Os juízes que vão interrogar o ex-presidente sabem tudo sobre o réu. O interrogado não faz ideia do que sabem os magistrados

O fracasso da tentativa de trocar o depoimento em Curitiba por uma teleconferência que o manteria distante 500 quilômetros de Sérgio Moro tirou de vez o sono de Lula. As revelações de Marcelo Odebrecht sobre o Amigo, ou Amigo de E.O. (Emilio Odebrecht), pulverizaram o equilíbrio emocional do único líder popular que não dá as caras nas ruas. Só essa soma de reveses pode explicar os dois argumentos que Lula apresentou para escapar do pântano onde permanece submerso há meses.

Há dois dias, o sitiante sem sítio decidiu encomendar uma nota segundo a qual a Petrobras não pode ser considerada vítima do Petrolão: é também culpada pela destruição financeira e moral da empresa. “Para a ocorrência desses crimes”, alega o Amigo de E.O., “teriam concorrido diretores, gerentes e outros funcionários – isso sem falar que os próprios sistemas de controle de companhia não teriam funcionado na hipótese cogitada. Dessa forma, a empresa também possui responsabilidade no esquema criminoso”.

Haja cinismo. Essa conversa de 171 informa que não foi Lula (com a ajuda de Dilma Rousseff) quem nomeou todos os executivos da estatal algemados pela Operação Lava Jato. “A Petrobras é tão importante, mas tão importante que a diretoria deveria ser eleita pelo povo”, vivia declamando o palanque ambulante embriagado com as fabulosas jazidas do pré-sal que nunca saíram do fundo do Atlântico. Em vez de instituir a eleição direta dos cartolas da Petrobras, nomeou comparsas da base alugada que montaram o maior esquema de corrupção desde 1500.

Horas depois, Lula ordenou aos sabujos encastelados no Instituto Lula que divulgassem uma segunda nota, agora para reduzir os estragos causados pela descoberta dos codinomes que o identificavam no departamento de propinas e subornos da Odebrecht. “O presidente Lula jamais solicitou qualquer recurso indevido para a Odebrecht ou qualquer outra empresa”, fantasiou o falatório. “Jamais teve o apelido de Amigo. Se alguém eventualmente a ele se referiu dessa forma isso ocorreu sem o seu conhecimento e consentimento”.

Como se apelidos concebidos para ocultar comparsas só pudessem ser utilizados depois de obtida a autorização do apelidado, com firma reconhecida em cartório. Como se outros fregueses da Odebrecht imaginassem que, nos porões da empreiteira, haviam sido rebatizados como Feio, Muito Feio, Angorá, Nervosinho, Italiano ou Boca Mole. Os argumentos de Lula são mais que bisonhos: são coisa de culpado desprovido de qualquer álibi que pare em pé. Os juízes federais que vão interrogá-lo sabem tudo sobre o réu. Lula não faz ideia do que sabem os magistrados.

Mentir para plateias amestradas é vigarice e rende voto. Mentir num tribunal tribunal é perjúrio e dá cadeia.

7 Comentários

  1. Newton Silva disse:

    Não sei nem sequer imagino o que protege tanto esse escroque de nove dedos. Só posso pensar que ele fez pacto com o próprio Belzebu para sair ileso. Esse dedo faltante deve ter sido a caução para o contrato.

    • CÍCERO TAVARES DE MELO disse:

      Amigo Newton Silva:

      É uma questão só de tempo:

      Pra cadeia Lapa de Ladrão vai!

      Nesse caso a Justiça não vai tardar nem falhar: Há um Juiz honrado na condução do processo da LAVAJATO.

      Diferentemente do caso Bruno Esquartejador de mulher:

      Houve um ministro canalha no meio do caminho que avacalhou a justiça!

  2. CÍCERO TAVARES DE MELO disse:

    HAI KAI

    LULA TÁ FUDIDO
    VAI MORRER SOLITÁRIO
    E ESQUECIDO!

  3. Tarciso disse:

    O argumento usado para tentar culpar a Petrobrás pelo roubo que perpetraram é um argumento tipicamente petralha. É o mesmo argumento que usam para culpar a vítima que foi assaltada por andar sem cuidado e nunca, nunca mesmo, apontam para o assaltante. Modus operantis é isso.

  4. Sonia Fausta Tavares Monteiro disse:

    Pois é, Lula já exauriu a capacidade de tolerância de cada um dos brasileiros de bom senso! Agora , está chegando a vez dele confessar – caso tenha dignidade suficiente para isso – o porquê de tanta desonestidade, tanta falsidade, tanta traição e tanta maldade, para ferir um povo que teve a infelicidade de tirá-lo do seu destino medíocre de baderneiro profissional, para transformá-lo naquele presidente que, em troca, quase destruiu o País! Será que terá tanta coragem para se colocar diante de um Juiz, quanto a teve ao atirar o País precipício abaixo? Bem, é o que vamos ver muito breve!!!

  5. Adônis Oliveira disse:

    O que é que está faltando pra colocar este filho de uma puta na cadeia e jogar a chave no mato?

    Por mim, esse canalha devia ser enforcado!

  6. CARLOS FRANCISCO DE FARIAS disse:

    Ele queria depor por teleconferência para ficar com os dedos cruzados.Isto é,o cara mais honesto,queria mentir de longe.Deu tudo errado,vai ter que enfrentar o juiz cara-à-cara.Na presença do homem,o cara não vai poder cruzar os dedos.E digo mais,o cara vai entrar em panico por não poder mentir.Fudeu!

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa