8 março 2017SOBROU PARA O MARIDÃO



Para dar visibilidade ao Dia Internacional da Mulher, Gleisi aplica punição doméstica

“Esse ano, o dia 8 de março será um dia de greve. Faremos greves nas escolas, em nossas casas, nas atividades domésticas, na área de trabalho, iremos fazer bloqueio de estradas, marchas e, inclusive, abstenção sexual”.

Gleisi Hoffmann, senadora do PT do Paraná, comunicando ao país que, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, resolveu deixar o maridão Paulo Bernardo sem cama nem comida.

4 Comentários

  1. Paulo Luz disse:

    Eu acho que a ilustre senadora confundiu área de trabalho com área de serviço. O fofão deve estar aliviado no dia de hoje.

  2. Sonia Fausta Tavares Monteiro disse:

    Não posso acreditar que Gleisi Hoffman, com uma carreira política um tanto conturbada, por um processo aquí , outro acolá, ainda pense em dar uma demonstração de suas habilidades como militante feminista! Será que não se lembrou que ajudaria bem mais às mulheres, se fizesse de sí mesma um exemplo de mulher trabalhadora, aquela que merece ser reconhecida, não só pelo seu trabalho fora de casa, mas também , por educar os filhos, não descuidar do marido e cuidar da casa, do cachorro, etc.? É, mas para isso, seria preciso acreditar que a senadora vivencie esta experiência de cada dia! Será??? É… pois é…

  3. Paulo Terracota disse:

    O Fofão ficará aliviado por ficar um dia sem ter que encarar a gralha do Parana. Agora,não ficou bem explicado se os Ricardões ou Zorros, também serão punidos durante a greve proposta pelas senadoras do Parana e do Amazonas.

  4. Beni Tavares disse:

    Pode ser menos tudo. Só não pode faltar o Óleo de Peroba.

Deixe o seu comentário!


© 2007 Besta Fubana | Uma gazeta da bixiga lixa