACHORRADA

Meus diletos leitores sabem do esforço titânico e botânico que eu faço pra manter o alto nível desta gazeta.

Vez ou outra o Bispo Goiano ressalta minha luta inglória.

São em vão todas as tentativas de melhorar a qualidade editorial do JBF e mantê-lo num padrão compatível com a grandeza intelectual de sua clientela.

Rezo o dia inteiro, mas o que não falta na minha frente é assombração.

Vejam, por exemplo, este cabra safado do Padre Carlos Linhares, que dirige uma paróquia da ICAS na periferia de Natal.

Ele me mandou um apelo desesperado, me pedindo pra eu divulgar entre os nossos leitores o triste caso do cachorro da pata fudida. Isto mesmo: ele queria doar o cachorro da pata fudida.

E me mandou a foto do miserável canino.

Vejam só:

pata-fudida.jpg

16 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

DE PENICO CHEIO

Né pouca merda não.

É muita merda mesmo.

Esta é a meta perseguida pelo JBF, que hoje inaugura mais uma coluna da bixiga lixa, com o título de Sobre as Cidades, assinada por Eduardo Bezerra.

Eduardo é um recifense completamente abufelado e catrabílhico de 30 anos, casado, biomédico formado pela Universidade Federal de Pernambuco, sanitarista pelo Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães e mestrando em saúde pública pela mesma Instituição. Sua pesquisa de mestrado aborda a relação da violência com o acesso a cidade.

A partir de hoje, Eduardo vai nos presentear com seus textos excelentes sobre geografia humana, urbanismo, sociologia, antropologia e filosofia.

Como eu já disse, é merda que só a porra.

ebjv.JPG

Eduardo Bezerra, com chapéu de penitente, ao lado da péssima companhia de João Veiga, também colunista do JBF e Cardeal da ICAS

16 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

BANANA REPUBLIC

Vejam que história arretada.

No começo deste ano, entre os dias 26 e 28 de março, foi realizado aqui no Recife um pomposo evento com o nome de Fórum Brasil-México, que reuniu representantes de grandes grupos empresariais brasileiros e mexicanos, além de governadores, ministros e outras autoridades públicas.

O Presidente Lula fez a abertura e trouxe com ele vários ministros, entre os quais Dilma Roussef e Celso Amorim. Daqui da terrinha estiveram presentes o Governador de Pernambuco e o Prefeito do Recife. Fora um balaio sem conta de aspones, xeleléus, baba-ovos e xaleiras diversos, cada um mais importante e lustroso que o outro, num total de 300 bundas sentadas nas confortáveis cadeiras.

O evento teve lugar no luxuoso Hotel Atlante Plaza, um cinco estrelas na beira da praia da Boa Viagem.

Pois bem.

No último mês de outubro o hotel ajuizou uma ação cobrando uma dívida de 90 mil reais do organizador do evento, um certo Alvaro Luiz, filho do notório empresário paulista Mário Garnero (ele aparece na foto que ilustra esta nota).

Seria uma injustiça eu alertar o nosso querido presidente Lula sobre o velho brocardo “dize-me com quem andas…”, pois ele não sabia de nada. Como é de costume.

Mas os leitores do JBF, que sempre sabem de tudo, podem ter acesso ao processo, a partir dos dados que estão logo a seguir.

Não se esqueçam: vivemos numa terra onde o Supremo Magistrado da Nação, acompanhado de governadores, ministros e altas autoridades, participa de um evento cujos organizadores dão o calote no hotel onde o encontro foi realizado.

Nada mais Brasil.

Processo:

Número 001.2008.043068-7
Feito Execução de Título Extrajudicial
Vara Vigésima Nona Vara Cível da Capital
Juiz Luiz Sergio Silveira Cerqueira
Autor PAULISTA PRAIA HOTEL S.A
Advogado João Ricardo Barine Carlos de Mendonça
Réu EXPERIENCE MEDIA COMUNICAÇÃO E MARKETING LTDA
Réu RICARDO LUIZ NATALE
Réu ALVARO LUIZ MONTEIRO DE CARVALHO GARNEIRO

Lapa de Sábio abrindo o Fórum Brasil-México, organizado por um cabra safado caloteiro de São Paulo

16 dezembro 2008 FULEIRAGEM

NOVAES – CHARGE ONLINE – RIO DE JANEIRO-RJ

518.jpg

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

CLAYTON – JORNAL DO CEARÁ – FORTALEZA-CE

1023.jpg

15 dezembro 2008 DEU NO JORNAL

LENDA

O Supremo Tribunal Federal (STF) julga na próxima quinta (18), o processo em que o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci é acusado de envolvimento na quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa, em 2006. Os ministros do Supremo decidirão se aceitam a denúncia e abrem uma ação penal contra Palocci ou se arquivam a investigação.

* * *

Ué… E tem processo? E isto aconteceu mesmo?

Eu pensei que esta história do caseiro fosse uma dessas lendas que viram verdade depois de tanto ser repetidas na internet.

Como a do mensalão e a dos dólares na cueca.

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

DUKE – O TEMPO – CONTAGEM-MG

1125.jpg

15 dezembro 2008 A PALAVRA DO EDITOR

PESQUISAS-2

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva obteve novo recorde de popularidade, segundo pesquisa CNI/Ibope divulgada hoje. De acordo com o levantamento, 73% avaliaram o governo como ótimo ou bom em dezembro.

* * *

Tá muito baixo ainda este índice.

O nobre e esclarecido povo brasileiro tá sendo muito injusto para com o Presidente Lula.

Ele já deveria estar ultrapassando os 98% e mandando sifu os 2% de renitentes.

nnn.JPG

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

MIGUEL – JORNAL DO COMMERCIO – RECIFE-PE

1325.jpg

15 dezembro 2008 DEU NO JORNAL

PESQUISAS

A pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira (15) mostra que 47,8% dos brasileiros não conhecem ou nunca ouviram falar da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, cotada no PT para suceder o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2010.

* * *

Ou seja: metade da população brasileira não tem a menor idéia de quem é a ministra mais poderosa, importante e badalada do governo petralha.

Povo bem informado é este nosso.

A mesma pesquisa revela que o simpático e bem humorado governador José Serra bate Dilma de todos os modos e em qualquer cenário. Mais ainda: até Heloisa Helena está à frente de Dilma.

Quando Lula optar por Eduardo Campos, governador de Pernambuco, para seu sucessor, vai surpreender muita gente. Menos os bem informados leitores do JBF, que já receberam esta dica há muito tempo.

Antes que eu me esqueça: este mesmo povo foi ouvido pelo mesmo instituto sobre o presidente Lula. A avaliação positiva de Lapa de Asno foi de mais de 71%.

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

SINOVALDO – JORNAL NH – NOVO HAMBURGO-RS

1721.jpg

15 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

TEMPOS FELIZES

Evilácio, João Veiga, Luiz Berto e Zelito,

Feliz Natal?

dm.jpg

Tristes Natais de hoje em dia…
Pois “QUEM” aniversaria
Está na periferia
Ou a esmolar num sinal,
Enfrentando o preconceito,
O maltrato e o desrespeito,
Sem ter direito a Natal…

dm-3.jpg

Por isso os Natais da gente
Precisam sair, urgente,
Atravessar o batente,
Andar por praças e guetos,
“Registrar” nome por nome,
Os CRISTOS que passam fome
Equilibrando esqueletos…

dm-2.jpg

Aí, após “cadastrá-los”,
Ouvir seus ais, abraçá-los,
Tentar descrucificá-los,
Num gesto de amor profundo.
Depois, retomar a luta,
Na certeza absoluta
Do melhor Natal do mundo!!

dm-1.jpg

Boas cachaçadas
2008/2009!

(anestesiado, suporta-se tudo…)

Dedé Monteiro e Teté
Tabira, dezembro/08

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

IOTTI – ZERO HORA – PORTO ALEGRE-RS

1823.jpg

15 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

PAPISA ALINE – RECIFE-PE

“Motorista que provocou acidente em Boa Viagem ainda fora do Cotel”

É pra se lascar! O cabra dirige seu carrão embriagado, ultrapassa o sinal vermelho, bate em um carro onde estava uma família: mata a enfermeira de 33 anos, o marido dela está internado, teve fraturas expostas e não sente as pernas, sua filha de seis anos, passou por uma cirurgia para reconstituir o nariz e o provocador de toda esta tragédia, se “sentiu mal” e foi se internar em um hospital particular. Pra mim foi curar a ressaca. E fugir da cadeia. Um caso revoltante, que enoja e envergonha. A irmã da enfermeira assassinada, disse: “A lei seca é pra pobre, pra rico, a liberdade”.

Estou arrasada com esta notícia. Um pai de família sai pra deixar a esposa em seu trabalho e a filhinha na casa do avô, pra depois seguir pro seu serviço e encontra uma desgraça dessa. É inaceitável! E, tudo indica, vai ficar livre, leve e solto nas ruas de Recife.

R. A Papisa está se referindo a um acidente acontecido neste final de semana, envolvendo filhinhos-do-papai ricos e uma família classe média, destroçada pela tragédia. O assunto toma conta da cidade e revolta as pessoas sensatas. Os pústulas voltavam de uma farra em uma casa noturna, bêbados, e a família começava seu dia de trabalho.

Concordo. É revolvante.

Mas o que me deixa mais chocado ainda é ver gente boa, gente esclarecida, amigos meus bem nutridos e alfabetizados que bradam contra a Lei Seca.

Francamente, eu queimo o juizo e não entendo esse povo.

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

ANGELI – FOLHA DE S. PAULO – SÃO PAULO-SP

1921.jpg

15 dezembro 2008 DEU NO JORNAL

DOIS PESOS, DUAS RENDAS, DUAS CLASSES SOCIAIS

O Supremo Tribunal Federal negou habeas corpus para Marcelo dos Santos da Silveira, acusado de furtar uma janela de ferro no valor de R$ 100. O ministro Joaquim Barbosa concluiu que o princípio da insignificância ou bagatela “não pode ser aplicado apenas e tão-somente com base no valor da coisa subtraída, como quer o impetrante”.

* * *

O Excelentíssimo Senhor Ministro Joaquim Barbosa, autor deste edificante despacho, pertence ao mesmo tribunal onde senta a jurídica bunda o Excelentíssimo Senhor Ministro Gilmar Mendes, aquele que mandou soltar o banqueiro ladrão Daniel Dantas.


Ministro Joaquim Barbosa: uma excelência que nos faz ter mais orgulho ainda da justiça brasileira

15 dezembro 2008 FULEIRAGEM

AMÂNCIO – TRIBUNA DO NORTE – NATAL-RN

1521.jpg

15 dezembro 2008 CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

MAGAL MELO – GUARABIRA-PB

Olá, um poema e um abraço .

R. O poema está transcrito a seguir.

Quem quiser mais, pode dar uma passeada no endereço do poeta, que é nascido em Camaragibe, Pernambuco e, além de Médico Veterinário, é também ator e educador popular.

http://cadernodepoesias3.blogspot.com/

Réquiem para uma cidade entre o caos e o desejo

Sou um palhaço sem futuro
Tropeçando pelos becos
Dos prostíbulos encharcados
Se descascando sob a chuva
De facas, fel e foices
No submundo dos excluídos
Em meio ao bombardeio da ganância

Clique aqui e leia este artigo completo »


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa