14 novembro 2017ASCENSÃO SOCIAL



Luislinda reconhece que foi exagero comparar um salário de R$ 33.700 a trabalho escravo

“Sou preta, pobre e da periferia e sei o que é viver longe dos grandes centros”.

Luislinda Valois, secretária dos Direitos Humanos de Michel Temer, durante a cerimônia de lançamento do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro e Municípios, afirmando que não se considera mais escrava por receber apenas R$ 33.700 por mês, apenas pobre)

5 Comentários

  1. Flavio Feronato disse:

    Deixa algum pobre saber que ela é pobre!

  2. Carlo Marqui disse:

    Luis é mesmo “linda”.

  3. A. Luis disse:

    .
    não vou escrever o que desejo para ser ser preso AD AETERNUM !!!

    e ‘cês já imaginaram uma mulhé dessa desembargadora, com toda a sua empáfia, toda a sua arrogância?

    M O R R O
    D E
    M E D O
    !!!

  4. jm disse:

    dona luizllinda. a senhora é uma sem vergonha.

  5. Marcos Pontes/DF disse:

    Sinto nojo ao ver o rosto dessa mulher, deveria ser demitida de imediato, infelizmente o Temer é um frouxo.

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa