Pouco importa o nome do próximo relator dos casos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, cujas atribuições incluem a homologação dos acordos de delação premiada. A ofensiva contra a corrupção sempre esteve acima dos humores e opiniões de Teori Zavascki. Da mesma forma, não estará subordinada aos impulsos e vontades da toga encarregada de substituir o ministro morto.

A operação que ontem decretou a prisão de Eike Batista e outros vigaristas sempre dependeu do apoio militante dos milhões de brasileiros decentes, todos fartos de ladroagem, cinismo e impunidade. Ai do ministro que ceder à tentação de obstruir a dedetização dos porões do país. Será varrido pela nação do país decidido a castigar exemplarmente a trupe de farsantes liderada por Lula.

Ninguém mais segura a Lava Jato. Palavra do novo Brasil.

3 Comentários

  1. Sonia Regina disse:

    Perfeito Sr. Augusto.

    A política, não é mais discussão dos próprios políticos e seus militantes, dos intelectuais, artistas ou cientistas da política.

    Na feira, na fila da lotérica, no caixa do supermercado e principalmente nas casas dos cidadãos mais simples, se fala da “lava-jato” e consequentemente de Brasil.

    Espero que os aproveitadores já tenham percebido que os cidadãos de bem querem depuração e não vão mais aceitar corrupção.

    Por fim, um velho ditado salvo engano, herança dos portugueses:

    – Os cães ladram e a caravana passa.

    Meu abraço a esse excelente jornalista.

  2. CARLOS FRANCISCO DE FARIAS disse:

    É bom o povo ficar de olho nessa homologação dos acordos dessa delação premiada.O nome do próximo relator é de vital importância para o sucesso dessa operação lava jato pelo fato de muitos políticos estarem envolvidos no caso.Muitos,por sinal,de grosso calibre na politica brasileira.

  3. Mundinho Fulô (do Bico Doce) disse:

    Prezado Augusto Nunes,

    Venho solicitar-lhe permissão para transcrever suas matérias aqui publicadas no ALMANAQUE RAIMUNDO FLORIANO (www.raimundofloriano.com.br). Assim ajo por indicação e aconselhamento do amigo Luiz Berto, que me franqueou as páginas do JBF, de onde fui colunista por quase 9 anos.
    Obrigado!

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa